FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


Morte de Glauco





hive
Sempre gostei demais do trabalho do Glauco, fiquei triste com sua recente morte.

O que vcs acham da polêmica que envolve sua morte? O rapaz (cadu) ficou doido com o chá alucinógeno da religião do Santo Daime? Será que a culpa recai sobre a bebida alucinógena ou trata-se de uma fatalidade?

EU acho a história toda muita estranha, e acredito que o rapaz tem esquisofrenia mas que talvez as drogas possam ter feito com que ele surtasse definitivamente, inclusive o Daime.

Pena perder um talento como o do Glauco pra uma loucura premiditada...
mariohs
É inacreditável os fatos com que temos que conviver. Utilizar drogas, é culpa dele, não tem essa de fatalidade.
Esquizofrenia... péssima hora pra descobrir-se que tem esquizofrenia. Situação muito cômoda, eu diria.
D'Artagnan
eu acho o seguinte, trancafiar um assasino só da despesas , deveria ser jogado as piranhas Evil or Very Mad sim estou com raiva. porque amo ler tirinhas, e é dolorozo ver como uma pessoa que só produzia diversão pode ter sua vida acabada desse geito por alguém quem não fazia nada de produtivo. quando vi a noticia lembrei da história da arquimedes que foi morto por um soldado romano - a unica coisa que essa pessoa fez foi destruir um talento!
cherry-pie
mariohs wrote:
É inacreditável os fatos com que temos que conviver. Utilizar drogas, é culpa dele, não tem essa de fatalidade.
Esquizofrenia... péssima hora pra descobrir-se que tem esquizofrenia. Situação muito cômoda, eu diria.

concordo que é mesmo muito cômodo, sempre q alguém é assassinado é pq o coitadinho era louco ou usava drogas
cparakawa
cherry-pie wrote:
mariohs wrote:
É inacreditável os fatos com que temos que conviver. Utilizar drogas, é culpa dele, não tem essa de fatalidade.
Esquizofrenia... péssima hora pra descobrir-se que tem esquizofrenia. Situação muito cômoda, eu diria.

concordo que é mesmo muito cômodo, sempre q alguém é assassinado é pq o coitadinho era louco ou usava drogas


Mas para tudo existe razão/motivo/desculpa(s).

O problema é que, antigamente, só os mais ricos tinham condições de "provar" que loucura/desequilíbrio mental era a justificativa de impunidade para muitos crimes.

Se, por um lado, ocorre a democratização da impunidade, por outro lado se avacalha ainda mais a violência. Eu continuo achando que tem que piorar muito para começar a melhorar. Eu não tenho esperança.

A esperança é o álcool dos fracos. Ou o photoshop da sua perspectiva de futuro.
Vanilla
mariohs wrote:
É inacreditável os fatos com que temos que conviver. Utilizar drogas, é culpa dele, não tem essa de fatalidade.
Esquizofrenia... péssima hora pra descobrir-se que tem esquizofrenia. Situação muito cômoda, eu diria.


Eu pensei a mesma coisa, mas ainda acho difícil opinar. Eu tenho aquela política de respeitar religiões de afins, mas tudo só até certo ponto.

Tenho uma opinião bastante conservadora quanto a drogas (isso incluindo álcool e cigarro) e sempre achei a ayahuasca perigosa. Pode chamar de chá e o mimimi que você quiser, é droga SIM e tem efeitos alucinógenos poderosos. Existem meios pra que você se sinta conectado a algo maior sem a ingestão de nenhuma porcaria do tipo.
Lviter
O assassino certamente estava surtado. Esquizofrenia e drogas separadas já são ruins, juntas muito pior ainda... Mas isso não o exime de responsabilidade, porque ele teve lucidez para fugir após atirar nos dois, e para atirar em um policial para não ser preso depois.

O caso é que os especialistas dizem que as drogas (maconha incluída) podem desencadear ou agravar os casos de esquizofrenia. E dessa doença não se conhecem as causas exatas, embora se saiba que a genética é um fator significante. Sem contar que não há cura, só um relativo controle. Só isso aí seria um bom motivo para ninguém usar droga nenhuma.

