FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


Incrivel - aborto a caminho da legalização no Brasil





Da Rossa
E incrível como usa-se o discurso da conveniência para conseguir o que querem. Nesta quarta, dia 5, os ministros do STF julgarão a legalidade ou não do uso de células-tronco embrionárias em pesquisas. Sou da opinião que isso é completamente antiético, e vocês? Matam-se crianças e, para justificar o que, querendo ou não, se encaixa na descrição de genocidio legalizado. Estou sendo exagerado, né? Mas é exatamente isso, mortes legalizadas. Afinal, por que um embrião não deveria ter direito à vida? Só porque ele ainda não saiu do útero materno?

Sem contar com as diversas outras formas de obtenção de celulas-tronco, como líquido amniótico, sangue de cordão umbilical, epiderme de seres humanos adultos entre outras. É completamente desnecessário. Usam as imagens dos paraplégicos e lesionados para sensibilizar os indecisos e até para taxar de desumanos e egoístas aqueles que são contra o uso de células-tronco embrionarias. Eu sou a favor da pesquisa de células-tronco, e seria calúnia alegarem que eu sou egoísta e não estou nem ai para os que precisam rapidamente dos avanços das pesquisas, mas não por células de embriões.
E vocês?
FernandoRB
Vou cortar meu pinto fora para não matar bilhões de crianças chamadas espermatozóides que serão ASSASSINADAS e não terão direito a vida só porque não chegaram ao óvulo.

"Ma...ma...ma... é diferente Fernando!"

Claro que não...eles também são vida.


AH!
Também vou parar de pensar para não matar neurônios... ELES SÃO VIVOS "XENTEM!"Eu sou um assassino!
gilmariofgl
Quote:
Vou cortar meu pinto fora para não matar bilhões de crianças chamadas espermatozóides que serão ASSASSINADAS e não terão direito a vida só porque não chegaram ao óvulo

Pra você que não sabe a vida e dada a partir da fecundação, não tem problemas se você desperdiçar esses seus amiguinhos com seus cinco dedos

Quote:
Também vou parar de pensar para não matar neurônio

Não se preocupe eles já estão mortos mesmo.
FernandoRB
Nunca ninguém chegou ao um consenso sobre o Aborto, provavelmente não vai ser aqui na Frihost que isso vai acontecer.

gilmariofgl wrote:
Quote:
Vou cortar meu pinto fora para não matar bilhões de crianças chamadas espermatozóides que serão ASSASSINADAS e não terão direito a vida só porque não chegaram ao óvulo

Pra você que não sabe a vida e dada a partir da fecundação, não tem problemas se você desperdiçar esses seus amiguinhos com seus cinco dedos

A resposta está E...E...E...RRADA!
A vida não é dada a partir da fecundação, aliás, as budegas já estavam vivas antes da fecundação... seres humanos ou não.

Quote:
Também vou parar de pensar para não matar neurônio

Não se preocupe eles já estão mortos mesmo.

Me conta onde você fez esse curso de piadas que ele é muito bom!
higoramp
AFF, sei la mas falar que isso vai se um genocidio legalizado eh demais também neh? por mim não vejo problemas em usar as celulas troncos embrionarias, para pesquizas, afinal se realmente isso der certo, a quantidade de gente morta pelas doenças que hoje, ainda não têm cura, vai diminuir bastante mesmo, para mim isso seria um avanço.
Desde ja aviso que isso eh apenas minha opnião, podem discordar a vontade Smile
thi.dias
Quote:
Só porque ele ainda não saiu do útero materno?


Bem, pra começo de conversa, um embrião usado para essas pesquisas nunca esteve dentro de um "útero materno". É feito uma fecundação em vitro. Ou seja, pega-se um óvulo com um espermatozóide e bum! Surge o embrião. (fora do útero hein!)

Agora, sou totalmente a favor do uso desses embriões sim.

Nem vou questionar se é vida ou não, um zigoto sem sistema nervoso formado. (até porque essa questão converge muito para o campo religioso, logo, religião não se discute.) Mas pra mim, é quase uma bactéria.

Meu argumento, para se esquivar das questões polêmicas, se baseia na prioridade. Pra mim, tem prioridade a vida, um organismo que tem a possibilidade de sofrimento, de dor, de desgosto, enfim, um indivíduo que sofre com a impossibilidade de viver de forma satisfatória.

Sendo assim, sou mais ser cúmplice de um genocídio de zigotos, do que ver um ser humano qualquer sofrendo e ainda por cima sabendo que havia uma solução, relativamente fácil, para resolver o problema, mas que pessoas mesquinhas e, grande parte das vezes, alienadas por "algo", os impedem de ter uma vida.

Quando caio nesse assunto, tenho que me segurar pra não falar besteira. Porque pra mim as coisas estão tão claras e lógicas, que quando divergem disso eu acho um absurdo tão grande que dá vontade de...

