FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


INTERNET SOCIALIZADA NO BRASIL






INTERNET SOCIALIZADA NO BRASIL?
SIM
57%
 57%  [ 4 ]
NÃO
42%
 42%  [ 3 ]
Total Votes : 7

Propaga
A Presidente Dilma quer marcar seu mandato com a "presidente da cultura" do Brasil.

Sugeri no site da presidência que uma das maiores iniciativas para ela, a Presidenta,
ficar na história como a "presidente da cultura" do Brasil, será socializar a internet.

VOCÊ CONCORDA COMIGO?

PS. Socializar a internet significa o preço mais baixo possível. Quiçá de graça!
Da Rossa
Como você não explicou direito o que é e como será feito, estou indo pela advinhação. Socializar significa fazer penetrar em um maior número de domicílios mediante a redução de custos, certo? Como? "Não existe almoço de graça." - Frase do número 3 em fortuna do mundo. Não vejo outra via a não ser
1 - criando uma estatal especifica para acesso à Internet, o que significaria mais custos diluidos no Brasil, sem contar que essa difusão que se pretende não poderia gerar velocidades agradáveis para todos os brasileiros que seriam atendidos. Para construir a infra-estrutura, mais impostos seriam necessários, e quem iria pagar seriam nós mesmos, de qualquer jeito;
2 - Obrigando as empresas já existentes a oferecer serviços mais módicos, o que também comprometeria a rede absolutamente. Todos teriam tecnicamente acesso, mas ninguém desfrutaria de uma velocidade minimamente razoável.

O que fazer? na minha opinião, deixar que, ao invés do Estado ir até as casas das pessoas nessa questão particular, deixar que as próprias pessoas vão até a conectividade. Sim, afinal não é a marca dos governos Lula-Dilma a diminuição da pobreza? A subida para a classe C de tantas pessoas? Ao mesmo tempo que o desenvolvimento de novas tecnologias está permitindo o oferecimento de serviços cada vez mais baratos. Há NET Vírtua por 30 reais por mês, só não sei se é bom, mas acredito que seja mil vezes melhor que uma eventual "banda larga estatal".
Propaga
Da Rossa wrote:
Como você não explicou direito o que é e como será feito, estou indo pela advinhação. Socializar significa fazer penetrar em um maior número de domicílios mediante a redução de custos, certo? Como? "Não existe almoço de graça." - Frase do número 3 em fortuna do mundo. Não vejo outra via a não ser
1 - criando uma estatal especifica para acesso à Internet, o que significaria mais custos diluidos no Brasil, sem contar que essa difusão que se pretende não poderia gerar velocidades agradáveis para todos os brasileiros que seriam atendidos. Para construir a infra-estrutura, mais impostos seriam necessários, e quem iria pagar seriam nós mesmos, de qualquer jeito;
2 - Obrigando as empresas já existentes a oferecer serviços mais módicos, o que também comprometeria a rede absolutamente. Todos teriam tecnicamente acesso, mas ninguém desfrutaria de uma velocidade minimamente razoável.

O que fazer? na minha opinião, deixar que, ao invés do Estado ir até as casas das pessoas nessa questão particular, deixar que as próprias pessoas vão até a conectividade. Sim, afinal não é a marca dos governos Lula-Dilma a diminuição da pobreza? A subida para a classe C de tantas pessoas? Ao mesmo tempo que o desenvolvimento de novas tecnologias está permitindo o oferecimento de serviços cada vez mais baratos. Há NET Vírtua por 30 reais por mês, só não sei se é bom, mas acredito que seja mil vezes melhor que uma eventual "banda larga estatal".



Obrigado DaROssa pela participação e parabéns pelo "Notas de aula".
Abraços.
phantombr
Apoiado no sentido de possibilitar preços compativeis com os planos, e que estes cheguem ate a população de baixa renda.
Da Rossa
phantombr wrote:
Apoiado no sentido de possibilitar preços compativeis com os planos, e que estes cheguem ate a população de baixa renda.


Poderia expliicar melhor como acha que isso vai ou pode acontecer?

@ Propaga: obrigado pelo feedback!
Propaga
Da Rossa wrote:
phantombr wrote:
Apoiado no sentido de possibilitar preços compativeis com os planos, e que estes cheguem ate a população de baixa renda.


Poderia expliicar melhor como acha que isso vai ou pode acontecer?

@ Propaga: obrigado pelo feedback!


