FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


Legalização da maconha no Brasil.





leandrow
Segundo dados da ONU, 147 milhões de pessoas fumam maconha no mundo, o que faz dela a terceira droga psicoativa mais consumida do mundo, depois do tabaco e do álcool. A droga é proibida em boa parte do mundo, mas, desde que a Holanda começou a tolerá-la, na década de 70, alguns outros países europeus seguiram os passos da descriminalização. Itália e Espanha há tempos aceitam pequenas quantidades da erva – embora a Espanha esteja abandonando a posição branda e haja projetos de lei, na Itália, no mesmo sentido. O Reino Unido acabou de anunciar que descriminalizou o uso da maconha – a partir do ano que vem, a droga será apreendida e o portador receberá apenas uma advertência verbal. Os ingleses esperam, assim, poder concentrar seus esforços na repressão de drogas mais pesadas.

No ano passado, Portugal endureceu as penas para o tráfico, mas descriminalizou o usuário de qualquer droga, desde que ele seja encontrado com quantidades pequenas. Porte de drogas virou uma infração administrativa, como parar em lugar proibido.

Nos últimos anos, os Estados Unidos também mudaram sua forma de lidar com as drogas. Dentro da tendência mundial de ver a questão mais como um problema de saúde do que criminal, o país, em vez de botar na cadeia, obriga o usuário a se tratar numa clínica para dependentes.

Que fim vocês acham que levará essa história no Brasil? Eu acredito que ela ainda será descriminalizada em nosso país e, com a aprovação, o monopólio estatal, com o governo plantando e fornecendo as drogas, para permitir um controle maior. Opinem.
D'Artagnan
acho ilógico liberar a venda de tabaco e não a de maconha!

pra mim o consumo de maconha produzida no brasil deveria ser liberado , mas as taxas em cima da produção e da revenda deveriam ser muito altas, e a fiscalização idem - o mesmo deveria ocorrer com o tabaco.

primeiro porque acho que combater o contrabando seja muito mais simples e menos desgastante para sociedade do que o trafego de drogas

em segundo lugar porque é bem mais facil de concientizar e controlar a droga... o que não pode acontecer é deixar nascer uma industrica lucrativa baseada nisso
rafael2112
É que tabaco e alcool tem a muito tempo na cultura da população, se fosse possivel proibiriam, os efeitos do alcool são até piores que os da maconha, eu não sou a favor e além do mais isso pode aumentar o consumo da droga. Mas se liberarem vai ser o cosumo e não comércio (não é liberado em nenhum país).
leandrow
rafael2112 wrote:
É que tabaco e alcool tem a muito tempo na cultura da população, se fosse possivel proibiriam, os efeitos do alcool são até piores que os da maconha, eu não sou a favor e além do mais isso pode aumentar o consumo da droga. Mas se liberarem vai ser o cosumo e não comércio (não é liberado em nenhum país).


Sobre o comécio, é verdade, eu fui um pouco longe com a minha hipótese! Seria um caso remoto a de uma legalização da compra e da venda. Rolling Eyes
rafael2112
Não lembro onde eu li, mas o consumo de drogas aumentou muito despois que a Holanda liberou o consumo.

EDIT: Parece que na Holanda é permitida a venda de pequena quantidade de Maconha em bares/Pubs registrados junto ao governo, a idéia é tirar o usuário de contato com traficantes
gueda
rafael2112 wrote:
Não lembro onde eu li, mas o consumo de drogas aumentou muito despois que a Holanda liberou o consumo.

EDIT: Parece que na Holanda é permitida a venda de pequena quantidade de Maconha em bares/Pubs registrados junto ao governo, a idéia é tirar o usuário de contato com traficantes


é porque várias pessoas desejam experimentar, utilizar etc mas não querem entrar em contato com os traficantes, por medo.

Quanto à Holanda, todos falam que lá liberou e tudo o mais, mas ninguém comenta que no ponto em que ficou liberado o consumo virou uma decadência durante um tempo, zona de prostituição e de pessoas se drogando (de todos os tipos).
O problema não é a liberação da maconha, a questão chave é: e o traficante?

