FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


Pitbull, Assassino ou Vítima?





fabiotemp
Esse tópico na verdade, foi faito para desvendar verdades e mitos de cachorros que estão sempre nos noticiários... Eu adoro cachorro, principalmente os grandes, motivo ao qual hoje não tenho, pois moro em apartamento, e ter um ratinho ou coisa parecida não eh comigo.
Agora vamos a questão principal... Pittbul, Rottweiler, Dog Alemão, entre outros... Tem instinto assassino?
Na minha opinião, sim, tanto quanto num poodle... Porém esse instintos vem dos antepassados, os lobos... Pq não podemos criar um lobo? PQ eles atacariam qualquer pessoa da casa que estivesse doente ou fraca... Não para matar, mas para assumirem o controle da hierarquia da casa, porém se a morte for necessária, não exitariam.
Nos cães, isso já não é mais tão presente, é necessário que outro animal, no caso o dono, relembre o seu distante passado, ensinando que é forte, e que pode acabar com qualquer criatura que quiser...
Ninguém faria isso com um pincher ou um poodle, pq assim que ele fosse morder alguém, levaria uma bica...
Acho que a maioria das pessoas já foram mordidas ou quase por raças pequenas... muito mais que por de porte maiores... A diferença desse cães, é somente a força... Enquanto a de um pittbul tem quase 1 ton. de mordedura, de uma raça pequena não passa de alguns kg.
Resumindo... Hoje em dia o instinto assassino, existe mais nos homens do que nos animais...
Essa é minha opinião. Expresse a sua...
mariohs
Salvo algumas raras exceções, creio que o problema não são os cães, mas quem os educa ou adestra, basicamente os donos são responsáveis pelas atitudes de seus animais. Isso gera uma grande polêmica, pois muitos cães de grande porte são treinados para atacar e defender a casa e o dono, por isso acontecem os acidentes, novamente, acho que a culpa é do dono.

A diferença de ataques de cães grande e pequenos deve-se também ao fato de que cães pequenos não são adestrados de modo a atacar, são educados apenas a fim de serem companheiros, como em minha opinião, acho que todos os cães, independente do porte que têm, deveriam ser.

Eu por exemplo, nunca vi cachorros que policiais, que têm adestramento especial, atacarem alguém... Ataque de cachorros a terceiros é culpa do dono, em minha opinião.

Opinão dita, vou falar um pouco sobre minha cachorra.
Tenho um schnauzer miniatura, quem já teve contato com um, sabe que é dotado de uma inteligência muito grande. Minha mãe educou ela como um filho (até apanhou igual Very Happy), hoje é uma grande companheira, nunca mordeu minguém (late, como todos), e obedece cada palavra que minha mãe diz. Ela diz "se você não vier tomar banho você vai apanhar", minha cachorra sai debaixo da cama e entra dentro do banheiro... isso tudo foi fruto da educação que minha mãe deu a cachorra...

fabiotemp wrote:
Eu adoro cachorro, principalmente os grandes, motivo ao qual hoje não tenho, pois moro em apartamento, e ter um ratinho ou coisa parecida não eh comigo.

Conheço um amigo que têm em seu apartamento um labrador, e cheio de enfeites e cristais pela casa, e nunca nada foi quebrado. Um labrador muito educado Very Happy
cparakawa
Pelo que eu me lembre, o doberman eh um rottweiler deteriorado. O cerebro dele eh menor que a caixa encefalica, muitas vezes, o que lhe confere dores de cabeca e resultante comportamento agressivo. Nem sempre, jah vi doberman manso. O que eu nao vi ainda eh Husky bem educado.

O que eu observo eh que o cao adota varias caracteristicas do dono. Dificil ver o cao ser agressivo se o dono tbm nao o eh em algum grau, nao soh por treinamento mas tbm por percepcao de matilha. Obviamente alguns caes tem algum tipo de desvio de comportamento: o Husky eh um lobo jovem (brincalhao e desobediente), o jack russel eh hiper ativo, o chiuaua eh um adorno (nao resisti), etc. Dependendo, dah ateh pra condicionar o cachorro em relacao ao pacote de fabrica. Pra quem se interessa, existem os experimentos de pavlov sobre condicionamento e posteriores desdobramentos.

O que eu sei eh que cao eh muito mais humano que o ser humano, tem mais nocao de convivencia em grupo, solidariedade, protecao, etc.
Vanilla
fabiotemp wrote:
Agora vamos a questão principal... Pittbul, Rottweiler, Dog Alemão, entre outros... Tem instinto assassino?
Na minha opinião, sim, tanto quanto num poodle... Porém esse instintos vem dos antepassados, os lobos... Pq não podemos criar um lobo? PQ eles atacariam qualquer pessoa da casa que estivesse doente ou fraca... Não para matar, mas para assumirem o controle da hierarquia da casa, porém se a morte for necessária, não exitariam.


Calma lá. Vamos por partes. Em primeiro lugar, sempre vejo muita gente culpar os donos pelo adestramento inadequado e tal. Infelizmente tanto as partes que dizem que é culpa do dono quanto as partes que dizem que a culpa é do cão tem parte da razão. Por que? Porque um indivíduo é produto dos seus genes + interação com o meio ambiente. Calma que eu explico direito.

Cães como pit bulls foram criados pra serem agressivos. Esse foi um dos caráteres (que juntamente com força, músculos, mandíbula etc) que foram selecionados ao longo do tempo para compor essa raça. E não foi só com pit bull, vários cães foram criados dessa forma. Veja por exemplo o dogo argentino: foi criado basicamente com as mesmas raças do pit bull, pra funcionar como caçador de pumas e javalis. Um cão para essas finalidades teria que, além de ser corajoso, ser agressivo. E foi o que foi feito: selecionaram os indivíduos que possuíam essas características. Agora, eu tenho um casal de dogos e nunca vi animais mais dóceis. Isso não significa que não possam ser agressivos algum dia, mas sim que o meio pesou mais a favor dos animais.