é, tenho que me controlar.
Vanilla
Entrei aqui toda feliz achando que o aborto estava pra ser legalizado... Uma pena, mas por enquanto tudo bem, já que o Brasil ainda não tem infra-estrutura pra isso.

thi.dias wrote:
Quote:
Só porque ele ainda não saiu do útero materno?


Bem, pra começo de conversa, um embrião usado para essas pesquisas nunca esteve dentro de um "útero materno". É feito uma fecundação em vitro. Ou seja, pega-se um óvulo com um espermatozóide e bum! Surge o embrião. (fora do útero hein!)


Sim, é isso mesmo. Acho engraçado a gente ficar cheio de dedos quando o assunto são seres humanos. Em animais, as pesquisas genéticas estão muito mais avançadas. E outra, não estamos lidando com um ser humano. Na minha humilde opinião, um ser humano só pode ser assim chamado quando foz capaz de respirar sozinho. E o que está em questão aqui é um amontoado disforme de células, não um bebezinho de bochechas rosadas.
cparakawa
Eu sou a favor da pesquisa de células tronco.

A discussão é longa pra se resolver a partir de que momento pode se considerar "algo" como ser humano. Há os que dizem que a fecundação já indica que há um ser humano. Pílulas do dia seguinte são abortivas então.

Eu sou meio radical, pra mim só há ser humano quando existe um sistema nervoso central formado. É minha opinião pessoal. Como qualquer opinião a respeito. Isto varia conforme a moral vigente na época.
Lviter
Vanilla wrote:
Na minha humilde opinião, um ser humano só pode ser assim chamado quando foz capaz de respirar sozinho. E o que está em questão aqui é um amontoado disforme de células, não um bebezinho de bochechas rosadas.


Este assunto é polêmico pra caramba. A princípio, sou a favor da pesquisa com estes embriões, mesmo porque eles seriam descartados de qualquer maneira. Mas esse não pode ser o único caminho: além do estudo com células tronco retiradas de adultos, já consequiram transformar células de pele em células-tronco embrionárias, o que eliminaria qualquer dilema e facilitaria a coisa toda para o futuro.

Quanto à questão do aborto ppte. dito, não quero ser hipócrita, sei que milhões de mulheres fazem, e muitas vezes em condições desumanas sem acesso a cuidados médicos mínimos. E sei que não é facil lidar com uma gravidez indesejada. Mas quase todas as pessoas que conheço que passaram por esta experiência não a fariam de novo se pudessem voltar no tempo.

Já sofri um aborto espontâneo aos quatro meses de uma gravidez e foi muito, muito duro psicologicamente. Imagino que seja muito pior para quem voluntariamente faz um. Depois disso, em uma segunda gravidez houve suspeita de um problema com o feto e fiz um ecocardiograma fetal para saber se estava tudo bem e comecei a chorar ao ouvir os batimentos cardíacos do bebê. Meu coração, que dava pra ouvir junto, disparou e o corações do nenem acelerou no mesmo ritmo. Ele sentia tudo que eu sentia.

A maternidade é difícil de ser explicada para quem não a viveu (será que sou a única mãe por aqui?). Não há nenhuma emoção que se compare a carregar uma vida dentro de você. E depois a de vê-la nascer. Por isso sou contra o aborto. Acho muito mais correto, se não deseja o filho, que o tenha e dê para adoção. Ou melhor ainda, que use todos os métodos de prevenção, pois na maioria das vezes se engravida por mero descuido.

Matéria sobre o assunto:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u378003.shtml
thi.dias
Quote:
Pílulas do dia seguinte são abortivas então.


Pois é. Se proibirem a pesquisa com células-tronco, usando como argumento que isso se consolida um aborto. Junto terão que proibir as pílulas do dia seguinte.

Sendo assim, entra mais um aliado na briga para autorizar as pesquisas. As indústrias farmacêuticas.
FernandoRB
O próprio presidente e o Ministro da Fazenda falaram que querem que seja legalizado o uso de celúlas-tronco...
Vanilla
Lviter wrote:
Este assunto é polêmico pra caramba. A princípio, sou a favor da pesquisa com estes embriões, mesmo porque eles seriam descartados de qualquer maneira. Mas esse não pode ser o único caminho: além do estudo com células tronco retiradas de adultos, já consequiram transformar células de pele em células-tronco embrionárias, o que eliminaria qualquer dilema e facilitaria a coisa toda para o futuro.


O problema desse caso é que as células-tronco obtidas dessa forma não possuem nem de longe o mesmo potencial de diferenciação que as células de um embrião. Nesse caso não acho que o debate seja moral, o que eu vejo (e o que li na matéria que você passou) é que a Igreja resolveu meter o bedelho no meio de algo que não deveria. Eu acho que há coisas mais importantes pra igreja se preocupar.