Os que só vendem maconha, vão passar a fazer o que? Vender coisa pior? O que eles farão para "cobrir" esse consumidor perdido?
leandrow
Uma coisa é certa: se a maconha fosse legalizada a ponto de cada um poder cultivar sua própria plantação, as empresas que estão no mercado de tabacos teriam um rombo enorme em seus lucros.
gueda
leandrow wrote:
Uma coisa é certa: se a maconha fosse legalizada a ponto de cada um poder cultivar sua própria plantação, as empresas que estão no mercado de tabacos teriam um rombo enorme em seus lucros.


fato.
E há muito lobby dessas empresas para que não ocorra a liberação... da mesma forma com o lobby das empresas petrolíferas/usineiros para adiar benefícios a carros elétricos
rafael2112
leandrow wrote:
Uma coisa é certa: se a maconha fosse legalizada a ponto de cada um poder cultivar sua própria plantação, as empresas que estão no mercado de tabacos teriam um rombo enorme em seus lucros.

Acho que você quiz dizer trafico de maconha, não sei porque mencionou mercado de tabaco?

Quote:
da mesma forma com o lobby das empresas petrolíferas/usineiros para adiar benefícios a carros elétricos

Caso o carro elétrico tivesse boa autonomia e as baterias não custassem uma fortuna, teria muito país que é dependente de importação de petróleo que até tem grandes petrolíferas atuando em paises com grandes reservas, mas não querem a dependência desses paises, outro problema é que o maior consumo de energia elétrica pode ser um grande problema ainda mais com os desastre recente das usinas atomicas do Japão, a unica alternativa em muitas regiões para energia proveniente atomica é a de combustivel fossíl.
drummer
não faz sentido, tem muita coisa que está liberado então porque proibir a maconha?! desta forma então devia proibir o cigarro, alcool, alguns remedios e uma porrada de coisa

coisas do brasil



!
alissonferreira
Esse assunto já vem sendo falado por muito tempo e não acredito que isso ocorrerá da noite para o dia, devido ao conservadorismo das frentes políticas, ou seria hipocrisia a palavra correta, adoram dizer que é um absurdo a liberação do uso de algumas drogas, mas dizem isso com um charuto cubano em uma das mãos e na outra uma dose de um bom doze anos. Mas pelo menos o espaço para se discutir o assunto vem aumentando nos últimos anos no Brasil.
GAMESMASTER
Quote:
O deputado federal Fernando Francischini (PSDB-PR) pretende começar na próxima semana, pela Câmara dos Deputados, a coleta de assinaturas para que seja realizado um plebiscito sobre a legalização da maconha no Brasil. "Nós temos uma posição contrária, mas o plebiscito é importante para encerrar de vez essa questão", afirmou. Ele foi um dos cerca de 1,5 mil participantes, segundo os organizadores, de uma caminhada pelo calçadão da Rua 15 de Novembro, em Curitiba, na abertura da 3.ª Semana Antidrogas de Curitiba, promovida pela prefeitura.

Chamado de "Louco pela Vida! Drogas Tô Fora", o evento contou com a presença de servidores municipais, policiais militares, policiais do Exército, Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política, além de organismos não-governamentais e representantes de clínicas para dependentes químicos. O secretário Antidrogas de Curitiba, Hamilton Klein, disse que a caminhada já estava marcada desde o ano passado e não tem ligação com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de liberar as manifestações favoráveis ao consumo de maconha.

Entretanto, ele se colocou como um dos críticos nessa questão. "Essa decisão é digna do programa dos Trapalhões", afirmou. "Agora qualquer maluco poderá pedir a legalização de marcha pelo nazismo, pelo racismo, pelo estupro, já que decidiram que a liberdade de expressão é irrestrita." No entendimento de Klein, o STF "será obrigado a voltar atrás pela pressão da população". O secretário adiantou que durante toda a semana serão realizadas atividades em praças e parques da cidade.

Representante da Campanha Nacional contra a Legalização da Maconha, Marisa Lobo disse que a preocupação é com os adolescentes. "Ele está exposto, não tem o poder de escolher, a droga vai a ele", afirmou. "Com a legalização, haverá mais oferecimento nas portas das escolas." Para ela, a decisão do STF é uma oportunidade para colocar a discussão sobre as drogas nas ruas. "Nós queremos discutir mesmo, porque não é uma questão social ou política, mas de saúde pública e de saúde individual."