Meu caro DA ROSSA:
Sou do mesmo racioncínio do Dr. Marcos Dantas, professor de Sistemas de Comunicação e Novas Tecnologias na Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

"Recuperar, fortalecer o princípio de serviço público, que pode ser prestado por empresas privadas. O ônibus, o transporte coletivo urbano é um serviço público prestado por empresa privada. Recuperar, insistir nele vai implicar por um lado, claro, criar a lei que permita isso. O Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust, composto de 1% das receitas das concessionárias) pode ser usado para subsidiar a conta da banda larga. E, claro, a Anatel precisa começar a funcionar".
Deline
Ah tem tanta coisa pra melhorar, e vão pensar nisso? :S
Vamos todos ficar com vários serviços, mas nenhum deles com boa qualidade...
Da Rossa
Gostei da parte "Anatel começar a funcionar", mas isso é utopia! Very Happy

Enfim, não é amor ao liberalismo-de-mercado-sem-valores, mas certeza que é necessário um grande empreendimento público para que a banda larga chegue a todo o Brasil? O mercado impulsionará a penetração nos lugares mais distantes, gradativamente. Hoje temos velocidades impensáveis há 7 anos. O preço de uma conexão de 256kbps era da ordem de R$ 300 em 2001. Qual a tendência?
rafael2112
Será que vão usar a internet para algo útil? ver vídeo cassetadas no youtube talvez Laughing
phantombr
Da Rossa wrote:
phantombr wrote:
Apoiado no sentido de possibilitar preços compativeis com os planos, e que estes cheguem ate a população de baixa renda.


Poderia expliicar melhor como acha que isso vai ou pode acontecer?

@ Propaga: obrigado pelo feedback!


Desde Marx ficou claro pra mim que o preço pago por um produto, passada a fase inicial da "inovação+exclusividade" (misturando conceitos hehe), tende a ser o preço "justo" (não no sentido de justiçã social, mas do trabalho social gasto na produção/comercialização) do produto em questão.
Em outras palavras, se o quilo do feijão está R$1,49 é porque o preço justo no mercado local tende a ser este, visto que é produzido aqui, não tem transporte, poucos intermediadores, etc, enfim.. com certeza não vai ter lugar vendendo a R$5,00.
Para mim, externo ao mercado de internet (mero consumidor pós-final, visto que pego um net revendida da minha vizinha), me parece abusivo o preço hoje comercializado para um plano de 1mb, por exemplo, na oi velox.

Segunda coisa: se não há interesse do mercado em expandir infraestrutura, a estatal que o faça, no principio de que deve dar igualdade de acesso a todas as populações.

Preço justo + acesso disponivel (meu bairro não tem acesso adsl por nenhuma operadora).

Agora COMO chegar a isso, eu votei em uns 15 peão nas ultimas eleições para que eles queimem a cabeça pensando nisso (ou não).
ricardo22
não está e jamais será!





pelo menos espero que nao hahahaah
phantombr
ricardo22 wrote:
não está e jamais será!
pelo menos espero que nao hahahaah

No sentido da célebre frase "maldita inclusão digital"?
Se for, concordo com você e com o seu exemplo.
ricardo22
socializar que ela diz, é levar a internet pra todos!

a tal da inclusão digital, logo, fazendo isso, se tornará mais barata

mas é a tal da coisa...como já foi dito, maldita inclusão digital!
D'Artagnan
olha pode dar um computador pra cada familia, não vai servir de nada, coloque esse dinheiro na educação, integre essa "socialização da informatica" a uma reforma no sistema educacional e dai sim teremos resultados caso contrario teremos apenas um bando de semianalfabetos informatizados!
gueda
rafael2112 wrote:
Será que vão usar a internet para algo útil? ver vídeo cassetadas no youtube talvez Laughing


Pode apostar que vão usar o que há de pior na internet.

Os da inclusão digital vão dominor o orkut e ... OH WAIT!
Depois passarão a migrar pa o facebook... OH WAIT!
Invadirão o twitter mandando tweets muito inteligentes e... OH WAIT!
No youtube vão postar uma série de comentários negativos, pejorativos e de baixo calão e... OH WAIT!

