FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


Alternativas de transporte urbano





cparakawa
Eu estava dando uma navegada e achei a notícia da implantação do trem automático em São Paulo, sem operador.

http://www.estadao.com.br/cidades/not_cid28792,0.htm

Em tempos de caos aéreo, já é difícil percorrer longas distâncias. Problemas em vôos, sem malha ferroviária, estradas mal conservadas, etc. E agora volta ao noticiário o caos de se locomover dentro das cidades. Transporte por ônibus é lento e insuficiente, na maior parte das vezes. A malha metro-ferroviária tem baixa cobertura. Todo mundo andando de carro só piora as coisas. Bike é só pra cidade menor - e plana, de preferência. Numa cidade como São Paulo, é fácil perder 2 horas de um ponto A para um ponto B. De transporte público, mais fácil ainda.

E aê? Não tem jeito? Só com coisas malucas como fura-fila (aquele que voava) e o aero-trem?

Alguém aí tem alguma grande idéia ou já ouviu falar de alguma?
mariohs
cparakawa wrote:
Em tempos de caos aéreo, já é difícil percorrer longas distâncias. Problemas em vôos, sem malha ferroviária, estradas mal conservadas, etc. E agora volta ao noticiário o caos de se locomover dentro das cidades. Transporte por ônibus é lento e insuficiente, na maior parte das vezes. A malha metro-ferroviária tem baixa cobertura. Todo mundo andando de carro só piora as coisas. Bike é só pra cidade menor - e plana, de preferência. Numa cidade como São Paulo, é fácil perder 2 horas de um ponto A para um ponto B. De transporte público, mais fácil ainda.

É a descrição exata sobre o transporte de São Paulo. A curto prazo não consigo visualizar nenhum milagre para melhorar o caos de São Paulo. A longo prazo, creio que a solução mais "comum" seria a ampliação da malha ferroviária da cidade, embora os desabamentos deixem uma má imagem da obra, mas acho que a ampliação seria uma saída. Os custos são altos, mas alguma coisa tem que ser feita, senão um dia São Paulo vai parar...
Gilgamesh
O Brasil não construiu trens interligativos por pura besteira. Mais barato que construir estradas e com um retorno muito maior para o Brasil, ao invés do retorno altíssimo que as montadores tem.

Isso aconteceu principalmente a partir dos anos 60, nossos governantes priorizaram isso.

Um país do tamanho do Brasil não ter um meio de transporte rápido como um trem, que interlige de ponta a ponta, é uma vergonha.
Existe um projeto de trem-bala há mais de 20 anos na gaveta, entre São Paulo e Rio.
Vamos ver se agora rola alguma coisa, pelo menos entre SP e Guarulhos, mas vai custar muito, dizem entre 12 a 20 reais, o que é outro absurdo.
cparakawa
Metrô é solução, mas demora. Os metrôs com alta cobertura tem quase 100 anos, qdo não tem mais. Não é solução imediata, e infelizmente os governantes só pensam a curto prazo.

Algumas pessoas dizem que já perdemos a era do trem. Sem trem, vamos fazer o quê? Avião/helicóptero é caro, metrô demora, carro e busão são horríveis pras grandes cidades, moto é pra quem é louco (pelo menos em São Paulo), bike/patins/a pé não tem condição.

Pelo que eu me recorde, nas grandes cidades em que o transporte público funciona direito, existem várias opções de transporte público e que funcionam. Inclusive várias linhas de madrugada que operam decentemente. Se vc tem grana, volta pra casa na madruga de táxi. Se não tem, volta de busão. Só fica andando de carro quem acha muito necessário ou quem faz muita questão.
Vaguiner carlos
Quote:

moto é pra quem é louco (pelo menos em São Paulo), bike/patins/a pé não tem condição.

Espera ai, eu tenho moto a muito tempo e não sou louco, lógico que é um transorte perigoso, mas tudo depende de como a pessoa conduz a moto, se vc analisar as estastiticas referente a acidentes de moto vc irá ver que a maioria dos acidentes são com os motoboys, que muitas vezes arriscam a vida pelos corredores das avenidas pra entregar a encomenda no horáio marcado; Então analisa bem nessa cidade em que vivemos onde o índice de congestionamento chega a 100 km no horário de pico, a maneira mais rapida de se chegar a algum lugar ainda é de moto.
cparakawa
Eu ainda acho muito arriscado, numa cidade como São Paulo, andar de moto. Além de alguns modelos serem muito visados pela bandidagem, os defeitos no asfalto dão insegurança, fora a chuva, fora a falta de respeito de quem anda de carro. Todo mundo que eu conheço, e que anda de moto no trânsito, fala sempre que tem que estar sempre esperto no trânsito. Quer dizer, é pra ficar estressado ou paranóico?

