FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


Você, realmente, sabe dirigir? Dicas sobre autos.





pagear
Olá, pessoal.

Eu estive lendo comentários sobre (a falta de) tópicos interessantes, então resolvi abrir este tópico sobre dicas, macetes, experiências, etc sobre automóveis.

Me chama a atenção, na rua, a quantidade de enganos que os motoristas cometem, alguns IMPORTANTES, e nem as montadoras ensinam ao certo como dirigirem/usarem seus produtos. Um exemplo é o airbag: existe uma forma CORRETA de segurar um volante com esse opcional, mas NUNCA vi alguém ensinando.

Outros itens: má utilização das marchas, descuido com o consumo de combustível, erros cometidos em postos de gasolina, óleos errados, queixas de freios abs, etc. Nosso Código de Trânsito também é uma FESTA. Vocês sabiam, por exemplo, que NÃO É PROIBIDO estacionar na calçada???

Observando alguns detalhes, poderemos economizar um bom dinheiro e dirigir com mais segurança.

Por favor, comentem e perguntem à vontade.
Alaôr Gonçalves
Direção e trânsito! É algo complexo pois vai além de Código de Trânsito e Auto-escolas. Depende também de cultura, fiscalização e educação. Aqui no Brasil, nosso costume, de modo geral, é que na pista, a preferência é do veículo. Se um pedestre já começou a travessia, e um veículo se aproxima, ou o pedestre tem de correr ou será atropelado pois o motorista não reduz. Nos passeios (a preferência é dos pedestres), onde há garagens ou estacionamento, os motoristas não respeitam a preferência dos pedestres. Há relatos de incidentes nessas situações.

Sinalização de mudança de direção (dar a seta), deve ser muito difícil ou doloroso executar tal regra, uma vez que não é um hábito. De modo geral, o motorista pára no semáforo (farol) e quando o sinal é aberto, ele liga o pisca e vira a esquina. Ora, a sinalização deve ser feita com antecedência, pelo menos meio quarteirão antes. Sinalizar no momento em que vai efetuar a monobra é o mesmo que nada. Não faz sentido.

Nas auto estradas, ultrapassagem é um sacrilégio. Pois bem, se você está em sua condução, um veículo se aproxima é porque ele está mais rápido. Facilite sua ultrapassagem. Se for possível, desacelere um pouco e se houver acostamento seguro, utilize-o. É melhor que fique livre do veículo detrás o mais rápido possível, uma vez que aquele motorista pode cometer imprudências na tentativa de ultrapassar e te envolver em acidentes. Existem motoristas que, quando vamos ultrapassá-los, fazem o contrário: ocupam o centro da pista e aceleram. Pura ignorância.

Guerra de faróis! Dirigir à noite é um problema. Dirija com farol alto SOMENTE se você não vê nenhum sinal de veículo à sua frente, na mesma direção ou na direção oposta. Há motoristas que esperam a aproximação do veículo para baixar o farol. É uma baita sacanagem pois a luz alta ofusca também pelo retrovisor. Sem contar com aqueles veículos que são verdadeiras ÁRVORES DE NATAL, com quatro, seis ou oito faróis. As autoridades deveriam ser mais rigorosas com tais arbitrariedades.
mariohs
Concordo com o Alaôr.
O problema do trânsito aqui é muito mais cultural e de educação. Acho que o trânsito na cidade é o pior. Todos os problemas apresentados pelo nosso amigo aí em cima são verdade e ainda adiciono alguns pontos a mais...
Pessoas que ligam o alerta e se acham Deus, páram de fila dupla, obstruem pistas, etc.
Pessoas que fecham o cruzamento.
Pessoas que não deixam você entrar naquela rua movimentada sem sinalização.
Não preciso nem comentar o fato dos irresponsáveis que queimam o sinal vermelho.
E tem também os motoqueiros, que segundo as leis, deveriam andar nas faixas de rodagem e não nos corredores (espaço entre as duas faixas). Isso causa acidentes pra caramba, muitos deles fatais para os próprios motoqueiros, além de uma bela dor de cabeça. Quem dirige em São Paulo todos os dias sabe do que estou falando Very Happy