Quanto ao aborto, imagino que seja mesmo muito duro pra quem esperava ficar grávida e ter um filho. Agora quando o caso é outro... Todos nós sabemos que quem tem dinheiro pode fazer o seu aborto com muito conforto, enquanto que pros pobres a coisa não é bem assim. Eu só gostaria de poder ter essa opção.
Da Rossa
PDS é abortiva e tão cruel quanto qualquer outro método que serve para matar fetos. Pílula do dia seguinte sequer tem razão para ser; basta que se usem camisinha, que e MUITO mais barata, segura (99% de segurança) e não permite a fecundação.

O ministro da saúde José Gomes Charlatão é abortista tambem, ele apoia as CDD's e tambem é daqueles que falam que milhões de mulheres que morrem de parto malfeito a cada ano... quando na verdade não são nem 10.
Da Rossa
Quote:
é que a Igreja resolveu meter o bedelho no meio de algo que não deveria. Eu acho que há coisas mais importantes pra igreja se preocupar.


Como o que por exemplo que a Igreja deveria se preocupar mais?
A Igreja meteu o 'bedelho' 'onde não deveria' só porque você nao gostaria que ela desse 'pitaco'? Acho que é fundamental que ela intervenha quando trata-se de se sancionar a matança de bebês.
thi.dias
agora o cara Da Rossa vem chamar embrião de bebê. Vai falar que se você ver um zigoto no microscópio você vai fazer "gut-gut" pra ele? tenha dó né.

A igreja deveria gastar o tempo e o dinheiro que ela tanto tem com programas de assistência a população carente. Se já faz isso, que faça mais. E se for meter o bedelho na política, que entre para ajudar a população, pressionando a aprovação de medidas que vá melhorar em alguma coisa a vida da população em geral, entre essas medidas podemos citar uma que vai possibilitar o milagre que eles tanto dizem que conseguem fazer, mas que eu nunca vi: FAZER O PARAPLÉGICO ANDAR.

óóóóóóó.
Kashinilaya
Pelo que entendo, não há necessidade de se usar embriões, já que células tronco podem ser obtidas de outras fontes menos polêmicas. Parece que a questão é puramente econômica. Não há ética quando o assunto é dinheiro (felizmente há louváveis excessões no mundo).

O argumento a favor dos (assim auto-denominados) cientistas se baseia em uma premissa burra e ilógica de que "se não foi provado, não existe." E como ninguém ainda provou que os embriões têm vida, assume-se, convenientemente, que podem servir de matéria prima para fabricar dinheiro (é verdade, eles usam outros nomes...). Assim, tais céticos afirmam que não acreditam em Deus porque ninguém provou sua existência. Esquecem-se de que ninguém também provou que Deus não existe! A pergunta que surge é "o átomo só passou a existir depois que provaram sua existência?"

É uma questão muito mais de respeito à vida que religiosa!
Erst
- Muito complicado falar sobre sem pensar afundo se você tem uma doença e descobre que a única cura esta nesta técnica, e o que você faria ? is utilizar ou colocar obstáculos ?

- É Bem fácil você falar que não é a favor e que isso é antiético, mas se você não pensa nos outros e somente no que você acha certo isso também não se torna um pouco anti ético ?

- É como falar de ética algo que dependendo do ponto de vista de alguns pode ser algo totalmente diferente do seu ponto de vista, e totalmente contra, seus pensamentos.

- Posso falar muito bem que sou contra e tal e tal, vai contra a cultura e tal, mas ainda não é um ser vivo ? ou é um ser vivo ? vai da mentalidade de muitos, quando você elimina as células mortas você não as matou ? ou acha que elas morreram sozinhas ? quando você bebe e mata seus neurônios, você é prezo por isso ? ao matar sua audição? visão ? você não deveria ser punido por isso ? vai me falar que pelo fato de ser seu você pode fazer o que você quiser!.

É complicado falar sobre o assunto, se você estiver precisando de alguma cura vai ser a favor, se não vai ser contra assim pensando só em você e sendo egoísta, não é fácil falar sobre este assunto e crio que tenho que analisar muito antes de falar que tenho uma opinião formada sobre. Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused Confused
-- Assunto fácil este, idem a decidir qual o político mais honesto....
Erst
- Relatando sobre a igreja, na mais pura realidade, de pensamento livre, esta é uma das maiores culpadas pelas inúmeras doenças que ainda não foram descobertas curas, pelo simples fato que assim como tem este assunto muitos outros que ja vieram antes foram, esquecidos e não foram desenvolvidos afundo como deveriam, pelo simples fato que a igreja só pensa nela e em seu princípios básico e não pensando no bem da humanidade, e das pessoas que estão enfermas e que necessitam de cuidados, sinceramente não é este tipo de igreja em que eu acredito, diante de algo que é para o bem da humanidade, e para o desenvolvimento e a forma de solucionar inúmeras doenças que infelizmente nos mesmos criamos no decorrer dos anos.
Da Rossa
Quote:
- Muito complicado falar sobre sem pensar afundo se você tem uma doença e descobre que a única cura esta nesta técnica, e o que você faria ? is utilizar ou colocar obstáculos ?