Para amanhã está prevista nova marcha pelo centro de Curitiba, desta vez organizada por pessoas que defendem a legalização da maconha, chamada de Marcha da Liberdade. A expectativa é reunir cerca de 2,5 mil pessoas.
leandrow
GAMESMASTER wrote:
O deputado federal Fernando Francischini (PSDB-PR) pretende começar na próxima semana, pela Câmara dos Deputados, a coleta de assinaturas para que seja realizado um plebiscito sobre a legalização da maconha no Brasil. "Nós temos uma posição contrária, mas o plebiscito é importante para encerrar de vez essa questão", afirmou. Ele foi um dos cerca de 1,5 mil participantes, segundo os organizadores, de uma caminhada pelo calçadão da Rua 15 de Novembro, em Curitiba, na abertura da 3.ª Semana Antidrogas de Curitiba, promovida pela prefeitura.

Chamado de "Louco pela Vida! Drogas Tô Fora", o evento contou com a presença de servidores municipais, policiais militares, policiais do Exército, Fórum Evangélico Nacional de Ação Social e Política, além de organismos não-governamentais e representantes de clínicas para dependentes químicos. O secretário Antidrogas de Curitiba, Hamilton Klein, disse que a caminhada já estava marcada desde o ano passado e não tem ligação com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de liberar as manifestações favoráveis ao consumo de maconha.

Entretanto, ele se colocou como um dos críticos nessa questão. "Essa decisão é digna do programa dos Trapalhões", afirmou. "Agora qualquer maluco poderá pedir a legalização de marcha pelo nazismo, pelo racismo, pelo estupro, já que decidiram que a liberdade de expressão é irrestrita." No entendimento de Klein, o STF "será obrigado a voltar atrás pela pressão da população". O secretário adiantou que durante toda a semana serão realizadas atividades em praças e parques da cidade.

Representante da Campanha Nacional contra a Legalização da Maconha, Marisa Lobo disse que a preocupação é com os adolescentes. "Ele está exposto, não tem o poder de escolher, a droga vai a ele", afirmou. "Com a legalização, haverá mais oferecimento nas portas das escolas." Para ela, a decisão do STF é uma oportunidade para colocar a discussão sobre as drogas nas ruas. "Nós queremos discutir mesmo, porque não é uma questão social ou política, mas de saúde pública e de saúde individual."

Para amanhã está prevista nova marcha pelo centro de Curitiba, desta vez organizada por pessoas que defendem a legalização da maconha, chamada de Marcha da Liberdade. A expectativa é reunir cerca de 2,5 mil pessoas.


Colega, sugiro que você leia os termos de uso do Frihost, você está infringindo regras por aqui...
gueda
D'Artagnan wrote:
ahuahauuauauahu olha o que eu achei!:

um site só para maconheiros http://www.growroom.net/

saca ssó o fórum é só perola

http://www.growroom.net/board/


nossa, olha a seção "informação básica"

Quote:
Novato em cultivo? Plantando pela primeira vez? Comece por aqui!


husauhsahusahusahsuashua
ricardo22
exatamente como o amigo drummer disse

----------------------------------------------------

não faz sentido, tem muita coisa que está liberado então porque proibir a maconha?! desta forma então devia proibir o cigarro, alcool, alguns remedios e uma porrada de coisa

coisas do brasil



!