Nas auto estradas, vejo uma situação melhor. Pego auto estradas todos os fins de semana, e via de regra as pessoas são mais educadas. Tenho poucos problemas com ofuscamento por farol alto de terceiros, sempre dou passagem e sempre me dão passagem quando peço. Por incrível que pareça já tiveram caminhoneiros que me ajudaram em ultrapassagens (iam para o acostamento e/ou davam a luz de seta indicando ultrapassagem segura). De vez em quando nós pegamos um prego ou outro andando a 90km/h na pista da esquerda em uma auto estrada de 120km/h... mas isso geralmente é exceção...
pagear
Eu quero comentar sobre um vício MUITO comum: a enorme maioria dos motoristas seguram a alavanca de câmbio enquanto dirigem. Isso desgasta os anéis de sincronismo e "arrebenta" com a troca de marchas, sem falar que o volante e que é o lugar para manter as duas mãos. Very Happy

Por falar em segurar o volante, também são MUITO poucos os motoristas que sabem como segurar um volante equipado com air-bag. Para falar a verdade, eu mesmo NUNCA vi um procedendo corretamente.

No carro com air-bag, você NÃO PODE agarrar o volante da maneira mais comum, envolvendo-o entre o dedo indicador e o dedo polegar. O motorista deve manter os polegares voltados para si, apontados para cima, na frente do volante. Visualizando de outra forma: o volante comum você segura fechando os punhos como se fosse dar um soco, com o polegar passando por cima dos outros dedos, enquanto que o volante com air-bag você segura fazendo o sinal de OK com as mãos, com o polegar para cima, na frente do volante.

Se o motorista agarrar o volante com air-bag da maneira errada, ele terá GRAVÍSSIMOS danos nas mãos e nos braços quando a bolsa detonar, porque suas mão não se soltaram do volante. Shocked
Joker68
Quanto ao uso correto do volante com airbag, eu confesso que nunca vi isto em lugar algum, e particularmente duvido desta afirmação. Em qual lugar (manual ou url ou relatório) esta posição dos polegares está informada?

Quote:
EDITADO PELO AUTOR (confirmando a posição dos polegares sobre o anel da direção, e não "fechados"):
16. Steering Technique
With the introduction of air bags it is better at speeds over 30 kph to use push pull steering (shuffling the steering wheel), as this will allow the airbag to deploy without interference from your forearms. At lower speeds where the airbags would not deploy hand over hand steering is acceptable. It is important no matter what steering method you use, to keep your hands on the outside of the wheel and your thumbs along the rim of the steering wheel. This will reduce the likelihood of wrist or thumb injuries.

Fonte: http://www.adta.com.au/driving_tips.shtml


A melhor prática de pilotagem que conheço (e que é ensinada nas escolas de pilotos ao redor do mundo inteiro) é segurando as mãos na posição das 9 e 3 horas, com os polegares envolvendo a direção, logo acima dos raios desta. Esta é a posição usada por qualquer piloto profissional, e para carros de rua também é a posição que dá maior controle sobre o veículo.
Se alguém estiver com os polegares para cima, na posição de OK, não terá nem metade do controle proporcionado pelo método acima no caso de ter que realizar uma manobra brusca.

Quote:
EDITADO PELO AUTOR: Embora seja confirmado pela matéria acima, pessoalmente ainda prefiro correr o risco de machucar os braços do que passar pelo perigo constante de dirigir sem o necessário controle, aumentando muito a possibilidade de um acidente - e assim a necessidade de uso do airbag.


Até onde sei, as bolsas de airbag modernas ao se abrirem possuem uma espécie de estágio (não abrem mais com a violência dos airbags de primeira geração), reduzindo assim o impacto sobre os braços.
Além do mais, em um impacto maior, o seu próprio corpo é projetado para a frente, fazendo com que os braços se dobrem, afastando-os do airbag.

Resta lembrar, em caso de impacto frontal com ou sem airbag, no último momento deve-se tirar os braços da direção e cruzá-los sobre o peito com as mãos fechadas para máxima proteção (claro que isto assume o uso de cinto). O difícil é lembrar-se disto na hora.
Joker68
Outra dica importante: a distância do motorista para a direção deve ser medida sempre da seguinte forma: Com o banco na posição de dirigir e as costas apoiadas, estenda os braços e apóie ambos sobre a direção na posição 11 e 1 hora. A distância do banco deve ser tal que os pulsos sejam o ponto sobre o qual os braços estejam tocando a direção.
Joker68
Dicas para consumo de combustível (ou "como conseguir a média das montadoras que você julgava impossível"):

http://viniciusfactum.blogspot.com/2007/01/testes-de-consumo.html
pagear
Sobre os air-bags, é verdade: nem o manual do meu carro trouxe essa informação que podemos encontrar na internet, ou consultando pilotos ou técnicos.