- É Bem fácil você falar que não é a favor e que isso é antiético, mas se você não pensa nos outros e somente no que você acha certo isso também não se torna um pouco anti ético ?

A unica cura? Vamos tomar cuidado com as distorções: a unica cura pode realmente estar nas células-tronco, mas não quer dizer que sejam necessariamente do tipo embrionárias. Há outras fontes para CTs, e ninguém aqui está defendendo a perpetuação dos males neuromotores dos quais sofrem algumas pessoas.


Quote:
- Posso falar muito bem que sou contra e tal e tal, vai contra a cultura e tal, mas ainda não é um ser vivo ? ou é um ser vivo ? vai da mentalidade de muitos, quando você elimina as células mortas você não as matou ? ou acha que elas morreram sozinhas ? quando você bebe e mata seus neurônios, você é prezo por isso ? ao matar sua audição? visão ? você não deveria ser punido por isso ? vai me falar que pelo fato de ser seu você pode fazer o que você quiser!.
Neurônios mortos por álcool ou lança-perfume não constituem um ser humano que está para nascer.

Quote:
...pelo simples fato que a igreja só pensa nela e em seu princípios básico e não pensando no bem da humanidade...
você acaba de falar a #!@%$&#@&* do ano.

Quote:
...agora o cara Da Rossa vem chamar embrião de bebê. Vai falar que se você ver um zigoto no microscópio você vai fazer "gut-gut" pra ele? tenha dó né...
...entre essas medidas podemos citar uma que vai possibilitar o milagre que eles tanto dizem que conseguem fazer, mas que eu nunca vi: FAZER O PARAPLÉGICO ANDAR.
você está pensando de maneira conveniente. Você deve ser a favor do aborto, pelo visto. Quanto a fazer o paraplégico andar, não é necessário que se usem embriões; há outras formas de se obter CTs!
thi.dias
Quote:
você está pensando de maneira conveniente. Você deve ser a favor do aborto, pelo visto. Quanto a fazer o paraplégico andar, não é necessário que se usem embriões; há outras formas de se obter CTs!


Há outras formas de se obter CTs? Vocês, que são contra o uso das células-tronco embrionárias, desculpe-me o termo, só podem ser tapados. Quantas vezes vão precisar explicar que só e somente SÓ(!) as células do embrião tem capacidade total de se transformar em qualquer tipo de célula humana? Pra quem gosta de biologia, como eu, e até pra quem não gosta, é fácil de entender porque.

Basta saber que as células do embrião são as células "mestra". Delas surgirão todas outras. Por mais que usem outras técnicas para obter a partir da pele ou de outro lugar, essas sempre serão de forma não natural. Ou seja, as células adultas vão ter que regredir a um estado anterior. Já a partir de um embrião, o processo é natural, elas vão evoluir a um tipo adulto de célula.

Fazendo uma analogia, para facilitar ainda mais a compreensão dos que ainda assim não entenderam.

Qual é mais fácil: Obter farinha a partir do trigo, ou a partir do bolo?


E ainda, dos poucos argumentos que a turma do contra usa, nenhum conseguiu me comover ao ponto de eu querer poupar um ovo, ou melhor, um embrião. E se filosofarmos um pouco, podemos dizer que o embrião não estará sendo morto. Sua alma sempre estará no corpo da pessoa que recebeu suas células-tronco. Isso não é lindo?

Smile
Vanilla
thi.dias wrote:
Há outras formas de se obter CTs? Vocês, que são contra o uso das células-tronco embrionárias, desculpe-me o termo, só podem ser tapados. Quantas vezes vão precisar explicar que só e somente SÓ(!) as células do embrião tem capacidade total de se transformar em qualquer tipo de célula humana? Pra quem gosta de biologia, como eu, e até pra quem não gosta, é fácil de entender porque.


Yep. Eu postei lá em cima falando disso, mas parece que é mais simples "não ver" e sair escrevendo disparates. Estudo medicina veterinária e estou careca de saber sobre células pluripotentes (as tais células-tronco, tão discutidas). Mas é difícil explicar um conceito biológico pra quem tem uma visão de mundo estreita.

Enfim, opiniões são opiniões e 75% dos brasileiros são a favor da continuidade das pesquisas. Cabe ao STF ratificar o que o povo quer. Very Happy
Da Rossa
Vanilla wrote:
Mas é difícil explicar um conceito biológico pra quem tem uma visão de mundo estreita.