Quando alguém cria um pit bull visando a agressividade dele, acreditem, só está estimulando algo que já está nele. Mas eu conheci pit bulls extremamente dóceis, assim como conheci alguns que por mais que fossem bem criados, eram simplesmente infernais. O meio não contribui totalmente para a formação de um animal, é só um dos fatores para se chegar num resultado final.

Gente, eu citei os dogos porque sou apaixonada por essa raça. Se algum dia tiverem um, vão se apaixonar porque não existe animal mais fiel. Dêem uma olhada em algumas fotos.

P.S.: Estou no 3º ano de Medicina Veterinária. E se tem uma coisa que eu gosto de discutir é genética. Very Happy
pamelaBM
Quote:
P.S.: Estou no 3º ano de Medicina Veterinária. E se tem uma coisa que eu gosto de discutir é genética. Very Happy



Acho que a Vanilla disse tudo, ninguem melhor que uma estudante de Medicina Veterinária para falar sobre o assunto.. hehehehe
Eu sou fã de cachorros, gosto de todos os animais em geral, mas cachorros pra mim são DEUSES Very Happy , superiores aos seres humanos... rs.. se eu estiver na rua e ver alguem maltrando algum cachorro eu arrumo confusão entro na briga mas ñ deixo fazerem injustiça com o pobrezinhno..rs. SALVE OS CACHORROS Exclamation rs Wink
cparakawa
Lembrei de um comercial que passava nos EUA. Mostrava um lixao na Africa com varias pessoas e cachorros "chafurdando". E aih passava um letreiro (ou uma voz, minha memoria nao anda das melhores) dizendo algo como "se vc ficou com doh dos cachorros, por queh nao ficou com pena das pessoas?". Confused

Eu fiquei com pena dos cachorros, mas isto eh discussao para um topico ah parte.
mariohs
Assim, como seres humanos, os cachorros também têm genes, alguns podem ser mais agressivos que os outros... mas é alguma coisa que pode se trabalhar... Cachorros podem ser agressivos, mas se o dono tem consciência disso, tomaria cuidado para que não houvesse nenhuma desgraça... Acredito que a maioria dos ataques que acontecem e vemos na tv são por irresponsabilidade do dono. Conheci mais pitbulls e cachorros do tipo que são obedientes e dóceis do que os que são agressivos.
cparakawa
mariohs wrote:
Assim, como seres humanos, os cachorros também têm genes, alguns podem ser mais agressivos que os outros...


Analogamente, alguns seres humanos tem tendencias maiores ah violencia por heranca genetica. Sei nao ... Cool
Vanilla
cparakawa wrote:
mariohs wrote:
Assim, como seres humanos, os cachorros também têm genes, alguns podem ser mais agressivos que os outros...


Analogamente, alguns seres humanos tem tendencias maiores ah violencia por heranca genetica. Sei nao ... Cool


Bom, aí de humanos eu não sei... Só sei que tenho dois monstros em casa que pensam que são poodles. ¬¬
cparakawa
Eu jah vi Chiuau que achava que era cachorro. E pinscher que achava que era Doberman. Cool
fabiotemp
Eu abri esse tópico, pq sou apaixonado por cães... e também tenho bons conhecimentos de raças, Já tivem Cocker, Poodle, Weimaraner, Doberman, Rottweiler, Husky Siberiano, Pastor Belga, e o bom e Velho SRD (Vira-lata) ... Por isso me sinto apto a discutir o assunto... Como havia dito antes... a maior herança agressiva vem dos lobos... Aos quais, ajudaram os homens no passar do tempo ter a face do jeito que é... segundo um documentário que assistí no discovery channel, o homem primitivo, tinha a fronte da face mais alongada, e começou a diminuir conforme começaram a conviver com os cães.

Os cães, também tem temperamentos diferentes, o Husky Siberiano, considerado um dos mais difíceis de adestrar, tem a fama de burro... porém é de uma extrema inteligência, ao ponto de só fazer o que quer...

Conforme disse nosso amigo, o Doberman não tem o cérebro menor... e sim maior que o crânio, o que o leva a ter fortes dores de cabeça, deixando a raça mais estressada.

Já a veterinária... Tem cachorros dóceis, pq ela e os que convívem com os cães, são muito amigaveis e confiaveis....

No século XV, se não me engano, havia um rei que possuia 15 cachorros, que ficavam junto á ele... Antes de saber se podia ou não confiar nas pessoas, ele analisava o comportamento dos cães mediante as mesmas.
Vanilla
fabiotemp wrote:

No século XV, se não me engano, havia um rei que possuia 15 cachorros, que ficavam junto á ele... Antes de saber se podia ou não confiar nas pessoas, ele analisava o comportamento dos cães mediante as mesmas.


Aqui em casa eu gosto de fazer a mesma coisa, só que com o meu daschund. Ele é desconfiado e chato de agradar. Então se ele gosta de uma pessoa, eu confio nele. Já vi ele atacar o irmão de uma amiga minha que também não me inspirava muita confiança. O engraçado é que tendo dois animais grandes, o verdadeiro cão de guarda seja o pequenininho. Very Happy
Lviter
Tenho um rotweiller e observo que a grande diferença dele pra cães pastores alemão e belga que já tive é seu peso e sua força (ele te derruba fácil em uma brincadeira) e o fato de ser muito territorialista. O meu, pelo menos, é super manso na rua, mas em casa só deixa entrar o pessoal da casa.

Mas a forma de criar é muito importante mesmo, mais que a genética provavelmente. O meu cachorro quando era menor quebrou a pata e teve de ficar isolado em um quarto durante um mês mais ou menos. Depois disso passou por uma fase muito agressiva, levando um tempo para voltar ao normal. Todo animal precisa ter espaço físico adequado ao seu tamanho, além de alimentação, carinho, etc. Qualquer um pira se ficar confinado.