--------------------------------------------------

faço das palavras dele as minhas
leandrow
http://www.youtube.com/watch?v=hMM_T_PJ0Rs
gilmariofgl
ricardo22 wrote:
Exatamente como o amigo drummer disse
----------------------------------------------------
Não faz sentido, tem muita coisa que está liberado então porque proibir a maconha?! desta forma então devia proibir o cigarro, alcool, alguns remedios e uma porrada de coisa
coisas do brasil!
--------------------------------------------------
faço das palavras dele as minhas
Na verdade o que deveriam fazer era proibir o restantes das drogas como cigarro, alcool, alguns remedios e uma porrada de coisa
coisas do brasil.
Na verdade não deveriam proibir nada. Deveria era ter um sistema de conscientização para que as pessoas ou não usem ou se usar, fazer isso moderadamente.
O o inicio do vídeo do leandrow explica tudo
leandrow wrote:
http://www.youtube.com/watch?v=hMM_T_PJ0Rs
Uns sabem usar, outros não podem usar e outros usam demasiadamente, eu nunca usaria. Mas o que conta é o que o governo ganha com isso, portanto não se iludam, a legalização apenas deixaria por um preço bem acima do esperado!
gueda
gilmariofgl wrote:
ricardo22 wrote:
Exatamente como o amigo drummer disse
----------------------------------------------------
Não faz sentido, tem muita coisa que está liberado então porque proibir a maconha?! desta forma então devia proibir o cigarro, alcool, alguns remedios e uma porrada de coisa
coisas do brasil!
--------------------------------------------------
faço das palavras dele as minhas
Na verdade o que deveriam fazer era proibir o restantes das drogas como cigarro, alcool, alguns remedios e uma porrada de coisa
coisas do brasil.
Na verdade não deveriam proibir nada. Deveria era ter um sistema de conscientização para que as pessoas ou não usem ou se usar, fazer isso moderadamente.
O o inicio do vídeo do leandrow explica tudo
leandrow wrote:
http://www.youtube.com/watch?v=hMM_T_PJ0Rs
Uns sabem usar, outros não podem usar e outros usam demasiadamente, eu nunca usaria. Mas o que conta é o que o governo ganha com isso, portanto não se iludam, a legalização apenas deixaria por um preço bem acima do esperado!


exato. Não é a proibição ou liberação que é o problema. É além, um conceito de liberdade e não ingerência do Estado.
O ideal seria o que você falou, ter um sistema de conscientização.
drummer
essa é uma questão que envolve muitas coisas

tem vários envolvidos e tudo mais

tem que pensar bem antes de responder, eu ainda não tenho uma opinião formada

abraço aos interessados!
lucasoliveira63
É assim que começa mesmo, vai liberando maconha, depois libera crack, cocaina, pra mim isso só atrapalha, como um pais cresce se os maconheiro e drogado ficam por ai, sem falar nas crianças que vão se habituando, começa pela maconha!
Da Rossa
Quote:
Que fim vocês acham que levará essa história no Brasil? Eu acredito que ela ainda será descriminalizada em nosso país e, com a aprovação, o monopólio estatal, com o governo plantando e fornecendo as drogas, para permitir um controle maior. Opinem.


Vamos começar. Monopólio estatal? Por favor, isso é pior do que o tráfico propriamente dito. Jamais o governo teria condições de plantar e fornecer as drogas... o serviço seria descentralizado em poucos meses, e passaria a ser objeto de permissão, autorização, concessão pública, o que fosse. A produção seria destinada àqueles que já tinham o know-how, ou seja, traficantes tradicionais, que agora só receberão a chancela estatal para ter sua atividade agroindustrial sem constrangimentos. Isso significa que o controle não poderia ser feito de fato; há terras demais no Brasil, e também não se poderia ir atrás da fatia produzida no Paraguai, grande fornecedor do Brasil. Quem iria fiscalizar? Não há possibilidade desse tal controle, pois. Haja propina!

Muito curiosa é essa sanha em invocar a Holanda como modelo de "país liberal", 'país da liberdade", "país moderno, civilizado, avançado e desenvolvido" quando o assunto é drogas, aborto e eutanásia. Alguém se lembra da Holanda em outros momentos? Raramente. Talvez por lá estar a Corte Internacional de Haia, mas isso não é exatamente mérito histórico dos holandeses. Da mesma forma que o Brasil, lá fora, raramente é lembrado quando o assunto não é futebol, samba e mulheres gostosas.

Quote:
acho ilógico liberar a venda de tabaco e não a de maconha!


Verdade. Mas qual seria a melhor solução, dado que o álcool e o tabaco já estão arraigados na cultura brasileira como drogas legais? Das duas, uma: mata-se a hipocrisia e libera-se tudo, ou restringe-se tudo. Esta última opção não é sequer discutível. A primeira é, mas logo esbarra em vários outros problemas. Legalizar não iria reduzir o consumo, que não é a coisa que mais desejamos. Diz-se muito: "irá acabar com o tráfico!" Claro que vai! Com o tráfico, mas "tráfico" é meramente a definição jurídica e sociológica dada à compra, venda, alienação ilegal de substâncias. Muda-se a definição de "tráfico" para "venda irrestrita de substâncias mortais".