Brotherzinho, você tá por fora. Eu não tenho visão de mundo estreita, não sou alienado quanto às questões científicas da humanidade e do Brasil, já fiz Fisica na UnB e não sou especialista em embriologia, neurologia nem teoria celular, mas teho mais parâmetros para falar do que muita gente que apóia a pesquisa apenas por achar que os doentes devem ser curados e só vêem a parte que lhes comove. Eu expus a minha visão, baseei-me na constituição e no Direito Brasileiro, citei as alternativas e nunca me manifestei contra a pesquisa em geral, mas apenas contra o uso das células embrionárias.

Quote:

Enfim, opiniões são opiniões e 75% dos brasileiros são a favor da continuidade das pesquisas. Cabe ao STF ratificar o que o povo quer. Very Happy
cadê a fonte? Parece o tempo do Referendo... era %%%%% pra todo lado, de acordo com a conveniência.
Vanilla
Da Rossa wrote:
Brotherzinho, você tá por fora.


Não sou seu brother e muito menos homem. Sou mulher e me chamo Mariana, prazer. Very Happy

Da Rossa wrote:
Eu não tenho visão de mundo estreita, não sou alienado quanto às questões científicas da humanidade e do Brasil, (...)


Não citei seu nome, e quando escrevi a frase que tanto te magoou, eu falava de forma geral.

Da Rossa wrote:
(...) já fiz Fisica na UnB e não sou especialista em embriologia, neurologia nem teoria celular, mas teho mais parâmetros para falar do que muita gente que apóia a pesquisa apenas por achar que os doentes devem ser curados e só vêem a parte que lhes comove.


Acho que tu perdeu a parte onde falei da capacidade de diferenciação das células embrionárias, mas considerando que você não manja nada de embriologia, a comparação feita pelo thi.dias é bastante elucidativa: Qual é mais fácil: Obter farinha a partir do trigo, ou a partir do bolo?. Além da dificuldade em se obter células-tronco desse processo, ainda há a questão da pluripotência. Vou tentar explicar de forma simplificada. As células-tronco são, digamos assim, como massinha de modelar. Elas se "moldam" de acordo com as necessidades decorrentes do desenvolvimento do embrião. Ele precisa de um neurônio? PAM! A célula vira um neurônio. Precisa formar os ossos? PAM! A célula vira um osteoblasto, e assim sucessivamente. Acontece que a capacidade "massinha" da célula-tronco embrionária é muito maior do que a capacidade "massinha" de células-troncos de outra origem. Isto posto, pesquisas com células-tronco embrionárias são muito mais fáceis e os resultados são obtidos mais rapidamente.

Da Rossa wrote:
Eu expus a minha visão, baseei-me na constituição e no Direito Brasileiro, citei as alternativas e nunca me manifestei contra a pesquisa em geral, mas apenas contra o uso das células embrionárias.


Aí é que está... Você defende sua opinião comparando o uso de células embrionárias com o aborto. Só que você se esquece que os embriões utilizados pra tais pesquisas são embriões considerados inviáveis e já descartados, ou seja: nem se estivessem implantados no útero eles seriam capazes de se desenvolver. O que fazer com esses embriões? Jogar fora? Acho que utilizá-los em pesquisas é muito mais sensato.

Da Rossa wrote:

cadê a fonte? Parece o tempo do Referendo... era %%%%% pra todo lado, de acordo com a conveniência.


Serve o IBOPE? Segue a notícia:

Quote:
Uma pesquisa realizada em janeiro para a ONG Católicas pelo Direito de Decidir mostra que 88% da população brasileira concorda que o apoio ao uso de células-tronco embrionárias para o tratamento e a recuperação de pessoas com doenças graves é uma atitude em defesa da vida, sendo que 70% concordam totalmente e 18% concordam em parte com essa afirmação.


Link direto para a notícia.

Você tem razão, eu deveria ter colocado a fonte antes. Isso só mostra o quanto podemos nos equivocar com números e porcentagens, já que a realidade mostra 88% de aprovação popular. Very Happy
LadyLilika
Sou a favor da continuidade das pesquisas visto que, como já exposto, os embriões utilizados são embriões que seriam descartados. Mas desde já deixo claro que sou contra a aprovação do aborto.
Sim, são coisas distintas e dá pra ter opiniões diferentes sobre elas.
Da Rossa
Quote:

Não sou seu brother e muito menos homem. Sou mulher e me chamo Mariana, prazer. Very Happy

Todo meu! Wink

Quote:

Não citei seu nome, e quando escrevi a frase que tanto te magoou, eu falava de forma geral.
Eu estava apenas esclarecendo, e não fico ofendido não, eu mesmo não havia me explicado direito sobre isso. Mas não precisa se esquivar caso sua real intenção tenha realmente sido a que eu sugeri.

Quote:
Isto posto, pesquisas com células-tronco embrionárias são muito mais fáceis e os resultados são obtidos mais rapidamente.
Em momento algum eu neguei isso, pelo contrário, eu reconheço o potencial superior das células embrionárias. Mas é desnecessário usá-las, já que é anti-ética sua implicação ... se ainda não houvesse outras fontes, a história poderia ser outra.