Gosto muito de animais e admiro o trabalho de Ongs como a SUIPA.
cparakawa
Vanilla wrote:
Aqui em casa eu gosto de fazer a mesma coisa, só que com o meu daschund. Ele é desconfiado e chato de agradar. Então se ele gosta de uma pessoa, eu confio nele. Já vi ele atacar o irmão de uma amiga minha que também não me inspirava muita confiança.


Alguns caes tem grande capacidade de mimetismo, de seguir o lider. Entao nao eh que vc confia no daschund, eh que o daschund estah condicionado a ter um comportamento mais proximo do seu. Eu escolhi ter um Akita porque ele jah tem um comportamento "adequado" ao meu. Mas, ao mesmo tempo, eu reconheco nele muitas das minhas caracteristicas que ele absorveu. Aliado ah lealdade, ah amizade e ao sentido de "familia", acho que este eh um dos grandes motivos para considerarmos o cao nosso melhor amigo. Coisas que nao se veh num gato ... hehehehehe

[]'s
Vanilla
cparakawa wrote:
Alguns caes tem grande capacidade de mimetismo, de seguir o lider. Entao nao eh que vc confia no daschund, eh que o daschund estah condicionado a ter um comportamento mais proximo do seu. Eu escolhi ter um Akita porque ele jah tem um comportamento "adequado" ao meu. Mas, ao mesmo tempo, eu reconheco nele muitas das minhas caracteristicas que ele absorveu. Aliado ah lealdade, ah amizade e ao sentido de "familia", acho que este eh um dos grandes motivos para considerarmos o cao nosso melhor amigo. Coisas que nao se veh num gato ... hehehehehe

[]'s


Na verdade, esse meu daschund não estava acostumado comigo. Quem tem um cão dessa raça sabe o quanto ele é desconfiado, manhoso, pidão. Não é muito chegado em se afeiçoar à gente nova. Ele era na verdade o cachorro do meu pai, que foi quem mais teve contato e o acabou criando. Eu já conheci ele crescido, e não sei como ele acabou gostando de mim. O daschund é também chamado de "cão texugueiro", porque antes de ser companhia ele era um cão caçador. Então fizeram ele baixinho e comprido pra entrar em tocas de animais como texugos e coelhos.
cparakawa
Conheco o daschund (Cofap), minha vizinha tinha um. Eu sempre fico fazendo este tipo de associacao porque o cao eh um animal de comportamento altamente condicionado com o grupo em que vive. Muitos anos atras, eu fiz um curso/materia chamada comportamento animal, no IP. Pena que o curso abrangia mais o comportamento de insetos e simios, e o quanto o ser humano se guiava por estes instintos basicos embora se considere "racional". Fora que o professor que ministrava a materia, Cesar Ades, era especialista em comportamento patologico/criminal (serial killers e afins), hehehehe. Eh algo bem interessante, me ajudou bastante a como criar um cachorro. Nao precisa ser opressivo e nao se pode mimar demais, nos momentos corretos tem que se demonstar pro cao quem eh o alfa do pedaco, facilita as coisas. Cool

[]'s
fabiotemp
cparakawa wrote:
Conheco o daschund (Cofap), minha vizinha tinha um. Eu sempre fico fazendo este tipo de associacao porque o cao eh um animal de comportamento altamente condicionado com o grupo em que vive. Muitos anos atras, eu fiz um curso/materia chamada comportamento animal, no IP. Pena que o curso abrangia mais o comportamento de insetos e simios, e o quanto o ser humano se guiava por estes instintos basicos embora se considere "racional". Fora que o professor que ministrava a materia, Cesar Ades, era especialista em comportamento patologico/criminal (serial killers e afins), hehehehe. Eh algo bem interessante, me ajudou bastante a como criar um cachorro. Nao precisa ser opressivo e nao se pode mimar demais, nos momentos corretos tem que se demonstar pro cao quem eh o alfa do pedaco, facilita as coisas. Cool

[]'s


Exatamente.. Os cachorros pequeno, são mais manhosos, pq temos mais cuidados com ele... Achamos que ele eh mais indefeso, quando na verdade eles são como os demais... Ninguém carrega um Dog Alemão no colo quando passa dos 6 meses...
Mas vamos voltar ao pitbull...
Na verdade ele tem muita força, porém, para segurança familiar, um Rottweiler eh muito mais indicado... Essa raça tem por caracteristica a espreita... e não o ataque direto como o Pitbull.

Uma vez dois conhecidos meus, que eram adestradores de cães, fizeram uma aposta... Um tinha que entrar na casa do outro sozinho, pulando o muro... Um criava Rott e o outro pitt... Os dois cara, era "marombeiros" portanto bem fortes... O criador de rott, foi ateh a casa do que tinha pitbull, pulou o muro e esperou o ataque... Ele tinha uma especie de luva para treinamento... quando o pitt atacou, e mordeu a luva ele usou a unica forma de um pitt soltar... que eh colocalo de cabeça pra baixo... assim que o cão atacou, ele o levantou, jogando ele pra fora da casa... do outro lado do muro... Portanto, ficou sozinho na casa sem cachorro...
Jah o outro tentou entrar na casa com rott... Pulou o muro e nada aconteceu... Olhou de longe e não via o cachorro... Ai então ele desistiu e pulo devolta pra rua, pois sabia que seria atacado por traz...

Isso prova que o Rott, não é só forte, tem inteligência de ataque...

Eu tive um... ele pouco latia... porém quando vc chega em casa de noite, dificilmente ele estará proxímo oa portão... Está sempre de longe observando, tomando cuidado para não ser visto...
cparakawa
Aih vc jah fala sobre a selecao que os criadores, ao longo do tempo, fizeram para que os caes tivessem comportamento adequado para determinadas tarefas. Rottweiler (guarda), Poodle (caca), Sheepdog (pastoreio) e Chowchow (enfeite) sao exemplos disto. Existe um programa na tv gringa (inglesa, quase certeza) em que as pessoas "invocam" especialistas para adequar alguns caes rebeldes que nao se comportam. Ao escolher um Husky (lobo jovem maloca) ou um Jack Russell (cao de fazenda) para viver DENTRO de casa, a pessoa tem que saber que PROVAVELMENTE nao vai ser facil. O problema eh que se faz escolhas erradas e, depois de se afeicoar ao cao, fica mais dificil.