O carro com air-bag tem "pré-tensionadores" nos cintos de segurança, eles atuam em conjunto com o disparo da bolsa e evitam que o corpo se separe dos bancos. O cinto de segurança comum apenas "trava" o corpo, enquanto o pré-tensionado puxa o corpo contra o banco.

Quanto à segurança, pela forma de segurar o volante, depois que o motorista se acostuma, não tem grande diferença.

E por falar em segurança, no próximo post vou comentar sobre freios ABS. Também vou comentar sobre consumo de combustível, SEMPRE um assunto INTERESSANTE Surprised) . Abraços.
phantombr
Ouvi dizer na questão dos freios, que a capacidade de frenagem é um pouco superior do que os motoristas costumeiramente utilizam. Ou seja, a gente 'freia' menos do que o carro conseguiria frear, se pressionassemos mais a alavanca. Não sei se a informação procede, mas foi isso que ouvi falar.
pagear
O freio equipado com o sistema ABS, que evita o travamento das rodas durante a frenagem, apresenta 2 ENORMES vantagens: é mais eficiente, permitindo parar o carro num espaço menor, e a principal, permite que o motorista desvie de obstáculos durante a frenagem.

O espaço de frenagem é menor porque com a roda girando o atrito com o chão é MAIOR do que com o deslizamento das rodas travadas, e justamente porque elas continuam girando, em grande atrito com o chão, é possível que o motorista utilize, normalmente, o volante para desviar o carro e evitar acidentes ou derrapagens.

Num carro com ABS, o uso do freio também é MUITO diferente, comparando com o carro comum. Sem o ABS o motorista deve apertar e soltar várias vezes o pedal, para tentar evitar, ao máximo, o travamento das rodas e a perda da direção. Com o ABS isso é desnecessário porque um pequeno computador aciona e libera o freio várias vezes por segundo, por isso o motorista deve apertar o pedal e mantê-lo à fundo.

Mas é preciso atenção, alguns motoristas inexperientes se assustam porque o pedal pode trepidar e, dependendo da situação, o carro todo treme também. Isso é normal com o ABS. Outra observação importante é que se deve tomar cuidado com batidas na traseira, porque você vai parar MUITO mais rapidamente do que um outro carro (sem ABS) que vier atrás de você.

Alguns sistemas mais sofisticados conseguem até corrigir desvios laterais do carro, "rodadas" ou "cavalos-de-pau", porque eles controlam a rotação de cada roda em relação às outras e ao chão. Por exemplo, imagine uma curva fechada, com óleo ou cascalho na pista, você pisa no freio até o fundo e vira o volante que o carro faz a curva normalmente (ou quase, sacode um pouco, Very Happy ).

Outra informação: carros com ABS não deixam marcas de freio no chão (ou deixam MUITO pouco) e isso pode enganar uma perícia de acidente, levando a crer que o motorista não usou os freios Exclamation . É preciso atenção para ser prejudicado, nesses casos.

Por falar em freios, MUITOS mexânicos recomendam retirar a válvula equalizadora de freio, que fica na traseira do carro, dizendo que é DESNECESSÁRIA Shocked . Também dizem isso da válvula termostática.

NUNCA retire nehuma das duas! Wink
cabral
@pagear
Gostei da aula sobre freios que postou acima, muito bom mesmo, excelente idéa esse tópico sobre automóveis, não tinha conhecimento de toda essa informação, apenas que para uma frenagem mais segura e evidentemente mais eficiente devemos pressionar várias vezes o pedal para que a roda não trave, garantido o controle do veículo...no caso do freio comum!
Em geral todos postaram informações interessantes....Smile

Não tenho muito o que falar pois não tem muitos conhecimentos na área....
Então fico satisfeito em aprimorar meus conhecimentos com os que entendem mais do assunto!

Ab's!
Wink
Joker68
Quanto ao assunto dos freios, realmente o ABS ajuda e muito. Eu já me safei de pelo menos duas "carambolas" porque meu carro possui. Aliás, deveria vir de fábrica obrigatório em todos os modelos. Quem compra um carro novo, a dica é sempre que possível comprar carros equipados com ABS e airbag. Segurança nunca é demais.

Ainda na questão dos freios, acredito (não tenho certeza) que a válvula equalizadora seja a responsável por mandar mais ou menos pressão (força) para as rodas dianteiras ou traseiras numa frenagem. Num carro normal, é comum ter-se mais força de freio nas rodas dianteiras do que nas traseiras, pois são as dianteiras que sofrem mais por causa do deslocamento de peso do carro na freagem. Como a traseira fica mais leve, muita força iria travar as rodas e o carro poderia "sair de lado".

