FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


"Quem vai pagar a conta?"





Propaga
Enquanto que medidas mais eficazes ou legislações adequadas não sejam adotas para diminuir o alto índice de criminalidade que assola nosso país, o número de vítimas continuará em níveis, realmente, assustadores.

Aliás, já está se tornando insuportável ver qualquer informativo na multimídia por causa de tanta bandalheira e crimes, considerados hediondos pela legislação atual, que causa uma repulsa indescritível!

Entretanto, ações enérgicas e realmente de impacto que coíbam de vez com a sanha cada vez mais cruel dos criminosos, não estão sendo tomadas. Pelo menos é o que se observa das autoridades constituídas de nosso país!

Existem alguns tratamentos, que considero paliativos e pontuais, relacionados ao enorme índice de violência constatado. Mas, as estatísticas estão mostrando que não surtem nenhum efeito!

Acredito que nós já estamos pagando a conta por tamanha inoperância e ações ineficazes que estão sendo adotadas até o presente momento.

Atualmente a situação está deste jeito! E o que será das futuras gerações de nosso país? Uma balburdia total?
Crimes, crimes e mais crimes! Cada vez mais violência e mais mortes de inocentes? Pessoas de bem que lutam honestamente em seu dia a dia para tentar sobreviver!

Qual seu parecer e sua sugestão para pelo menos diminuir essa descomunal violência...
Vanilla
Tenho um parente que trabalha na Fundação Casa (a antiga FEBEM) que conta histórias do trabalho que me deixam de cabelo em pé. Há menores que se orgulham por estarem em sua segunda ou terceira passagem pela fundação. Parece que há uma glamourização dessa vida de crime e eles não se importam com as consequências porque simplesmente NÃO EXISTEM CONSEQUÊNCIAS. O menor apreendido passa um tempo na Fundação Casa, onde tem acesso a escola e cursos profissionalizantes, e depois sai pra cometer outros crimes.

Minhas sugestões? Medidas extremas dos dois lados. Redução da maioridade penal (vou elaborar mais adiante) e investimento pesado em educação. Sou a favor da redução da maioridade penal quando o menor em questão cometer crimes hediondos. Eu não acredito nessa história de "oh pobrezinho, ele é menor de idade!" quando o menor em questão está matando ou estuprando. O que você diria pra família da vítima, sabendo que aquele menor que matou vai estar livre dali a pouco? Que tipo de justiça há nisso?

Por outro lado, esse "orgulho" que menores sentem ao passar pela Fundação Casa precisa ser dissipado com educação pesada desde cedo. De nada adianta reduzir maioridade penal se os menores são tiverem uma perspectiva de vida diferente. E é isso que muita gente não parece entender. Não basta apenas mostrar que as ações tem consequências, tem que mostrar que sua vida pode ser outra.
Propaga
Quote:
Não basta apenas mostrar que as ações tem consequências, tem que mostrar que sua vida pode ser outra.

Entretanto, enquanto a droga mostrar a sua "face" perversa para essas pessoas, não vislumbro um horizonte animador!

Até quando essa maldição que aflige a humanidade permanecerá entre nós?
Propaga
Vanilla wrote:
Por outro lado, esse "orgulho" que menores sentem ao passar pela Fundação Casa precisa ser dissipado com educação pesada desde cedo.
E, que tal evitar o nascimento desses delinqüentes? É radical? É utopia? É desumano?

Claro, ninguém nasce criminoso. Lógico que não! Mas qual é o futuro de crianças que nascem sem uma família constituída, que descendem de mães sem a mínima condição para tal. São os chamados “filhos da conseqüência”. Conseqüência de um ato que buscava apenas prazer. Nada além de apenas prazer!

Então, não podemos ser reféns de tamanha inconseqüência!

Controle radical da natalidade, principalmente, onde exista a maior probabilidade desses nascimentos acontecerem. Por exemplo, mães das ‘cracolândias da vida’.

Assim sendo, acredito que não podemos nos preocupar somente com os efeitos desta verdadeira degradação humana. A origem ou a raiz da questão está, no meu entendimento, no absoluto controle da natalidade!
Vanilla
Propaga wrote:
E, que tal evitar o nascimento desses delinqüentes? É radical? É utopia? É desumano?


Se a sua pergunta se refere ao aborto, posso dizer que sim, sou a favor do aborto e de uma política séria de planejamento familiar. Quanto a primeira opção, ainda não acho que seja algo viável no nosso sistema de saúde. Já a segunda pode sim ser implementada com sucesso e não sei porque ninguém nunca pensou nisso antes.

Propaga wrote:
Claro, ninguém nasce criminoso. Lógico que não! Mas qual é o futuro de crianças que nascem sem uma família constituída, que descendem de mães sem a mínima condição para tal. São os chamados “filhos da conseqüência”. Conseqüência de um ato que buscava apenas prazer. Nada além de apenas prazer!


Estamos falando aqui de tendência, e nem tudo que é tendência é necessariamente verdade. Alguém que nasça em condições ruins tem uma tendência maior a cometer atos criminais. Veja bem, tendência.

Propaga wrote:
Assim sendo, acredito que não podemos nos preocupar somente com os efeitos desta verdadeira degradação humana. A origem ou a raiz da questão está, no meu entendimento, no absoluto controle da natalidade!


Como eu disse ali em cima, não sei se é viável com o nosso sistema de saúde do jeito que está. Muitos brasileiros ainda resistem a aceitarem que aborto é um direito da mulher. Penso que no futuro até podemos ter um referendo sobre a liberação do aborto como direito feminino, mas por enquanto, nada feito.
Propaga
Vanilla wrote:
Penso que no futuro até podemos ter um referendo sobre a liberação do aborto como direito feminino, mas por enquanto, nada feito.
Desejo que este futuro esteja bem próximo, mesmo! Pois, do jeito que a situação está, acredito que pior não pode ficar! Ou, quem sabe, pode piorar?

Pelo ‘amor do profeta’ são tantas as notícias sobre violência que já se percebe a repulsa nos repórteres em relatá-las. Estou me referindo aos noticiários que, comumente, não utilizam este ‘mote’ da violência para conquistar audiência.

Como já foi mencionado, ser encaminhado para a Fundação Casa virou motivo de status para aqueles adolescentes que enveredaram para o mau caminho.

Realmente, acredito que são as políticas adotadas em nosso país que não conseguem mudar o sistema.

Existem paradigmas pelo mundo afora que, infelizmente, os políticos não enxergam ou não querem enxergar.

Gostaria muito que, de uma maneira ou de outra, esses políticos ineficientes sentissem na pele um choque proveniente da real violência que campeia nosso país.
Related topics
[SUPORTE] - Dúvida Redirecionada!!
Quem vai ganhar o World Cup 2006
frihost fora do ar?
Mercado de trabalho - Profissionais
Tempo máximo sem postar
XP X Vista - Qual é a hora de mudar?
Sucesso Financeiro
Alguém vai amanhã na PARADA GAY na Avenida Paulista ?????
É Certo Eu COMPRAR Produto Nos Camelos???(Piratas).
Férias de Julho - Quem vai viajar?
Olimpíadas 2008 - China
Quem vai ganhar o campeonato brasileiro 2009
Bolão da Copa. Quem vai ser campeão?
"Júri condena Lindemberg a 98 anos e 10 meses."
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.