Tinha uma vizinha e amiga que era esquizofrênica. Uma pessoa extremamente inteligente, tranquila, mas se parasse de tomar os remédios... E ela parou um tempo, encorajada por promessas religiosas. Surtou completamente, ficando sem comer, sem beber água (só à força) e sem tomar banho. Em duas dessas crises bateu na minha porta de madrugada repetindo sem parar que estava sendo perseguida pela própria família e por outras pessoas, algo terrível de ser ver.

Concordo totalmente com Vanilla, e penso, mesmo com todo respeito à religião do Santo Daime, que o consumo do chá da ayahuasca não devia ser permitido nos cultos, nem fora deles também, obviamente. Já não chegam as outras drogas lícitas e ilícitas?
cparakawa
Eu discordo totalmente a respeito das drogas. As drogas tem que ser liberadas. E não é só o problema da corrupção e da criminalidade ligada ao tráfico.

Alguém aí pensa na razão das pessoas usarem tantas drogas?

Existe uma pequena parcela que usa por curiosidade, principalmente na adolescência.

É meio que "um ovo de Colombo" que as pessoas usam drogas por um único motivo. Para ter a sensação, mesmo que falsa, que o mundo é um lugar melhor.

O pivete cheira cola porque a vida dele é um lixo, e o dinheiro que ele tem não mata a fome dele, mas a cola bloqueia a fome e as sensações da vida baldia.

O usuário de cocaína não só fica mais desinibido, mas tem grande aumento de auto-estima. Por isto que se vê tanto político e advogado usuário.

O álcool é o mais evidente. Ou a pessoa usa para resolver problemas pessoais. Ou usa para comemorar, pelo simples fato de embriagado ele liberar mais as emoções. E adrenalina também vicia.

A pessoa enche a cara de café para dar mais disposição. O açúcar aumenta a sensação de felicidade.

Tudo o que eu citei gera problemas de forma geral. Todo mundo pode citar casos de ingestão de álcool a vida toda e a pessoa não "ganha" problemas de saúde. Café e a pessoa não desenvolve problemas de pressão/cardíacos. Açúcar e não dá obesidade, etc.

A droga não é o problema real.

A droga é um sintoma de que o ser humano é muito imperfeito. A droga age como muleta. Para a pessoa se sentir melhor. É o mesmo caso da pessoa que se escora na religião. Ou vê televisão e passa a viver a vida dos outros. Porque a própria vida dela é uma b*st*.

Se quer uma sociedade sem drogas, então me mostre uma sociedade de seres perfeitos.

A droga não é culpada da sociedade ser uma porcaria. Ele é o sintoma da debilidade da sociedade.

++++++++++++++++++++++++++

Voltando ao tópico.

Eu sei que a maioria aqui não faz nem idéia do que seja ligação com algum "plano superior".

Só que algumas pessoas realmente conseguem isto, por dom inato ou desenvolvimento pessoal.

Se o sujeito precisa usar drogas para conseguir algum tipo de "elo místico", isto é errado? É errado a pessoa ter que recorrer a algum tipo de "trapaça" para conseguir algo que não consegue por si só?

Então é errado fazer cursinho para vestibular e concurso público, é errado pagar um dentista para arrumar um dente. Quase tudo é errado se é possível atingir o objetivo sem recorrer a auxílio de terceiros.

Na minha opinião, só é errado se a "trapaça" realmente prejudica um terceiro. No extremo, tudo gera um prejuízo a um terceiro, ao menos de forma relativa. Ter uma dentição melhor ajuda na aparência, em detrimento aos que não podem custear tal coisa - um tipo de plástica localizada, além da simples higiene bucal. É muito difícil delinear um limite.

No caso do criminoso, pouco importa que ele é esquisofrênico ou tem qualquer outra doença mental. As pessoas tem este tipo de defeito, só que em geral não em nível extremo. E muitos que tem em nível extremo, passam a vida toda sem cometer nenhum crime.