Quote:
Só que você se esquece que os embriões utilizados pra tais pesquisas são embriões considerados inviáveis e já descartados, [...]


Como eu falei antes, tais embriões não deveriam ter sido gerados no princípio de tudo; ao colocá-los em conserva para possível uso com fertilização in vitro você já está cometendo uma grave ofensa por expô-los à grande probabilidade do descarte, já que apenas um em não sei quantos que será de fato implantado para desenvolver e gerar uma criança. A Lei de Biossegurança foi muito espertamente editada: foi uma jogada de mestre terem lembrado dos embriões que seriam usados em implantes exatamente para gerar essa sensação de conforto, "ah, já que eles seriam descartados mesmo, por que não aproveitá-los?" <-- nem deveriam estar lá. Agora, claro, concordo que os embriões à deriva realmente deveriam ter um uso mais justo do que o súbito descarte, mas isso não seria possível a não ser que as pesquisas fossem de fato levadas a cabo. Com as pesquisas autorizadas, continua-se o ciclo de matança (convenientemente travestido de "descarte", como se fosse um objeto que não serve mais) dos bebês.

Quote:
Serve o IBOPE? Segue a notícia:
CDD, Cachorras pelo Direito de Dizimar???? a.k.a Católicas pelo Direito de Decidir?? Trata-se da organização mais charlatã que eu já tive o desprazer de conhecer.

Muito legítima uma pesquisa encomendada por elas! Very Happy

Quote:
Sou a favor da continuidade das pesquisas visto que, como já exposto, os embriões utilizados são embriões que seriam descartados. Mas desde já deixo claro que sou contra a aprovação do aborto.
Sim, são coisas distintas e dá pra ter opiniões diferentes sobre elas.
Leia os links que eu postei logo acima sobre as CDD. Wink
Vanilla
Da Rossa wrote:
Como eu falei antes, tais embriões não deveriam ter sido gerados no princípio de tudo; ao colocá-los em conserva para possível uso com fertilização in vitro você já está cometendo uma grave ofensa por expô-los à grande probabilidade do descarte, já que apenas um em não sei quantos que será de fato implantado para desenvolver e gerar uma criança.


Então seu problema não é bem com as pesquisas em si, mas com a geração desses embriões descartados. Quanto a isso, bem, acho que você está atacando o problema errado.

Quote:
CDD, Cachorras pelo Direito de Dizimar???? a.k.a Católicas pelo Direito de Decidir?? Trata-se da organização mais charlatã que eu já tive o desprazer de conhecer.

Muito legítima uma pesquisa encomendada por elas! Very Happy


O que obviamente não diminui a veracidade da pesquisa, porque ela não foi feita por essa organização, mas sim pelo IBOPE. Wink
Da Rossa
Quote:

Então seu problema não é bem com as pesquisas em si, mas com a geração desses embriões descartados. Quanto a isso, bem, acho que você está atacando o problema errado.
Não, pois não tem como separar isso. Se pudessem ser geradas CTs Embrionárias de outra forma, aí eu seria a favor.
Vanilla, isso seria legalizar a 'matança por um bem "maior"'. Isso é moralmente deplorável.

Ok, no IBOPE eu acredito. Mas por favor, não se deixe levar por um grupinho de gente escrota que se diz católica apenas para conseguir seu objetivo antagônico. Ainda que, qual deve ser o real sentido das CDD ter encomendado uma pesquisa daquelas? Evidencia o paralelo que eu tou abordando, que é de usar a legalidade das pesquisas para, em seguida, liberar-se o aborto.
Bockman
Tenho seguido este tópico silenciosamente, por dois motivos:

1º - A Lei do Aborto já se discutiu e votou aqui em Portugal.
2º - Não sou da área e não faço (fazia) idéia do que eram células-tronco e o que tinham a ver com aborto.

A dada altura fiquei com a impressão que este tópico se dirigia para o fecho dada a inflamação com que começavam a debater.

Neste momento folgo em saber que o tema foi retomado com outro tom e tenho a agradecer, especialmente ao Da Rossa e à Vanilla, o esclarecimento que tem sido feito neste tópico.

Gostaria de os lembrar que toda a moeda tem dois lados e para que possa haver uma decisão maturada, é bom que se conheça (pelo menos um pouco de ) cada um dos lados.
O vosso debate tem sido muito bom para informar o resto da comunidade sobre quais os prós e os contras desta situação, embora eu ache que se fixaram demasiado nessa parte das CT's. O aborto não passa primáriamente por isso, pelo menos aqui em Portugal.