Minha mae desistiu de tentar carregar meu cachorro no colo quando ele tinha uns 3 meses, ele nao aceitava nem a pau esta historia de cachorro "boneca" ou "bicho de pelucia". Depois dos 4 meses, eu desisti porque jah comecou a ficar pesado e no colo ele nao parava quieto, no chao ele tem comportamento calmo.

O Akita macho tem um comportamento mais de caca (caca ao urso) e guerra. A femea tem mais forte o instinto de guarda. Meu cachorro tem um comportamento de guarda estranho. Parece ser o bicho mais calmo possivel, soh que soh ataca pelas costas e tendo motivo. Ataque frontal soh se for mesmo necessario. Tudo bem, eu e meu irmao mais novo demos umas "dicas" pro cachorro ficar assim.
D'Artagnan
Eu vejo da seguinte forma , se a raça foi criada pra servir de arma então o dono tem que ter a devida autorização...

A arma só existe quem puxa o gatilho é a mão...
marcus casanova
Olá, ganhei uma pitbull de 40 dias hoje está com 52 dias linda, carinhosa estou acostumando ela desde pequena com os meus outros com muito carinho e amor, como criei os outros, mas alguns dizem que mesmo criando com amor e carinho ele vai machucar os meus outros e outros dizem que não, que criando com amor e carinho ela ficará dócil enfim, já peguei um amor por ela e minha esposa tb e quase demos mas na hora H desistimos pq ela faz carinhas, ela dá beijinhos e parece que ela sentiu isso que ia embora ela é doce e brincalhona, logico que todo bb gosta de morder mas quando digo não ela obedece, eu queria saber se tem alguém que vive junto com outros cachorros um cão desse porte e tão mal falado que na verdade parece uma princesinha de tão fofinha.


abraço a todos

Marcus e Babi
fabiotemp
Posso te falar de uma Rottweiler que tive... Ela foi criada desde pequena com uma poodle, como era bb, adorava brincar, jah a poodle era mais velha e não muito afim de brincadeira.... A Rott cresceu, porém, nenhuma as duas se deram conta disso.... A rott (Ráyza) sempre queria brincar, as vezes a Mel (poodle) sai machucada, pois mesmo brincando, o rott eh muito forte, porém a Rayza tinha medo dela, era soh perceber que a Mel ficava brava que grandalhona sai correndo... Mas no mais viviam bem... Machucar, isso vai... mas nada que tenha que levar ao veterinário... principalmente cachorra femea.... Jah macho eh um pouco mais complicado....
marcus casanova
eu tenho na verdade 4 poodle e 3 vira-latas e agora uma pitbull de 52 dias, vc acha que criado desde pq ela pode atacar os meus outros? ou podem viver bem?

pq pegamos muito amor pela Dandara a Pit ela é carinhosa demais
cparakawa
Normalmente o ideal eh o cao da raca mais "forte" ser o ultimo a ser integrado. Caes, em geral, tem respeito pelos mais antigos na casa. Mesmo pra quem tem gato, dah pra criar um cachorro desde filhote que ele acostuma. Eu estou falando "no geral", algumas racas podem desenvolver fortes problemas de convivencia com outros caes de racas diferentes - assisti isto naquele programa "caes e companhia", que passava muito tempo atras, acho que na gazeta. O meu cao (um Akita) eh um destes, macho de outra raca ele nao suporta. Pensando bem, nunca deixei ele tentar socializar com outro Akita, sei lah, as vezes ele que eh psicotico mesmo.

Procure na internet, deve achar alguma coisa sobre as caracteristicas de socializacao do pitbull com outras racas. Mesmo que nao seja recomendavel, como jah estao no mesmo barco eh melhor tentar educar. Dah uma dor no coracao se desfazer de um cao, mesmo arranjando outro lar decente pro mesmo ...
mariohs
marcus casanova wrote:
eu tenho na verdade 4 poodle e 3 vira-latas e agora uma pitbull de 52 dias, vc acha que criado desde pq ela pode atacar os meus outros? ou podem viver bem?

pq pegamos muito amor pela Dandara a Pit ela é carinhosa demais

Recomendo que procure algum veterinário ou especialista em cães, profissionais do ramo são os mais aconselhados para te dar dicas. Temos uma quase veterinária por aqui, mas acho que ela está de férias...
cparakawa
mariohs wrote:
Recomendo que procure algum veterinário ou especialista em cães, profissionais do ramo são os mais aconselhados para te dar dicas. Temos uma quase veterinária por aqui, mas acho que ela está de férias...


Existem psicólogos pra cães tbm; nunca vi nenhum, mas já ouvi falar que existem.
marcus casanova
pois é achei melhor devolver, achei melhor pq mesmo com amor eles podem brigar e ela com certeza vai machucar, ai o melhor mesmo foi devolver ocm muita dor mas com certeza ela vai viver feliz com outro dono.


abraços
Marcus
mariohs
marcus casanova wrote:
pois é achei melhor devolver, achei melhor pq mesmo com amor eles podem brigar e ela com certeza vai machucar, ai o melhor mesmo foi devolver ocm muita dor mas com certeza ela vai viver feliz com outro dono.


abraços
Marcus

Cara, essa deve ser uma das coisas mais tristes que existem... eu não consigo me imaginar devolvendo minha cachorra...
marcus casanova
pois é cara, estou tristão e a minha esposa tb, pq nunca fizemos isso mas amigo tive que fazer isso, sabe os outros aqui alguns estão a 6 anos e outros a 3, eu amo muito meus cachorros, mas sempre quando saio de casa deixo sempre eles soltos e o meu medo seria mesmo que a pit respeitasse geral aqui sempre existe aquela rosnadinhas e pode acontencer de se irritar por algo e brigar e se acontece isso já era os meus, sempre estou em casa de dia mas trabalho a noite e não sei o que aconteceria, sei lá devolvi por isso, mas ela estava aqui a quase 12 dias, foi melhor antes pq a dor é muita mas dá pra segurar.