Dica para quem (como eu) está pensando em mudar o sistema de freio do carro para um mais eficiente: mude, mas CUIDE para que a relação de força do freio seja reajustada com o sistema novo (talvez deva ficar diferente da original). Tenho um eclipse e o ponto fraco deste carro é que os freios dianteiros são pequenos demais para acompanhar o desempenho - vivem empenados. Daí a necessidade de colocar discos maiores e pinças/pastilhas maiores.
Joker68
Dica sobre economia de combustível:

Muita gente acha que rodar com o carro em uma marcha superior tende a forçar menos o motor e consumir menos combustível. ERRADO.
Fazer isto faz com que o motor funcione num giro mais baixo que o ideal para a velocidade desenvolvida, assim queimando menos eficientemente o combustível, e pior, gerando borras no interior do motor (a temida "carbonização").

Procure andar sempre no giro correto do seu motor (verifique no manual do seu carro). Melhor andar num giro ligeiramente mais alto (motor mais "cheio") do que andar com ele menor (aquela sensação que o motor está meio "no embalo", se pisar ele demoooora a responder).

Vai andar com mais segurança, mais economia e mais vida útil para a máquina.
Joker68
Suspensão:

Para quem curte as suspensões a gás para deixar o carro "tunado", aí vai um aviso:

Ao deixar o carro mais colado no chão, a suspensão estará mais mole, e ao inflar o sistema e deixar o carro mais alto, a suspensão estará mais dura. Isso é exatamente o contrário do que deve ser: quanto mais baixa, mais dura deve ser, e quanto mais alta, mais mole, para manter a estabilidade e não sofrer nenhum impacto no sistema (caixa de direção, batentes, etc).

Ao invés deste tipo de suspensão, opte pelas suspensões reguláveis (através de parafuso). Não dá para fazer aquele lance de baixar ou subir o carro, mas são verdadeiramente mais eficientes. E afinal, mexer na suspensão para piorar o desempenho não tem muito sentido... (na minha opinião, claro). Rolling Eyes
Joker68
Catalisador:

Pouca gente sabe, mas o catalisador tem vida útil. Em média, em 10 anos o catalisador perde totalmente a sua função, e passa a ser apenas um restritor do fluxo do motor, roubando alguns cavalos de potência.

O correto é substituir o catalisador por um novo, mas como é bastante caro, muita gente opta por colocar os catalisadores "marca diabo", mais baratos. Acontece que estes normalmente não possuem os compostos de cerâmica necessários para eliminar as partículas mais poluentes, e sim apenas malha de aço no seu interior. Então, se for para colocar um catalisador falso, não coloque. Deixe o seu carro sem catalisador, pois assim ao menos estará liberando o fluxo de ar que sai do motor, dando a este um pouco mais de potência e economia (2 a 3 km por litro, em média para um motor 2.0).

Em tempo, há que cuidar com as sondas lambda (normalmente instaladas antes e depois do catalisador), pois estas indicam a qualidade do ar que está saindo do motor e passam esta informação para o computador que controla a injeção. Extrair o catalisador sem mais nem menos (ou colocar um falso), pode induzir leituras erradas nas sondas, alterando assim a injeção de combustível, fazendo o carro andar mais "pobre". Isto pode levar a danos no motor.

Procure seu mecânico e informe-se!
pagear
Pessoal, vamos continuar com o assunto.

Economia de combustível:

Alguns cuidados simples e mudanças de hábito podem render uma BOA economia de combustível:

a) Usar o CUT-OFF - quando o motorista tira o pé do acelerador, acima de determinada rotação do motor, a central eletrônica percebe isso pelo sinal que vem da posição da borboleta e CORTA TOTALMENTE a injeção de combustível no motor. Nessas condições, o CONSUMO É ZERO. Esse efeito pode ser conseguido descendo declives ou usando o freio motor antes de parar o carro num sinal de trânsito. Em carros com computador de bordo, como o saudoso Tempra, é fácil ver a indicação de consumo ZERO, mas um motorista mais atento também consegue perceber o motor "acordando" (saindo do cut-off) quando pisa o acelerador novamente.