Be Well Cool
Da Rossa
Quote:
O vosso debate tem sido muito bom para informar o resto da comunidade sobre quais os prós e os contras desta situação, embora eu ache que se fixaram demasiado nessa parte das CT's. O aborto não passa primáriamente por isso, pelo menos aqui em Portugal.
Obrigado por ser solícito, sr Bock!

Não, nunca foi intenção minha iniciar guerras "flamatórias" com ninguém aqui, eu venho aqui apenas em busca do debate e do aprendizado Wink
mariohs
@Bock
Talvez deva conhecer células-tronco por outro nome, não sei se é um nome exclusivamente português do Brasil ou não. Mas em alguns sites científicos em inglês, a expressão é stem cell (me corrijam se falei besteira). Elas estão aí a um tempinho, e é um assunto meio "na moda" para quem está no meio científico.

Estou acompanhando o tópico, mas ainda não postei por estar meio sem tempo...
sergio_ykz
Este é uma questão estremamente ética (como já dito), porém não acredito que o uso de embriões in vitro seja um aborto, já que o mesmo ainda não é consciente. É o mesmo que dizer que uma ameba tem alma.

Religiosamente falando, em muitas culturas que acreditam na existência da alma, apenas seres pensantes tem alma, o que excluiria o embrião.

Quanto ao aborto, é éticamente errado para muitas religiões, porém acredito que isso seja "um mal necessário". Muitas meninas que não conhecem muito bem sobre sexualidade acabam por engravidar e trazer uma criança ao mundo que será muitas vezes maltratada (mental e fiscamente). Neste aspecto, seria melhor que ela nunca tivesse vivido, pois não considero que um embrião ou o próprio feto no inicio da gravidez tenha vida.

Eu sou um pouco desapegado de espiritualidade e talvés minhas opiniões sejam muito extremas, mas apenas vejo o mundo a minha volta, e se de alguma forma pudessemos faze-lo melhor, por que não tentar.

@DaRossa
Apenas para constar, você também é contra transplantes?
cparakawa
A discussão aqui está meio "contaminada". O debate não é o uso das células-tronco, mas sim o aborto. Usar células-tronco de origem não-embrionária parece ser algo bom pra maioria aqui.

Em relação ao aborto, só fica claro que a sociedade civil e a população é muito hipócrita a respeito, em geral. EU conheço um monte de gente que fica neste papinho de pró-vida, que só Deus pode tirar a vida, blablabla, blablabla. E estes mesmos ou já cometeram aborto ou engravidaram alguém que abortou por vontade própria. Inclusive eu conheço umas senhoras de mais de 60 anos, que posam de guardiães da moral e dos bons costumes. "Eu não faria de novo", "Agora eu tenho consciência", etc, etc. Bando de hipócritas. É por isto que o aborto vai continuar proibido no Brasil e vão continuar as dezenas (ou centenas) de milhares de abortos clandestinos por ano. Pra quem tem dinheiro, dá na mesma. Mas pra quem recorre ao mesmo "açougueiro" que faz implante em travesti injetando silicone com seringa, dá MUITA diferença.

A minha opinião é que, quer fazer aborto, que faça: o filho não sendo meu, os pais que resolvam. Se é contra a vontade divina, a(s) pessoa(s) que cometer(em) o aborto que se vire(m) do lado de lá. Do ponto de vista econômico e social, o aborto é benéfico. Do ponto de vista religioso e da falsa moral reinante, não.
Da Rossa
Sim, com "Stem Cells" no Google você acha cerca de 20 000 000 resultados no google. Very Happy
matheusbaumgart
RIDICULO!

só tenho isso a dizer.

quem aborta um bebe deveria se abortar junto ¬¬'
Da Rossa
matheusbaumgart wrote:
RIDICULO!

só tenho isso a dizer.

quem aborta um bebe deveria se abortar junto ¬¬'


Olavo de Carvalho diz que tais pessoas deveriam ser "abortadas retroativamente" Razz

Mas o paralelo entre o aborto e as células-tronco pode ser percebido na atuação de uma professorinha da UnB, muito lindinha, porém egoísta: trata-se de uma tal de Débora Diniz, que, primeiramente, foi à Voz do Brasil defender o aborto alegando questão de 'saúde pública'; mais tarde ela tentou deixar claro, enquanto sorria ao defender a pesquisa com CTs embrionárias: "nós não estamos falando de pessoas humanas, mas de células humanas. Lamentável.
cparakawa
É difícil ver a diferença entre ser humano (substantivo), humano (adjetivo), pessoa (substantivo) e gente (adjetivo). Às vezes o joguinho de palavras ajuda quem o usa, mas no caso citado ficou bizarro.

"O ser humano não é muito humano, precisa crescer muito enquanto pessoa para se tornar gente."