Um primo meu só andava de moto. Todo mundo tem que andar, é seguro, gasta pouco, blablabla. Até ser fechado por um carro e ganhar um pino na perna. Agora só anda de carro. São Paulo é selva mesmo, em cidades menores é muito mais de boa.
mariohs
Vaguiner carlos wrote:
Espera ai, eu tenho moto a muito tempo e não sou louco, lógico que é um transorte perigoso, mas tudo depende de como a pessoa conduz a moto (...)

Por mais cuidadoso que você seja, a cidade (São Paulo, no caso) é muito perigosa. Além do trânsito insano, muitas vezes as motos entram no ponto cego do retrovisor (quando andam pelos corredores), e o motorista do carro, que tem mania de dar a seta já jogando o carro, acaba causando acidente. É claro que dirigir com cautela ajuda, e muito. Mas como o cparakawa disse, São Paulo é uma selva... é muito perigoso andar de moto em São Paulo.
Vaguiner carlos
Mariohs wrote:

Por mais cuidadoso que você seja, a cidade (São Paulo, no caso) é muito perigosa. Além do trânsito insano, muitas vezes as motos entram no ponto cego do retrovisor (quando andam pelos corredores), e o motorista do carro, que tem mania de dar a seta já jogando o carro, acaba causando acidente.


Referente ao ponto cego e verdade, mas tudo depende em que velocidade vc está, geralmente muitos motoqueiros excedem a velocidade nos corredores chegando a 100 km, o que já é loucura, porque nessa velocidade o motorista que está fazendo a conversão não consegue visualizar o motoqueiro, e é nessa ocasião que acontece o acidente; quando eu estava cursando a faculdade, meu meio de locomoção era de moto, porque de onibus e metrô eu não conseguia chegar no horário, e quando eu conduzia a moto pelos corredores não passava de 60 km, nessa velocidade mesmo que um motorista faça uma conversão na sua frente você consegue freiar a ponto de evitar uma colisão, e mesmo se houver uma colisão não será muito grave, eu estou relatando isso porque aconteceu comigo diversas vezes e sempre consegui fazer a frenagem ou desviar a tempo de acontecer uma colisão.
cparakawa
Eu não sei sua idade. Eu conheço muitos amigos que andavam de moto e que, depois dos 25/30 anos, pararam. O que dizem, e que parece ser verdade, é que quando vc é mais "novo", vc é mais lóki ou p*rr*-louca. Mas aí passa o tempo, vc não precisa correr tanto pra atender os compromissos (em geral), arranja família, acha que não vale a pena se arriscar (fica mais c*gão), se vai viajar leva muita tralha, etc. Aí encosta a moto. Não estou dizendo que é o que vai acontecer com vc, mas na minha experiência de convívio parece ser muito comum. Mas continuo achando que motoqueiro de cidade grande, estilo selva, tem que ser ao menos meio louco. Very Happy
Bockman
Bom não sei muito bem como é aí no Brasil, mas não deve ser muito diferente. Tenho casos de motards que ficaram com deficiências para a vida pelas mais diversas razões. Uns por efectivamente não terem qualquer noção do que estavam a fazer, outros porque simplesmente apanharam um outro condutor (em 4 ou mais rodas) que não teve qualquer cuidado. Há inclusive inúmeros casos de motards que morreram/ ficaram estropiados porque foram contra os rails de protecção. 90% dos rails aqui em portugal estão preparados para carros, a uma altura de +/- 40cm do chão... os motards acabam por passar por baixo disso e embater nos postes que fixam os rails ao chão. (para este último podem ver mais aqui (sem fotografias ou material "gore", naturalmente): http://www.gam-moto.pt/accoes/rails.html

Aqui não é preciso andar nos corredores entre as faixas para se acabar num acidente grave.. uma travagem a fundo e lá vai o motard a voar por cima de carros (ou por dentro como já vi um.. do vidro de trás ao vidro da frente em menos de um segundo).

Acidentes acontecem a toda a hora, mas de moto não há para choques nem cinto de segurança..... É claro que conduzir com cuidado evita muitos acidentes, mas não evita tudo.

cparakawa wrote:
Mas continuo achando que motoqueiro de cidade grande, estilo selva, tem que ser ao menos meio louco. Very Happy


Eu, como sei que sou meio desvairado (e eu adoro motos) prometi a mim mesmo que só iria comprar moto quando fizesse 45 anos SE (isto é um SE muito grande mesmo) já tivesse juízo a conduzir.
Related topics
Internet Explorer 7 sera mejor ?
SDRAM vs DDRAM
[var]Una Increible Historia de Superacion digna de imitar
[var]Como seran las computadoras en 1000 años????
POSTE AQUI SUA INDIGNAÇÃO - QUALQUER ASSUNTO -
[var]Creacion vs. evolucion..no creo q desendamos dl mono
Aquecimento global? Mito ou realidade
Previsões para 2008
Cuidado con lo que miras en la Ciudad de México, D.F.
Procurando alternativas
é a vez das magrelas - videorreportagem
Transporte publico alrededor dle mundo
Alternativas a youtube?
INTERNET SOCIALIZADA NO BRASIL
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.