Coisas absurdas não só do Brasil. A pessoa tem menos culpa ao cometer um crime porque é pobre. A pessoa tem menos culpa ao cometer um crime por ter problema mental. A pessoa tem menos culpa ao cometer um crime por ter diploma superior ou bons antecedentes. A pessoa tem menos culpa ao cometer um crime por ser de menor ou de idade avançada. E assim vai.

"Ah, mas é desumano não levar em conta a realidade sócio-econômica, problemas de saúde, status social, faixa etária, etc."

Nada é mais desumano do que o ser humano. É por isto que seres humanos usam drogas.

Eu estou falando de drogas em um sentido bem amplo. Você pode contar nos dedos de uma mão as pessoas que você conhece e que não são dependentes de nada. Alguém que não é dependente de álcool, cigarro, remédios, cafeína, açúcar, religião, futebol, televisão.

Eu sou dependente de cigarro e de música - escuto quase o dia inteiro. Levando ao extremo, mesmo que eu fumasse maconha e ópio e ouvisse sertanejo e pagode, muito provavelmente eu não sairia cometendo crimes pela rua.

Você pode dizer que a dependência da pessoa a torna pior para a sociedade. É o bêbado, o torcedor organizado, o maconheiro da esquina, o religioso, etc.

É só parar para pensar. A maioria dos dependentes psíquicos ou químicos não cometem crimes, com algumas exceções. A maioria dos bêbados não sai atropelando pessoas pelas ruas ou machucando/matando alguém em brigas. A maioria dos torcedores não são vândalos loucos. A maioria das pessoas religiosas não sai por aí enchendo a paciência dos outros ou explodindo inocentes.

Então a culpa não é da dependência. A culpa é do próprio ser humano que é um lixo. A dependência pode aumentar a gravidade do crime, mas ela não é motivo sine qua non para o crime.

Óbvio que a sociedade vai apontar algum motivo secundário para o problema. Pode ser a morte do Glauco, a loira do Uniban, a deficiência no ensino, a guerra no Congo, etc.

É muito mais fácil usar alguma escaramuça do que reconhecer e consertar os próprios defeitos e limitações. Então você entra em um círculo, a sociedade usa "desculpas esfarrapadas" para não ver os próprios problemas. E as pessoas usam drogas para não ver os próprios problemas. É por isto que a sociedade é reflexo das pessoas que a compõe.

Concordo que a solução não é a mesma para as drogas muito leves (açúcar, cafeína) e para as mais pesadas (crack, heroína). Só que a raiz de todas é basicamente a mesma. As pessoas buscam "caminhos tortos" para ter uma vida melhor, mesmo que sejam apenas segundos.

"E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (João 8 : 32)

[]'s
Kashinilaya
Acho que sou muito alienado... quem é, ou melhor, quem era o Glauco????
ricardo22
De fato é muito tenso
Lviter
Quote:
Acho que sou muito alienado... quem é, ou melhor, quem era o Glauco????


Glauco era um cartunista muito talentoso, criador, entre outros, do personagem "Geraldão", que era publicado em tiras de grandes jornais. Em março de 2010 foi morto a tiros, em sua casa, assim como seu filho, por um membro aparentemente surtado da comunidade religiosa "Santo Daime" da qual também fazia parte, que usa a ayahuasca, uma droga alucinógena, em seus rituais.
Kashinilaya
Obrigado, Lviter! Agora me lembrei do caso... realmente uma pena. Lembro da polêmica que o uso desse chá causou quando veio à tona as primeiras estórias. Pelo jeito, infelizmente, outras virão.
Related topics
Your favourite book (official)
História da minha terra, o Sardoal
Leitura Positiva
Estilo de música preferido
Suis-je le seul ici à être sur Frihost comme ça?
Copa do Mundo de 2006
CSS - O fim do HTML?
Besoin de votre avis sur mon nouveau site.
BLACK METAL
Quel scénario pour la grippe aviaire?
Homem-Aranha 3 terá uniforme preto
Morte de Tele santana, postem seus comentários..
Morte de Joao ! Deixe seu recado aos assasinos !
você é a favor ou contra a pena de morte no Brasil ? porque?
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.