Sem falar muito em se o aborto tem que ser legalizado ou não, ou se mudar as células-tronco é ir contra a natureza divina (Deus criou, a gente não pode meter o dedo). No Brasil vc tem dois problemas sérios: falta de suporte decente pra pesquisa científica e debandada no setor (com especialistas se movendo pros países mais avançados tecnologicamente). Então, de liberarem as pesquisas de células-tronco até sair algum resultado brasileiro concreto, vai demorar um tempo. Os cientistas brasileiros que permanecem no país e produzem material relevante sem vinculação com o estrangeiro ou são heróis ou são meio topeiras.
Lviter
Aborto é uma questão complexa, mas o fato de muitos fazerem, ou de algumas pessoas tomarem essa decisão sob condições difíceis não muda o fato de não estar certo!. Há tantos meios anticoncepcionais! E os jovens hoje em dia tem muita informação e acesso a eles. Não se previne quem não quer ou é displicente.

Se não pode ou mesmo não quer cuidar há muitos casais que adotariam, acho muito mais digno do que abortar. Você está interferindo na vida de uma terceira pessoa, que não tem a menor culpa se você quis transar sem camisinha. Quando começa a vida? Nem os estudiosos chegam a um acordo, mas pessoalmente acho que no ato da concepção ela já começa pois você sente desde o início que há outra vida dentro de você, é algo fisiológico e não apenas emocional.

Estas posições se baseiam na minha visão pessoal, independente de qualquer conotação religiosa. Mas se olharmos a questão sob este ponto de vista, o aborto tem uma conotação espiritual extremamente negativa, especialmente para as correntes reencarnacionistas como o kardecismo. Embora não faça parte deste grupo, concordo que é algo que faz muito mal a quem faz, é como se uma parte da pessoa também morresse neste momento.
cparakawa
Lviter wrote:
Estas posições se baseiam na minha visão pessoal, independente de qualquer conotação religiosa. Mas se olharmos a questão sob este ponto de vista, o aborto tem uma conotação espiritual extremamente negativa, especialmente para as correntes reencarnacionistas como o kardecismo. Embora não faça parte deste grupo, concordo que é algo que faz muito mal a quem faz, é como se uma parte da pessoa também morresse neste momento.


Eu acredito nisto tbm, só que o problema pra mim é outro. Assassinatos ocorrem todos os dias, seja contra fetos, crianças, adolescentes, adultos ou idosos. A questão é como se posiciona a sociedade e o governo. Se fosse uma votação para aprovar a pena de morte, pode ser que passasse. Na pena de morte, não só o executor é assassino, o juiz tbm é, o promotor, o governo e a população como um todo. A meu ver, no aborto é parecido. Alguém está sendo morto (neste caso, 100% inocente), e não são mentores/executores só o pai, a mãe e o açougueiro.

Eu parto do princípio de que religião é separada de Estado. Então as crenças da população não devem (deveriam) interferir nas ações do Estado. Mas não é assim que funciona.

Achar que as pessoas tem que ter consciência antes de gerar um filho que não querem, que as pessoas tem, ao mesmo tempo, informação, métodos contraceptivos e alguma inteligência, que a sociedade (brasileira, no caso) tem condições de salvaguardar a vida de uma criança sem família, etc, etc, É UTÓPICO.

Nós não somos perfeitos, a maioria eu nem considero racional (talvez excesso de minha parte), o ambiente em que vivemos não vai ser um paraíso. Com tantos defeitos, o que se tem é uma série de "remendos" por parte do Estado, que às vezes funcionam, às vezes não. O país não tem que ser idealista, o país tem que ser prático. Se a realidade é bisonha, vc tem que escolher entre uma série de possibilidades imperfeitas.

Retornando ao tópico. SE e SOMENTE SE fosse possível as pesquisas utilizando células-tronco embrionários (que venham de embriões ou fetos), valeria levá-las à frente para curar várias doenças que existem?

É uma escolha de Sofia, vc "mata" um que nem vai chegar a ter um mínimo de desenvolvimento para salvar outro que já viveu um bom tempo - ou talvez muito tempo. E aí, qual a escolha melhor?

Pra mim, é muito mais desumano os testes que fazem com ratos, cachorros ou qualquer outro animal desenvolvido do que os testes que podem ser feitos com embriões/fetos sem sistema nervoso constituído, incapazes de sentir (provavelmente). E tirando o pessoal do PETA e afins, pouca gente liga pro sistema de pesquisa com animais. O ser humano é tão melhor assim do que os outros animais?
Related topics
Qual o melhor programa de televisao?
LA LOCURA LATINOAMERICANA
[Geral] Ano Eleitoral
Por que o Brasil foi eliminado da Copa?
Chavez reeleito
[help] Ayuda con Sony!!!
Sucesso Financeiro
Forums conhecidos
Haiti - O Fim do mundo acontecendo
2012
Pergunta aos portugueses sobre liberdade de imprensa
Legalização da maconha no Brasil.
Você está se sentindo... porque...
Piloto trancado fora de cabine, enquanto o co-piloto dorme
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.