abração a todos
mariohs
marcus casanova wrote:
pois é cara, estou tristão e a minha esposa tb, pq nunca fizemos isso mas amigo tive que fazer isso, sabe os outros aqui alguns estão a 6 anos e outros a 3, eu amo muito meus cachorros, mas sempre quando saio de casa deixo sempre eles soltos e o meu medo seria mesmo que a pit respeitasse geral aqui sempre existe aquela rosnadinhas e pode acontencer de se irritar por algo e brigar e se acontece isso já era os meus, sempre estou em casa de dia mas trabalho a noite e não sei o que aconteceria, sei lá devolvi por isso, mas ela estava aqui a quase 12 dias, foi melhor antes pq a dor é muita mas dá pra segurar.

abração a todos

Tá certo, melhor prevenir. Se bem que... você já tem bastante cachorro, não? Very Happy
marcus casanova
pois é tenho 7, mas cara adoro cachorro e quando bato olho e dá aquela vontade de levar não há preço cara, os meus cães são dóceis, amados, respeitado e me respeitam e muito me conhece pelo olhar quando gosto ou não, sempre tive animais desde pequeno, tive um lasa que viveu 19 anos morreu tem quase dois meses ficava com meus pais, morreu de velhice e ele tinha medo de morrer estava tão velhinho que o maxcilar estava solto sofria muito, gemia e não estava mais comendo meu irmão chamou um grande amigo que é veterinário e ele disse que o bicho estava sofrendo muito e permitimos que desse a injeção nele pois seria muito melhor aliviar o sofrimento dele e mesmo que não o fizesse ele iria ficar mais ou menos mais 1 semana e sofrendo sem comer nem sopa mas cara amo meus bichos de verdade, abraços.
paulobrasl
Bem pessoalmente acho o Pittbull um animal muito agressivo por natureza
além de possuir uma estrutura fisica propicia ao ataque seja a animais ou seres humanos mas acredito tambem na possibilidade de domesticação, agora com certeza não dá forma que donos inresponssáveis criam alguns bichos os incentivando a destruição de qualquer um !!
Vanilla
marcus casanova wrote:
pois é cara, estou tristão e a minha esposa tb, pq nunca fizemos isso mas amigo tive que fazer isso, sabe os outros aqui alguns estão a 6 anos e outros a 3, eu amo muito meus cachorros, mas sempre quando saio de casa deixo sempre eles soltos e o meu medo seria mesmo que a pit respeitasse geral aqui sempre existe aquela rosnadinhas e pode acontencer de se irritar por algo e brigar e se acontece isso já era os meus, sempre estou em casa de dia mas trabalho a noite e não sei o que aconteceria, sei lá devolvi por isso, mas ela estava aqui a quase 12 dias, foi melhor antes pq a dor é muita mas dá pra segurar.

abração a todos


Puxa marcus, uma pena você ter devolvido seu cachorro mesmo. Mas você vê, você tem cães de épocas diferentes e que convivem numa boa. Eu sou da opinião que animais criados juntos desde cedo tendem a conviver muito bem. Tenho um casal de dogos argentinos (pense num pitbull maior e branco) e um teckel (mais conhecido por "cofap" ou "linguiça"), e os três se dão super bem. Acho que o pitbull deria se dado muito bem com seus outros cachorros, lembrando que ele precisa de bastante espaço porque é um cão muito ativo e precisa se exercitar. Acho que o pitbull está meio "demonizado", e mesmo ele já tendo uma tendência genética a ser mais agressivo, é o jeito que ele vai ser criado que vai ter mais peso no final.
hive
Respondendo a pergunta do tópico: Assassino!
Pra mim não importa se o cão pega as características do dono ou se ele pode ser dócil ou pode ser agressivo. Pra mim só importa que ele tem pontencial assassino, como não sei a maneira que vai ser criado nem por quem vai ser criado acho que não deveria frequentar a nossa sociedade. Não quero meu filho com o crânio esfarelado por um animal como este, que por acaso tinha um dono que o transformou num monstro.
Vanilla
hive wrote:
Respondendo a pergunta do tópico: Assassino!
Pra mim não importa se o cão pega as características do dono ou se ele pode ser dócil ou pode ser agressivo. Pra mim só importa que ele tem pontencial assassino, como não sei a maneira que vai ser criado nem por quem vai ser criado acho que não deveria frequentar a nossa sociedade. Não quero meu filho com o crânio esfarelado por um animal como este, que por acaso tinha um dono que o transformou num monstro.


Não crie poodles estão. Esses são de longe bem mais agressivos, e os maiorzinhos podem causar estragos.
hive
Very Happy Very Happy
Mas puddles são tão feinhos né? Não criaria nem que me dessem de graça! Gosto de labradores e mastins.
Mas na boa, pensei um pouco e cheguei a conclusão de que não é necessário proibir esses cãe considerados perigosos na sociedade. Talvez bastasse que os donos tivesses algum tipo de licença obrigatória pra possuir esses animais e que esta fosse adquirida através de algum treinamento intensivo ao animais E aos donos. Mais ou menos como quando vc possui porte de arma. Voce precisa comprovar aptidões tecnicas e psicológicas para o manuseio da arma. Um cão como estes é como arma, pode matar, então que tenha treinamento adequado para frequentar o público e que seu dono tenha capacidade de educá-lo e mantê-lo saudável fisica e psicologicamente.
Eu já conheci gente que foi atacado por pittbulls e não morreu por pouco, além das notícias grotescas que vemos no noticiários.
Morrer nas mandíbulas de uma animal pra mim é coisa da idade média, e olhe lá...
Vanilla
hive wrote:
Very Happy Very Happy
Mas puddles são tão feinhos né? Não criaria nem que me dessem de graça! Gosto de labradores e mastins.