Quote:
Mas se liberarem vai ser o cosumo e não comércio (não é liberado em nenhum país).


O que é tão paradoxal quanto. Consumo, ou seja, demanda, deveria ser tão crime quanto a venda. O usuário faz parte da cadeia produtiva dessa droga que tanto assola nosso país. A Lei 11343/2006 foi um erro.

Quote:
Os que só vendem maconha, vão passar a fazer o que? Vender coisa pior? O que eles farão para "cobrir" esse consumidor perdido?


Simplesmente migrar para outros crimes. Sequestros, por exemplo.

Quote:
Uma coisa é certa: se a maconha fosse legalizada a ponto de cada um poder cultivar sua própria plantação, as empresas que estão no mercado de tabacos teriam um rombo enorme em seus lucros.


Isso seria bom mesmo? Deixe a Souza Cruz continuar pagando seus impostos (ainda que seja uma mecânica passível de falhas, leia-se 'sonegação'). Melhor terras destinadas ao tabaco do que à maconha.

Quote:
E há muito lobby dessas empresas para que não ocorra a liberação... da mesma forma com o lobby das empresas petrolíferas/usineiros para adiar benefícios a carros elétricos


Idem, e, por mais que "demonizemos" as empresas de tabaco, estou com elas nessa. Antes tabaco do que cânhamo.

Quote:
Esse assunto já vem sendo falado por muito tempo e não acredito que isso ocorrerá da noite para o dia, devido ao conservadorismo das frentes políticas, ou seria hipocrisia a palavra correta, adoram dizer que é um absurdo a liberação do uso de algumas drogas, mas dizem isso com um charuto cubano em uma das mãos e na outra uma dose de um bom doze anos. Mas pelo menos o espaço para se discutir o assunto vem aumentando nos últimos anos no Brasil.


Não é tão simples assim.

Por enquanto li só a metade dos comentários!
Bobjmp
Sou a favor da liberação, mas não para diminuir consumo como muitos dizem. Pode até ser que aumente, mas isso não é questão para prender alguem. Talvez uma campanha como é feito como cigarro comum tenha mais efeito, sempre terá quem queira usar e acho que tem direito.
Da Rossa
O problema não é simplesmente a liberdade para fumar ou plantar. A legalização significa turbinar um mercado já existente para aqueles que detêm o know-how de produção (traficantes-agricultores), multiplicando seus lucros, pois deixariam de ter vários gastos, em especial com propina. O terreno ficaria figurada e literalmente mais fértil para a Cannabis!

"ah, mas qual é a finalidade desse argumento? Se está legalizada, então não há mais crime então não há mais com que se preocupar" <– justamente por deixar de ser crime que os produtores engordarão seus caixas e manterão outras atividades ilegais, como cultivo de outras drogas, principalmente a cocaína. Em relação à maconha, somente perderão o título de "traficantes", passando a ser chamados, pela lei, em seguida pelo governo, depois pela mídia e então por toda a sociedade de "produtor" ou "distribuidor". O fenômeno em si continua: a droga não mudará sua natureza, malgrado o tratamento jurídico mude. Continuará destrutiva. "Mas maconha não mata e é uma droga 'da paz'!" <- assim como é o álcool, que é uma bebida socializante, gostosa e felicitante. E todos sabemos que álcool também destroi o organismo.

Daí, você deve pensar se o passo seguinte não seria aplicar o mesmo raciocínio à cocaína. Neste caso, teríamos, fora os remédios e outras ervas pouco conhecidas: o tabaco, o álcool, a maconha e a cocaína como principais drogas legais. E, nesse momento, o raciocínio passará para o crack. Ou diretamente para o LSD, merla, qualquer uma, já que, se a cocaína estiver legal, não haverá muito por que manter outras drogas ilegais. No final das contas, heroína, provavelmente.

Qual o resultado disso tudo? Liberalização geral.