tudo isso já acontece sem esse plano de internet social, se colocar ele então... melhor criar duas redes.
rafael2112
As pessoas acabarão usando 5% do tempo que ficam em frente ao PC pra buscar alguma informação de alguma utilidade, mas para isso um "Lan" do governo serviria.
soprafazertestes
Realmente teria que ser bem especificado como isso aconteceria, pois eu não concordo em dar nada de "graça", pois além de não dar o valor devido geralmente acaba jogada de lado por falta de interesse. Acho melhor incentivar no que diz respeito aos preços, ou seja, a questão de maior oferta teria um menor custo, afinal o mercado se regula, ou melhor tudo se regula pelo interesse próprio, a interferência de um órgão maior deveria ser mínima, só para regulamentar.
Na minha opinião não adianta ficar fazendo estas ações que mais parecem "enfiar" goela abaixo, ou seja, agora vamos "dar" internet para sermos mais intelectuais ou avançados. As pessoas vão atrás daquilo que lhes interessam, ficar dando ou fazendo com que as coisas aconteçam de tal maneira eu acho errado pois acaba entortando as coisas para o lado muitas vezes contrário. Se é do interesse da pessoa ela vai atrás do que ela quer e consegue chegar onde quer, se ajudar melhor, vai ser mais fácil, mas não significa que se não for assim seria impossível. Dar internet a quem não tem cultura de uma escola básica vai ter um usuário que fica só vendo bobagens e coisas sem bagagem cultural. Do que adianta dar incentivos para ter internet, quando a saúde, educação, estão precários, quase num caos.
Propaga
Então meus amigos aí está, sem muitas delongas e conjecturas diversas, a solução apresentada pelo nosso governo para a: INTERNET SOCIALIZADA NO BRASIL.

"Governo e operadoras firmam acordo de internet de 1 mega a R$ 35...

Depois de muita queda de braço, as empresas de telefonia assinarão hoje um termo de compromisso para que os brasileiros tenham internet de 1 mega a R$ 35 no Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse à Agência Estado que o documento será assinado hoje à tarde pelas operadoras e será publicado em edição extra do Diário Oficial da União."
Fonte: Jornal A Gazeta de Joinville, SC.

A internet, no meu entendimento e já está provado, é no contemporâneo a maior fonte de informação cultura e entretenimento da história terrena.

- SALVE A INTERNET - QUASE - SOCIALIZADA NO BRASIL - MAS, JÁ É UM COMEÇO.
alissonferreira
Já existe algo sendo discutido nesse sentido, segundo o que foi anunciado essa semana, o plano é conseguir permear cidades pequenas onde não existe concorrência entre empresas que oferecem serviços de internet, oferecendo banda larga de 1 mega por R$35,00 valor esse bem próximo do que já é praticado nas grandes cidades devido a concorrência, se realmente conseguirem chegar em todas as cidades país a fora será um grande avanço.
gueda
alissonferreira wrote:
Já existe algo sendo discutido nesse sentido, segundo o que foi anunciado essa semana, o plano é conseguir permear cidades pequenas onde não existe concorrência entre empresas que oferecem serviços de internet, oferecendo banda larga de 1 mega por R$35,00 valor esse bem próximo do que já é praticado nas grandes cidades devido a concorrência, se realmente conseguirem chegar em todas as cidades país a fora será um grande avanço.


será um retrocesso. Veja só.

O PNBL determina que limite de tráfego mensal de, salvo engano, 200 MB, algo assim, irrisório mesmo. Acontecerá duas coisas as empresas que vendem planos de 1 MB com tráfego ilimitado passarão a limitar o tráfego ou vão subir os preços dos demais planos seguindo a tendência do PNBL...

Sou contra todas medidas de ingerência na economia e na concorrência.

Ora, se as empresas privadas, independente de PNBL já conseguiam oferecer planos melhores do que o que o governo propõe, por que o governo tem que "meter o dedo" e "atrapalhar" a livre concorrência?
Ele tem que fiscalizar e exigir os investimentos projetados, e só.
drummer
Tendo como base o projeto "Computadores para todos" do governo federal, fico com medo do que poderá vir, pois aqueles computadores realmente eram horriveis.

Que tipo de internet teremos? lenta, rápida, limitada?
Não sei, apenas poderei formar opinião após testar.

Isso aí
Propaga
Bastou "cutucar o bicho com vara curta" e as coisas já estão acontecendo. Não estou aqui "puxando o saco" do governo, não. Mas, se não fosse o PNBL do governo, as poderosas companhias de telecomunicação continuariam a cobrar um dos preços mais altos do mundo para fornecer internet de banda larga para a população.

Assim sendo, a boa notícia mais recente do setor é esta:
“A Claro anunciou oficialmente nesta quarta-feira a entrada no Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). Após reunião com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, a empresa declarou que vai ofertar um plano popular de acesso à internet por R$ 29,90 com impostos incluídos”.
Fonte: http://www.gazetadejoinville.com.br/portal/?p=11277

Sejamos esperançosos porque outras boas novas sobre “INTERNET SOCIALIZADA NO BRASIL” vem por aí...
gueda
Propaga wrote:
Bastou "cutucar o bicho com vara curta" e as coisas já estão acontecendo. Não estou aqui "puxando o saco" do governo, não. Mas, se não fosse o PNBL do governo, as poderosas companhias de telecomunicação continuariam a cobrar um dos preços mais altos do mundo para fornecer internet de banda larga para a população.