Eu acho poodle e qualquer cachorro de raça pequena horrendo. Exceto os teckels (vulgo cofap). Acho eles muito simpáticos. Very Happy

Sabe, eu sou louca pra ter um mastim, mas ele sofre tanto preconceito quanto os pit bulls. Talvez por ser maior e mais pesado, ele assuste muito mais. Quando levo meus dogos no hospital da faculdade, as pessoas me olham como se eu tivesse carregando um monstro, e não é bem assim. Apesar de tudo, ainda acho é questão de criação.
mariohs
Vanilla wrote:
Eu acho poodle e qualquer cachorro de raça pequena horrendo.

Minha Schnauzer Miniatura não é feia Razz E ao contrário do que muitos dizem, ela quase não late (essa raça tem um problema sério com latidos se não for educada desde o começo).
Vanilla
mariohs wrote:
Minha Schnauzer Miniatura não é feia Razz E ao contrário do que muitos dizem, ela quase não late (essa raça tem um problema sério com latidos se não for educada desde o começo).


Se eu for parar pra pensar, vou achar cachorros de raças pequenas que eu goste. Como por exemplo os pugs, que eu acho muito fofos. É que no geral eu não curto mesmo, sou cachorreira, mas gosto dos grandões! Labrador, dogue alemão, dogo argentino... E ainda vou ter um mastim ou um cane corso, é questão de tempo (e de eu morar num lugar MUITO grande).
psydevil
para mim o pitbull é lindo. sao os donos que os fazem ou bons ou maus, aqui no meu pais em certos bairros usam-os so para combates nada mais, no entanto cao mais meiginho e carinhoso nao conheco.
Vaguiner carlos
E o seguinte manso ou não, o certo é que se o dono for sair na rua tem que colocar a focinheira e enforcador, porque segundo a lei o dono e responsável por tudo que acontecer com seu cão.
hsfbf
Para mim quase tudo depende do dono. Mas Pitbulls nao sao iguais a poodles. Por favor. Como Daschunds não são como Labradores. Os raças tem características e não há como negar isso. Uns são bons na caça outros no ataque ou na guarda.

Pitbull é uma arma. E como uma arma, seu uso depende do dono. A diferença é que não se pode sair armado por ai, constrangendo pessoas ou causando problemas.

Na minha opiniao existem dois caminhos: o fim da raça ou um controle rígido sobre os proprietários. Esse controle precisaria envoler o mesmo tipo de fiscalização que existe para se ter uma arma. Os animais deveriam ser registrados e seus donos avaliados.

Henrique
hsfbf
Vanilla wrote:
hive wrote:
Respondendo a pergunta do tópico: Assassino!
Pra mim não importa se o cão pega as características do dono ou se ele pode ser dócil ou pode ser agressivo. Pra mim só importa que ele tem pontencial assassino, como não sei a maneira que vai ser criado nem por quem vai ser criado acho que não deveria frequentar a nossa sociedade. Não quero meu filho com o crânio esfarelado por um animal como este, que por acaso tinha um dono que o transformou num monstro.


Não crie poodles estão. Esses são de longe bem mais agressivos, e os maiorzinhos podem causar estragos.



Com quem voce trancaria seu filho num quarto? Com um pitbull ou com poodle? por favor ..
D'Artagnan
acho que qualquer raça de cachorro que seja forte o suficiente para machucar um adulto saudavel deveria ser tão fiscalisada quanto o porte de armars. o problema é que no brasil não se consegue fiscalisar nada , não se tem cultura nem dinheiro pra isso, é mais facil proibir. Por isso sou a favor da proibição, ninguém morre por não criar pitbulls, mas um dono mal carater pode causar uma morte
Alice
Eu acho que a culpa é do dono que cria o animal pra ser mais agressivo, mais do que a natureza dele. Sei lá.
Deline
Vanilla wrote:
fabiotemp wrote:
Agora vamos a questão principal... Pittbul, Rottweiler, Dog Alemão, entre outros... Tem instinto assassino?
Na minha opinião, sim, tanto quanto num poodle... Porém esse instintos vem dos antepassados, os lobos... Pq não podemos criar um lobo? PQ eles atacariam qualquer pessoa da casa que estivesse doente ou fraca... Não para matar, mas para assumirem o controle da hierarquia da casa, porém se a morte for necessária, não exitariam.


Calma lá. Vamos por partes. Em primeiro lugar, sempre vejo muita gente culpar os donos pelo adestramento inadequado e tal. Infelizmente tanto as partes que dizem que é culpa do dono quanto as partes que dizem que a culpa é do cão tem parte da razão. Por que? Porque um indivíduo é produto dos seus genes + interação com o meio ambiente. Calma que eu explico direito.

Cães como pit bulls foram criados pra serem agressivos. Esse foi um dos caráteres (que juntamente com força, músculos, mandíbula etc) que foram selecionados ao longo do tempo para compor essa raça. E não foi só com pit bull, vários cães foram criados dessa forma. Veja por exemplo o dogo argentino: foi criado basicamente com as mesmas raças do pit bull, pra funcionar como caçador de pumas e javalis. Um cão para essas finalidades teria que, além de ser corajoso, ser agressivo. E foi o que foi feito: selecionaram os indivíduos que possuíam essas características. Agora, eu tenho um casal de dogos e nunca vi animais mais dóceis. Isso não significa que não possam ser agressivos algum dia, mas sim que o meio pesou mais a favor dos animais.

Quando alguém cria um pit bull visando a agressividade dele, acreditem, só está estimulando algo que já está nele. Mas eu conheci pit bulls extremamente dóceis, assim como conheci alguns que por mais que fossem bem criados, eram simplesmente infernais. O meio não contribui totalmente para a formação de um animal, é só um dos fatores para se chegar num resultado final.

Gente, eu citei os dogos porque sou apaixonada por essa raça. Se algum dia tiverem um, vão se apaixonar porque não existe animal mais fiel. Dêem uma olhada em algumas fotos.