Agora pergunte-se: você quer mesmo que todas as drogas do mundo sejam legais? A reflexão do significado disso e das consequências fica por sua conta.
davidhamilton
Acho que a maconha deveria ser liberada desde que o consumidor fosse responsável por sua plantação, cada um com sua muda em casa, sendo o tráfico ainda considerado fato típico. Não acredito que a maconha natural traga muitos malefícios a mais que o cigarro.
Da Rossa
Quote:
Acho que a maconha deveria ser liberada desde que o consumidor fosse responsável por sua plantação, cada um com sua muda em casa, sendo o tráfico ainda considerado fato típico. Não acredito que a maconha natural traga muitos malefícios a mais que o cigarro.


E quem garante que aquele que possuir uma pequena plantação em seu jardim não vá vender para o vizinho? E quando o negócio ficar maior? É assim que os empreendimentos começam!
enilsoncba
Quote:
Fumar maconha em casa e na rua deveria ser legal? Legal no sentido de lícito e aceito socialmente, como álcool e tabaco? O debate sobre a legalização do uso pessoal da maconha não é novo. Mas mudaram seus defensores. Agora, não são hippies nem pop stars. São três ex-presidentes latino-americanos, de cabelos brancos e ex-professores universitários, que encabeçam uma comissão de 17 especialistas e personalidades: o sociólogo Fernando Henrique Cardoso, do Brasil, de 77 anos, e os economistas César Gaviria, da Colômbia, de 61 anos, e Ernesto Zedillo, do México, de 57 anos. Eles propõem que a política mundial de drogas seja revista. Começando pela maconha.
Fumada em cigarros, conhecidos como “baseados”, ou inalada com cachimbos ou narguilés, a maconha é um entorpecente produzido a partir das plantas da espécie Cannabis sativa, cuja substância psicoativa – aquela que, na gíria, “dá barato” – se chama cientificamente tetraidrocanabinol, ou THC.

Há quem discorde dessa visão, com base em argumentos também poderosos. Com a liberação do consumo da maconha, mais gente experimentaria a droga. Isso aumentaria o número de dependentes e mais gente sofreria de psicoses, esquizofrenia e dos males associados a ela. Mais gente morreria vítima desses males. “Como a maconha faz mal para os pulmões, acarreta problemas de memória e, em alguns casos, leva à dependência, não deve ser legalizada”, afirma Elisaldo Carlini, médico psicofarmacologista que trabalha no Centro Brasileiro de Informação sobre Drogas (Cebrid). “Legalizá-la significaria torná-la disponível e sujeita a campanhas de publicidade que estimulariam seu consumo”.

FONTE: http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI26753-15228,00-MACONHA+E+HORA+DE+LEGALIZAR.html
Da Rossa
Viram como é coordenado o posicionamento de personalidades latino-americanas sobre a legalização da maconha? Especialmente com a presença de um mexicano. Deve ser emissário dos carteis com certeza. A legalização só vai tornar as atividades mais fáceis, e os problemas relacionados à droga, e não estou falando de problemas jurídicos, só irão se agravar. Quem quer mais maconheiros?

Maconha faz mal e retarda. Engrossa os caixas dos produtores, que também são por acaso produtores de coisas mais potentes, a começar pela cocaína. Quem quer que essa gente fique poderosa? Interessará:
- aos carteis mexicanos;
- às FARC, que produzem elas próprias e também cobram propina de produtores da região da Amazônia Colômbiana;
- aos "intelectuaus" criados no seio das Universidades, todas esquerdalizadas;
Portanto, somando isso, a legalização da maconha ou de quaisquer outras drogas será boa para o:
- FORO DE SÃO PAULO.

Será ruim para:
- as mesmas pessoas que protestam contra o cigarro;
- para sociedade, que verá mais de seus jovens metidos com narcóticos;
- para as famílias, que verão, com desespero, o governo conferir legitimidade a um agente nocivo à saúde;
- para a convivência entre vizinhos, já que a densidade da marola do baseado é muito maior do que a do cigarro.
vassili
Devem legalizar para acabar com o tráfico. A atual política de combate às drogas no Brasil é fracassada.
Da Rossa
Quote:
Devem legalizar para acabar com o tráfico. A atual política de combate às drogas no Brasil é fracassada.


De novo, "tráfico" é somente a denominação jurídica dada aos atos de: importar, exportar, remeter, preparar, produzir, fabricar, adquirir, vender, expor à venda, oferecer, ter em depósito, transportar, trazer consigo, guardar, prescrever, ministrar, entregar a consumo ou fornecer drogas, ainda que gratuitamente, sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar. Essas 18 condutas aí descritas vão continuar acontecendo, só que não com o nome de "tráfico".

