FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


Idiocracy - A humanidade está ficando mais imbecil?





cparakawa
Pra quem não assistiu o filme, os 3 minutos iniciais já dão uma boa idéia do que se trata:

http://www.youtube.com/watch?v=zuLV2q4UMM4

A idéia é simples, quem é mais imbecil se reproduz mais. Nos países ricos parece ser mais gritante. Quem tem algum Q.I. e profissão, sabe dos custos e cuidados necessários para criar filhos decentemente, um filho ou dois, ainda mais se a mulher trabalha fora. Não dá pra dizer a mesma coisa de quem simplesmente vai tendo filhos, ainda mais em países que oferecem auxílio família.

O filme é do Mike Judge (Beavis & ButtHead, King of the Hill). Não achei o desenrolar da história tão grande coisa, mas a idéia é boa. Não acho que seja um problema tão grave, mas assistindo a programação da TV atual parece ser algo bem plausível.

Em 2505, Bush seria muito inteligente e o Lula seria (relativamente) o Einstein. É rir pra não chorar.
mariohs
O Youtube está bloqueado aqui, mas vou assistir assim que puder. Pelo que pude ler da mini-resenha é uma idéia interessante. A humanidade caminha pra ficar mais imbecil, ao invés de ser o contrário...
cparakawa
Eu não acredito que a inteligência seja genética. Só que pais imbecis proporcionam muito piores condições da criança desenvolver a inteligência. O moleque tem que ser gênio pra desenvolver a inteligência assistindo os programas comuns do canal aberto, freqüentando uma escola xinfrim e sem incentivo nenhum pra adquirir conhecimento.

Se eu tivesse crescido vendo Gugu e Xuxa, escutando pagode/sertanejo/axé e jogando bola na rua o dia inteiro, dava pra vender meu cérebro 0km hoje. Cool
fabiotemp
cparakawa wrote:
Se eu tivesse crescido vendo Gugu e Xuxa, escutando pagode/sertanejo/axé e jogando bola na rua o dia inteiro, dava pra vender meu cérebro 0km hoje. Cool


Talvés hoje vc fosse um jogador de futebol milhonário Very Happy
facool
mto bom o filme, eu ví faz um tempinho. a crítica é excelente.
Aurelhius
cparakawa wrote:
Eu não acredito que a inteligência seja genética. Só que pais imbecis proporcionam muito piores condições da criança desenvolver a inteligência. O moleque tem que ser gênio pra desenvolver a inteligência assistindo os programas comuns do canal aberto, freqüentando uma escola xinfrim e sem incentivo nenhum pra adquirir conhecimento.

Se eu tivesse crescido vendo Gugu e Xuxa, escutando pagode/sertanejo/axé e jogando bola na rua o dia inteiro, dava pra vender meu cérebro 0km hoje. Cool


Bom, eu não vi o filme ainda, mas fiquei curioso e vou dar um jeito de vê-lo.

Mas quanto a afimativa de cparakawa, tem alguns fundamentos sim.
O meio em que vive o indivíduo o "molda" diariamente. Ou seja, se você está em um ambiente onde o estímulo ao pensamento, a aquisição de conhecimentos e do saber é zero, é natural que você absorva o que se vive nesse ambiente.

Mas, se pelo contrário, você está em um ambiente onde você é estimulado a exercitar seu cérebro constantemente, então, você agirá como um gênio e crescerá assim.

Partindo do pressuposto de que "você é aquilo que pensa" - o que o amigo cita acima faz sentido.
Há um velho provérbio popular que diz: "Em terra de cegos, quem tem um olho é rei" - entendendo: se você em meios que não lhe oferecem estímulos para seu crescimento intelectual, conseguir usar a criatividade que há dentro de si, se tornará um 'rei'.

O problema dos indidíduos nos dias hoje é que não buscam ser criativos, mas querem ser sempre competitivos e, a competitividade impede o desenvolvimento da criatividade. A competitividade te leva a "copiar o que já existe" até para superar o que o outro criou. Vejam só os grandes artistas e de renomes mundiais, se tornaram grandes não porque competiram entre si mas porque CRIARAM. Fizeram funcionar a criatividade que há dentro de cada um.

Na minha concepção, a genialidade está no desenvolvimento da capacidade de fazer uma leitura do meio onde vive, não deixar-se ser submetido à esse meio e ser criativo - CRIAR sempre e NÃO TER MEDO DE SER CRIATIVO.

É isso aeh. Fui...

Abraços
cparakawa
Nem chega no ponto de desenvolver a criatividade. O problema seria muito mais básico.

Tomemos por exemplo a TV. Eu lembro que, uns 20 anos atrás, eram comuns programas de debate sobre assuntos importantes. Vc via isto na Globo, Bandeirantes, Manchete, etc. Hoje isto sumiu. Este tipo de programa mais informativo e que visava esclarecer e formar opinião através de opções sumiu da TV aberta. Foi-se o tempo em que eu achava que isto era culpa da TV, que empurrava as coisas goela abaixo do espectador. O povão não quer ver isto, não dá audiência e acaba sumindo da grade ou indo pra madrugada.