Assim sendo, a boa notícia mais recente do setor é esta:
“A Claro anunciou oficialmente nesta quarta-feira a entrada no Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). Após reunião com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, a empresa declarou que vai ofertar um plano popular de acesso à internet por R$ 29,90 com impostos incluídos”.
Fonte: http://www.gazetadejoinville.com.br/portal/?p=11277

Sejamos esperançosos porque outras boas novas sobre “INTERNET SOCIALIZADA NO BRASIL” vem por aí...


Péssima notícia. Faltou mostrar isso:

Quote:
A capacidade máxima de download será de 200 MB.



Com certeza, o plano será capado. Leia meu post anterior, falei sobre uma das consequências que ocorrerá.
A população "acha" que o preço está melhorando, ledo engano.
Você paga 29,90 por uma internet com limite de 200mb?
Preço caríssimo.
O meu plano de celular custa R$ 35,00 mensal, posso navegar ILIMITADAMENTE (seja horário ou download), velocidade ruim, sim, de 500 KB/s e ainda ganho 10.000 torpedos mensais.
O meu plano de banda larga 10 MB custa R$ 49,90, e esta realidade esta aumentando em vários estados do nordeste, do sul e do sudeste.

Como disse anteriormente, imagine que você é um empresário. E você oferecia, dentre seus pacotes, uma opção de 1 MB sem limite de download por R$ 49,90. O que você faz agora? Baixa o limite para 200mb e cobra 29,90 ? Ou cobra 49,90 pelo mesmo 1MB, mas coloca um limite de 1 GB ?

Algumas empresas hoje oferecem 10 MB por R$ 49,90, não é para todos, mas bastava dar incentivos tributários para que a rede fosse expandida. Essa empresa de 10 MB, faz o que agora?
Tendo em vista que o 1 MB do "excelente" PNBL custa só 29,90, com limite de 200 mb (5 videos no youtube? Meia duzia de email?) a empresa que oferece 10 MB por acessíveis 49,90 aumentará seu preço ou estabelecerá limite de download seguindo o padrão PNBL. Por que? O governo estabelece um piso que será utilizado como referência para maximização dos lucros.

Vai acontecer o que aconteceu na Europa. Todas as empresas oferecem planos com limites, seja por download ou por tempo.

Ingerência no mercado econômico e o liberalismo abafado. E viva.
rafael2112
Realmente 200Mb de limitação é muito pouco, mesmo que use a internet somente para fins educacionais.
phantombr
rafael2112 wrote:
Realmente 200Mb de limitação é muito pouco, mesmo que use a internet somente para fins educacionais.


Bom, eu não sabia dessa limitação de 200Mega. Hoje mesmo recebi uma oferta da OI para comprar um plano OI VELOX por R$29,90. Então o valor já esta dentro da proposta do governo, e possivelmente esta sem essa limitação de 200Mega, tendo em vista que minha localidade ainda não é abrangida pela oferta de internet. Recebi no celular, mas fiquei interessado. Hoje pago R$25 para uma net via rádio de 400Kb, dividida com o vizinho.

Pra mim, seria interessante.
gueda
phantombr wrote:
rafael2112 wrote:
Realmente 200Mb de limitação é muito pouco, mesmo que use a internet somente para fins educacionais.


Bom, eu não sabia dessa limitação de 200Mega. Hoje mesmo recebi uma oferta da OI para comprar um plano OI VELOX por R$29,90. Então o valor já esta dentro da proposta do governo, e possivelmente esta sem essa limitação de 200Mega, tendo em vista que minha localidade ainda não é abrangida pela oferta de internet. Recebi no celular, mas fiquei interessado. Hoje pago R$25 para uma net via rádio de 400Kb, dividida com o vizinho.

Pra mim, seria interessante.


se for sem a limitação dos 200 mb é um preço muito bom mesmo!
leandrow
Isso ainda vai gerar muita discussão até uma decisão que saia dos papéis e entre em vigor.
Related topics
Quantos daqui conhecem a lingua inglesa?
CPI da Pedofilia ameaça pedir fechamento do Google no Brasil
> Governo e NET assinam termo de adesão ao Programa Banda
indicação cursos programação
[MÚSICA] System Of A Down No Brasil
Como Hospedar um Site na Internet
YOUTUBE Bloqueado para o Brasil Graças Cicarelli
Acesso a blogs do WordPress no Brasil pode ser bloqueado
Downloading the Internet!
Internet Download Manager
Nokia does Linux on its new Internet tablet
internet explorer
Pakistan Internet disruption continues
Gamerz Brasil
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.