P.S.: Estou no 3º ano de Medicina Veterinária. E se tem uma coisa que eu gosto de discutir é genética. Very Happy


Falou a VETÊ! Smile Eu amo cachorros, principalmente os de porte grande, tenho uma labradora com pastor aqui em casa que não sossega um minuto!
Mas pitbull, até minha mãe quando eu era criança não deixava ficar perto, acho que depende tanto da criação quanto do que você faz pra estimular o lado assassino do bicho. Geralmente os pitbulls que crescem com criança tendem a ficar violentos pra proteger, como eu já vi. Mas mesmo assim eu não boto muita confiança neles, a não ser que eu seja a dona..rs
Vanilla
hsfbf wrote:
Com quem voce trancaria seu filho num quarto? Com um pitbull ou com poodle? por favor ..


Se eu tivesse criado o cachorro e confiasse nele, com qualquer um dos dois. E se dependesse de mim, não seria um poodle. Só a título de informação: sabia que a maioria dos casos de mordidas de cães é causada por poodles? Eu os acho agressivos, territorialistas e barulhentos. Se você gosta, tudo bem. Mas não me peça pra confiar dizendo "É mansinho, pode colocar a mão.". Eu vou continuar passando longe e criando os meus dogos.
marceloneed
acho q varia muito de cada pessoa
tem gnt q acha qualquer cachorro perigoso ja tem outras q falta
coloca a mao dentro da boca dos cachorros sem medo
gilmariofgl
marceloneed wrote:
acho q varia muito de cada pessoa
tem gnt q acha qualquer cachorro perigoso ja tem outras q falta
coloca a mao dentro da boca dos cachorros sem medo
O caso é que o mesmo cachorro tem reações diferentes para cada tipo de pessoas, com algumas eles são dóceis e com outras agressivos.

Acho que daí saio a fomosa expressão:
Tá estranhando Bicho?
cparakawa
marceloneed wrote:
acho q varia muito de cada pessoa
tem gnt q acha qualquer cachorro perigoso ja tem outras q falta
coloca a mao dentro da boca dos cachorros sem medo


Depende da sua postura diante do cão e do próprio perfil do cão. Relativamente, é bem difícil veterinário ser mordido. O do meu cachorro, só de olhar pro bicho já sabe se tem que pedir pro dono ter atenção ou segurar firme na hora de meter a agulha.

Tem cachorro que você compra com afago (comida funciona melhor). Mas alguns não. Quem tem, ou teve, cão com instinto de caça, consegue distinguir melhor se o cão abana o rabo por alegria ou por instinto de caça. Tem gente que olha o cão olhando meio torto e abanando o rabo, acha que o cachorro está contente ... Depois acha que o cão é traiçoeiro porque abana o rabo e morde em seguida.
Deline
Vanilla wrote:
hsfbf wrote:
Com quem voce trancaria seu filho num quarto? Com um pitbull ou com poodle? por favor ..


Se eu tivesse criado o cachorro e confiasse nele, com qualquer um dos dois. E se dependesse de mim, não seria um poodle. Só a título de informação: sabia que a maioria dos casos de mordidas de cães é causada por poodles? Eu os acho agressivos, territorialistas e barulhentos. Se você gosta, tudo bem. Mas não me peça pra confiar dizendo "É mansinho, pode colocar a mão.". Eu vou continuar passando longe e criando os meus dogos.


Tanto poodles como algumas raças pequenas além de ter um latido irritante são bem ciumentos e imprevisíveis, uma hora ele quer carinho, outra dá uma TPM geral e ele sai rosnando por aí ¬¬
A poodle que eu mais confio mesmo é a da minha sogra, que é uma BOLA, mal late e adora carinho. Além dela, tem um Dog Alemão LINDO lá, que até eu levo pra passear (eu tenho menos de 1,60m, imagina eu carregando um cão cuja pata é maior que a minha cabeça).
cparakawa
Deline wrote:
Tanto poodles como algumas raças pequenas além de ter um latido irritante são bem ciumentos e imprevisíveis, uma hora ele quer carinho, outra dá uma TPM geral e ele sai rosnando por aí ¬¬
A poodle que eu mais confio mesmo é a da minha sogra, que é uma BOLA, mal late e adora carinho. Além dela, tem um Dog Alemão LINDO lá, que até eu levo pra passear (eu tenho menos de 1,60m, imagina eu carregando um cão cuja pata é maior que a minha cabeça).


Cachorro obeso deve ter simancol que não consegue atacar nada, a não ser as coisas que ele consegue esmagar com o próprio peso. Melhor ser um cachorro gente boa e ver se alguém dá um afago e comida. Não deixa de ser uma boa estratégia de sobrevivência. Wink
Deline
cparakawa wrote:

Cachorro obeso deve ter simancol que não consegue atacar nada, a não ser as coisas que ele consegue esmagar com o próprio peso. Melhor ser um cachorro gente boa e ver se alguém dá um afago e comida. Não deixa de ser uma boa estratégia de sobrevivência. Wink


Hhahauha, pior. Mas eu acho judiação entupir bicho de comida :S faz mal..
cparakawa
Deline wrote:
cparakawa wrote:

Cachorro obeso deve ter simancol que não consegue atacar nada, a não ser as coisas que ele consegue esmagar com o próprio peso. Melhor ser um cachorro gente boa e ver se alguém dá um afago e comida. Não deixa de ser uma boa estratégia de sobrevivência. Wink


Hhahauha, pior. Mas eu acho judiação entupir bicho de comida :S faz mal..


Nem tenho certeza, depende do cachorro. É mais ou menos como os humanos. Alguns não tem limite, outros tem, alguns engordam fácil e outros não. Acho que cabe mais ao dono ver se precisa regular o cachorro ou não. É uma dúvida estranha, eu acho até hipocrisia. Em geral, nós comemos muita porcaria que faz mal mesmo sabendo o que seria uma dieta mais saudável. E depois queremos algo diferente pros cães. Por quê se ingere tanta porcaria? Porque o gosto é bom e/ou vicia ...