Por falar em descer declives, NÃO FAÇAM A CHAMADA BANGUELA. Além de haver consumo de combustível, porque se o motor estiver ligado em ponto-morto a rotação baixa impedirá o acionamento do cut-off, é MUITO perigoso porque pode causar superaquecimento dos freios e eles falharem no meio da descida. O freio de mão não vai segurar, e se o motor estiver desligado, é bem provável que o motorista não consiga par a partida novamente. Daí, BABAU ! Shocked

b) Outras dicas são usar a técnica da borboleta aberta e o escalonamento de marchas ímpares: 1 - 3 - 5. Mas depois eu escrevo sobre essas. Abraços.
Joker68
Bom, o tópico é sobre "saber dirigir", então para voltar um pouco a ele e não ficar muito nas dicas de mecânica propriamente ditas, aqui vai uma:

Se andar devagar, mantenha a pista da direita.

Essa você provavelmente já sabia, mas se observar bem o trânsito da cidade, vai ver uma tonelada de gente que não observa isso.

Outra "dica" que parece simples é cuidar o carro de trás (e dos lados) constantemente. Andar com carros colados na traseira com velocidade acima de 40km/h não é uma boa pedida. Essa "noção de situação" é importante quando aparece uma emergência, do tipo "preciso frear AGORA". Se tem um cara colado atrás, além de frear você vai ter que sair da frente dele, então é bom saber para que lado jogar o carro... sempre lembrando que "colado" é um conceito que depende da velocidade. A 120Km/h 15 metros de distância já é colado.
Propaga
pagear wrote:
Olá, pessoal.

Eu estive lendo comentários sobre (a falta de) tópicos interessantes, então resolvi abrir este tópico sobre dicas, macetes, experiências, etc sobre automóveis.

Me chama a atenção, na rua, a quantidade de enganos que os motoristas cometem, alguns IMPORTANTES, e nem as montadoras ensinam ao certo como dirigirem/usarem seus produtos. Um exemplo é o airbag: existe uma forma CORRETA de segurar um volante com esse opcional, mas NUNCA vi alguém ensinando.

Outros itens: má utilização das marchas, descuido com o consumo de combustível, erros cometidos em postos de gasolina, óleos errados, queixas de freios abs, etc. Nosso Código de Trânsito também é uma FESTA. Vocês sabiam, por exemplo, que NÃO É PROIBIDO estacionar na calçada???

Observando alguns detalhes, poderemos economizar um bom dinheiro e dirigir com mais segurança.

Por favor, comentem e perguntem à vontade.



A forma correta de dirigir conforme as cartilhas dos CFCs (Centro do Formação de Condutores) e o CNT (Código Nacional de Trânsito) diz sobre postura ao volante e conduta compatível com as regras básicas de cidadania. Ou seja, a gentileza e o respeito mútuo no trânsito.

Com a nova legislação de trânsito é ilegal dirigir somente com uma das mãos e passível de muilta de natureza leve. INFRAÇÃO LEVE = 3 pontos + multa de 50 UFIR.
rafael2112
O airbag é uma proteção entre você e o volante, somente em caso de acidente ele aciona, segurar com duas ou uma mão é difícil, depende da situação já que uma colisão.
A parte do fabricante em relação a dirigir pouca coisa tem, mas ele deve dar as informações de manter o carro em dia e seguro em relação ao desempenho, estabilidade e frenagem que possa comprometer a segurança, embora uma derrapagem possa vir de um condutor, somente basta frear em lugar errado, muita velocidade pra determinada curva ou piso, etc...
D'Artagnan
levei uma multa ontem, engraçado porque eu sabia que essa multa ia vir, mesmo assim achei que valeu a pena , perdi menos dinhero do que o valor da multa tomando ela, e não não arrisquei a vida de ninguém


o que me leva a pensar , será que não deveria existir uma forma de punir as pessoas diferente da financeira?

porque pra mim levar uma multa de 500 reais é caro, mas pro deputado ou pro industrial 500 reais é trocado... sera que as multas nao deveriam ser proporcionais ao ganho da pessoa?
ricardo22
eu sei dirigir muito bem hahaahah

só bati o carro uma vez e como sempre a culpa foi do outro

mas ainda prefiro minha magrela, além de não gastar nada ainda fico saudavel

o maximo que acontece é o joelho esfolado




ahhhahhaaah
Related topics
[Contas] Saiba tudo sobre a frihost
Qual o melhor cms?
Segredos da microsoft
Vcs tem site/blog?
mais um bloqueio do marioh
Nacionalismo-Brasil(serve para todos os outros países)
Quem Somos Nós? (o filme)
Qual o CMS mais indicado no meu caso.
[dicas] Googlefight
Olimpíadas 2008 - China
Bookcrossing - Perca um livro
Fuvest 2009
qual sua preferencia loira ou morena
Pergunta aos portugueses sobre liberdade de imprensa
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.