A Globo é a emissora que mais se voltou ao "mercado". Nos tempos do "Dr Roberto", a Globo era uma máquina política e de formação cultural forte. Com a morte do ilustre imortal, os filhos transformaram a Globo numa empresa comercial. Não tem alinhamento político declarado (apóiam quem está no poder), se livraram da Globocabo e se centraram na produção de conteúdo. Como o objetivo é manter o lucro e a participação no mercado, o negócio é atrair anunciantes. Anunciantes estão atrás de audiência através de programas que não denigram o produto anunciado (rodou, Sérgio Mallandro). O povo dá audiência naquilo que lhe interessa: qualquer coisa "divertida" que não o faça usar o miolo. Então tem que passar Faustão, Gugu, Xuxa, Malhação, etc. Quem quer conteúdo melhor, que fuce na TV paga.

Não é só a TV, é mais ou menos generalizado. O problema é parcialmente financeiro/econômico. E se gera uma casta restrita de pessoas que prezam o conhecimento. Em contraste à uma imensa maioria imbecil.

No filme Idiocracy, o protagonista Joe/Not Sure tem que fazer um teste de QI no futuro. Um dos testes é uma pergunta "Se eu tenho um balde com 7 galões e um balde com 2 galões, quantos baldes eu tenho?". Eu aposto que a maioria das pessoas, na maioria das países, ia errar a questão. No Brasil e nos EUA, com certeza.

No filme, o programa de TV mais importante no futuro é o "Oh, my balls" (algo assim). Estilo um jackass focado em acidentes na área genital. Não vai demorar 500 anos pra virar realidade.
Erst
Sim, a humanidade cada vez mais deixa de saber o que é cultura,
e o diferencial de certo e errado.
é acontece, mas não deveria.
D'Artagnan
Fantastico,

"I Gonna F*uck All You" - Owned UIAHSDIUHASDIHAISDAIUSD

Mas como disse o comentario a ideia é perturbadoramente possivel, tanto em termos biologicos quanto em termos sociais...

o problema de se diser que inteligencia é genetica ou não é que ainda não se descobriu todos os meios que governam o funcionamento do cerebro, inteligencia é muito mais que saber que um choque é ruim - eu não vou voltar mais lá - ou que um cubo não passa em um buraco redondo...
cparakawa
Acho que saber encaixar um sólido num buraco demonstra inteligência. Depende tbm o que vc considera inteligência. No meu sistema simplificado:

1- Informação - Dados

2- Conhecimento - Dados apresentados de forma organizada

3- Inteligência - Capacidade de analisar o conhecimento

Que hoje fez calor e ontem tbm, são dados/informações que vc obtém. Que, durante o ano, 90% faz calor, 9% faz temperaturas amenas e 1% faz frio, é conhecimento. Que vc só precisa de pouquíssimas vestimentas pro frio, isto é inteligência, visto que vc quase não vai precisar delas.

O conhecimento não é só o formal. Uma pessoa que entenda muito de peixes e de iscas, sabendo conciliar e analisar as duas coisas pode ser um pescador inteligente.

Se estamos na era da informação, estamos ferrados. Informação só faz sentido se obtida na forma de conhecimento ou se a pessoa consegue organizar a informação pra gerar conhecimento. Numa sociedade em que as pessoas não tem conhecimento sobre quase nada, não há como desenvolver a inteligência. É a minha opinião, varia do conceito de cada um sobre o assunto.
hive
Acho que a tendência é que as pessoas fiquem cada vez mais burras, a medida que descobrimos que na verdade a verdade é relativa e que tudo que sabemos não passa de bogagens e redundâncias, acho que a ignorâcnia se torna um oasis de delícias. Mas pra falar a verdade acredito que a humanidade nunca teve um QI tão elevado, e como diria o Eisntein, tanto ensejo pra ser feliz.
Se tivessemos uma utopia social, onde todos tivessem educação de primeira e vivessem em ambientes ferteis intelectualmente, provavelmente haveriam dissidentes afirmando que a ignorancia deveria ser mais contemplada, talvez houvessem até igrejas para adorá-la.
Very Happy
Related topics
Oq ta no seu Ctrl+V agora ?
Qual o melhor programa de televisao?
Papo de maluco - Esoterismo - Tarot
Aquecimento global? Mito ou realidade
Sucesso Financeiro
Quem é o melhor piloto na F1, independente do carro?
Dinheiro traz Felicidade?
Será que compensa montar uma lan house?
Religiao Entre os Brasileiros Internautas.
Discos voadores
Problema de Vídeo e CS 1.6 ficando cada vez pior!
O que você é, o que faz, o que quer ser.
Brasil é o 5ª maior mercado de computadores
Com pouco tempo pra postar
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.