Meu cachorro começou a ser criado só na base da ração. Mas aí começamos a dar qualquer coisa que ele gostava, incluindo sorvete, feijoada, etc. Resultado: morreu aos 12 anos, de velhice - cachorro de porte grande não costuma viver muito. O cachorro só comia se tinha necessidade, o que era vantagem, a gente nem precisava regular. Óbvio que ele esperava o rango bom, comia ração quando ficava com fome e via que não era hora do rango. Eu não iria ter a consciência tão tranquila se ele tivesse morrido de alguma complicação devido à dieta. E também não teria a consciência tão tranquila se ele morresse do mesmo jeito (velhice), tendo uma dieta "saudável", sabendo que ele poderia ter sido mais feliz comendo as coisas escrotas que ele gostava. É mais ou menos como ter um filho e negar todo tipo de junk food para a criança. Ou deixar a criança se entupir de junk food e desenvolver problemas de saúde. Existe algum meio-termo, só é difícil saber qual ...

[]'s
Deline
cparakawa wrote:

Nem tenho certeza, depende do cachorro. É mais ou menos como os humanos. Alguns não tem limite, outros tem, alguns engordam fácil e outros não. Acho que cabe mais ao dono ver se precisa regular o cachorro ou não. É uma dúvida estranha, eu acho até hipocrisia. Em geral, nós comemos muita porcaria que faz mal mesmo sabendo o que seria uma dieta mais saudável. E depois queremos algo diferente pros cães. Por quê se ingere tanta porcaria? Porque o gosto é bom e/ou vicia ...

Meu cachorro começou a ser criado só na base da ração. Mas aí começamos a dar qualquer coisa que ele gostava, incluindo sorvete, feijoada, etc. Resultado: morreu aos 12 anos, de velhice - cachorro de porte grande não costuma viver muito. O cachorro só comia se tinha necessidade, o que era vantagem, a gente nem precisava regular. Óbvio que ele esperava o rango bom, comia ração quando ficava com fome e via que não era hora do rango. Eu não iria ter a consciência tão tranquila se ele tivesse morrido de alguma complicação devido à dieta. E também não teria a consciência tão tranquila se ele morresse do mesmo jeito (velhice), tendo uma dieta "saudável", sabendo que ele poderia ter sido mais feliz comendo as coisas escrotas que ele gostava. É mais ou menos como ter um filho e negar todo tipo de junk food para a criança. Ou deixar a criança se entupir de junk food e desenvolver problemas de saúde. Existe algum meio-termo, só é difícil saber qual ...

[]'s


Ah isso é mesmo, depende, eu penso que tem coisas que a gente pode dar além da ração sim, contanto que não vá dar uma dor de barriga no coitado. Minha cachorra só come ração, no entando ela ama maçã, cenoura, e outras verduras que minha mãe algumas vezes dá (é que eu tenho um coelho também, acho que ela tomou os hábitos o.O). Mas todo dia ficar colocando muita carne, ou qualquer restinho de comida faz mal tanto pro estômago do cachorro, que vai ficar mal acostumado, quanto pros dentes. Tive uma vira-lata que comia muita comida, os dentes dela não eram os mesmos, além de um hálito terrível, que eu tentava tirar quando criança jogando água e tal. Apesar de parecer que o cachorro vai morrer feliz, ao mesmo tempo se é algo que o organismo dele não está acostumado pode fazer mal, engordar e tal...Bom, sei lá, vou perguntar pra veterinária depois...rs
nando
sei la... só sei que nem chego perto
Alice
nando wrote:
sei la... só sei que nem chego perto


pois é. assassino ou não, estando bem longe de mim já está ótimo. Very Happy
cparakawa
Deline wrote:
Ah isso é mesmo, depende, eu penso que tem coisas que a gente pode dar além da ração sim, contanto que não vá dar uma dor de barriga no coitado. Minha cachorra só come ração, no entando ela ama maçã, cenoura, e outras verduras que minha mãe algumas vezes dá (é que eu tenho um coelho também, acho que ela tomou os hábitos o.O). Mas todo dia ficar colocando muita carne, ou qualquer restinho de comida faz mal tanto pro estômago do cachorro, que vai ficar mal acostumado, quanto pros dentes. Tive uma vira-lata que comia muita comida, os dentes dela não eram os mesmos, além de um hálito terrível, que eu tentava tirar quando criança jogando água e tal. Apesar de parecer que o cachorro vai morrer feliz, ao mesmo tempo se é algo que o organismo dele não está acostumado pode fazer mal, engordar e tal...Bom, sei lá, vou perguntar pra veterinária depois...rs


O ser humano não tem dentição para comer carne. O cachorro tem. Mas depois de tantos cruzamentos e criações de raças estranhas, não dá para ter certeza até que ponto avacalharam com as características do lobo. Comparar um Chihuahua com um lobo é que nem comparar uma galinha com um pterodáctilo. São parentes, mas não são lá muito parecidos ...

Para limpar os dentes do cão, tem gente que escova os dentes do mesmo. Eu dava aqueles ossinhos que o cachorro fica roendo o dia inteiro, quebram um galho. Será que dá para ensinar o cachorro a usar Cepacol? Rolling Eyes

Melhor perguntar para a Vanilla ...
thi.dias
a culpa é do dono do cachorro. O animal não tem noção do que faz!
Related topics
Ou etes vous parti en vacances ?
[UNIK] Les meilleurs jeux Flash ou shockwave
Somos ou Não Somos Deus?
[DESIGNER]dreamweaver, frontpage ou mambo??
[CPU] - Dreamweaver 8
Português Portugal ou Português do Brasil?
Votre acteur favori?
Kit graphique ou site web
[Net Móvel] Que vantagens e/ou desvantagens?
Domínio ou Sub-domínio
Des compte @live.com ou @live.fr etc ..
Emprego Fora do Brasil
Pitbull Attacks Dog
un cms ou un site en dhtml?
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.