Vai piorar a vida daquele que, anteriormente então, praticava o que se chamava de "tráfico"? claro que não! Pelo contrário, ele terá mais faturamento líquido porque não terá que subornar policiais e outras autoridades. Vai é difundir o comportamento de se usar a droga.
leandrow
Da Rossa wrote:
Vai piorar a vida daquele que, anteriormente então, praticava o que se chamava de "tráfico"? claro que não! Pelo contrário, ele terá mais faturamento líquido porque não terá que subornar policiais e outras autoridades. Vai é difundir o comportamento de se usar a droga.


O fato de se difundir o comportamento de usar a maconha não significa nada. Cada um decide o que quer, seja por influência ou não, como em todas as coisas na vida. Mas claro, como já foi mencionado anteriormente no tópico, campanhas de conscientização são sempre muito importantes, pois fortalece a opinião daqueles que tem menos informação e estão mais susceptíveis ao uso e abuso da maconha. Precisamos, na verdade, difundir a informação como um todo para termos uma sociedade mais pensante.
Da Rossa
Quote:
O fato de se difundir o comportamento de usar a maconha não significa nada. Cada um decide o que quer, seja por influência ou não, como em todas as coisas na vida. Mas claro, como já foi mencionado anteriormente no tópico, campanhas de conscientização são sempre muito importantes, pois fortalece a opinião daqueles que tem menos informação e estão mais susceptíveis ao uso e abuso da maconha. Precisamos, na verdade, difundir a informação como um todo para termos uma sociedade mais pensante.


Sobre ter uma sociedade mais pensante: talvez você não acredite nisso, porque é fantástico mesmo. Ainda assim, verdadeiro. Trata-se da Holanda. A Holanda é o país que todos os brasileiros gostam de invocar quando querem liberar alguma coisa. Seja maconha, aborto, putaria ou eutanásia. "Ah, la é liberado, e eles são mais desenvolvidos que nós!" Certo, certo. E também, não sei por quê, o consumo de maconha por habitante é um pouquinho maior do que no Brasil.

De tão pequena que é a Holanda, alguém notou que bastaria 7% da população trabalhando para que o país seja sustentado. Esses pagantes de impostos conseguem carregar os que vivem de seguro desemprego. Welfare State europeu, né. Porém, como todo país pretensamente democrático, toda decisão socialmente relevante tem que ser tomada por pelo menos 50%+1 da população. E, dentre esses, certamente haverá maconheiros. tudo bem até aqui. Agora tome os realmente viciados na droga. Eles não pensam direito. A maconha retarda o indivíduo, diminui a atividade cerebral. Ainda assim, esse sujeito é um votante. Será conspiração ou parece haver um estímulo para que o hábito de fumar maconha seja mantido naquele país? Pelo menos não tenho informações de que o Estado Holandês tenha tomado medidas (legais ou em forma de políticas públicas) para mudar o comportamento dessa (significativa) parcela da sociedade.

Com efeito, ficará mais fácil para o Parlamento passar proposições cada vez mais absurdas, se for do interesse de alguém com um pouco de influência.

Portanto... sociedade mais pensante? Mediante a míope afirmação, neste caso em particular, da autodeterminação do indivíduo? Acho que as pessoas têm mais o que fazer.

O que há de tão especial sobre a Holanda, hein? A Corte Internacional de Haia? Grande!
Related topics
Qual o melhor programa de televisao?
LA LOCURA LATINOAMERICANA
Quem vai ganhar o World Cup 2006
[GERAL] Show do U2 e Rolling Stones no Brasil!!!
[VARIADOS]Campeão da Copa do Mundo 2006?
Por que o Brasil foi eliminado da Copa?
Portugal campeão?
Chavez reeleito
YOUTUBE Bloqueado para o Brasil Graças Cicarelli
Como vai Portugal?
Brasil e Portugal - Oque você sempre quiz saber??
Forums conhecidos
Incrivel - aborto a caminho da legalização no Brasil
Pergunta aos portugueses sobre liberdade de imprensa
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.