FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


Histórias de videogame





D'Artagnan
Acredito que a maioria de vocês tenham em algum momento jogado videogame, muitos são viciados e até fanboys. é claro que quem é mais viciado tem sempre uma boa história de video game para contar, ou uma á história vide:http://www.wiiinjury.com/ , então qual a sua história?

uma das minhas: eu lembro que meu primo tinha um atari e a gente jogava Custer’s Last Stand , ninguém de nós entendia o que exatamente tinha que fazer naquele jogo. Bom agora pra mim, a premissa do jogo é bem clara e depravada.
Vanilla
Essa é mais recente... Foi quando ganhamos o nosso segundo Mega Drive, em 99 eu acho.

Eu estava quase zerando Buster's Hidden Treasure quando meu irmão (que estava sentado ao meu lado) derramou um copo cheinho de iogurte no Mega Drive. Obviamente eu fiquei doida, xinguei ele de todos os palavrões que conhecia e fiquei me lamentando porque era um jogo longo, demorava pra abrir todas as fases e mimimi mimimi. Qual não foi minha surpresa quando o jogo continuou perfeitamente... Até eu zerar! O Mega ficou com cheiro de iogurte de morango, mas tava funcionando e é isso que importa.

P.S.: Ele funciona até hoje.
P.P.S.: Eu só não jogo porque meus controles estão quebrados...


Edit: Porcaria de link que não funciona! ¬¬
escritor
Eu tinha um único cartucho pirata do Nintendo 64. Para funcionar, tinha que ligá-lo num adaptador junto com um jogo original. Sem saber que ele apagava a memória dos jogos originais que eram usados no adaptador, coloquei meu Mario 64... e já tinha conseguido mais de 100 estrelas do jogo (praticamente todas). Tive que começar de novo do zero.
quirino
Lembro quando meu primo foi jogar um jogo do Ps1 que era um dragãozinho(nem lembro o nome do jogo), o controle era analogico, quando o controle vibrou, meu primo jogou o controle no chão com susto, nem consegui brigar com ele, pois eu chorava de rir rs...
D'Artagnan
quirino wrote:
Lembro quando meu primo foi jogar um jogo do Ps1 que era um dragãozinho(nem lembro o nome do jogo), o controle era analogico, quando o controle vibrou, meu primo jogou o controle no chão com susto, nem consegui brigar com ele, pois eu chorava de rir rs...


Panzer Dragoon?
mariohs
Mega Man 2, para Nintendinho. Passava horas, dias, semanas, meses tentando zerar. Saída sempre anotando os passwords para continuar de onde parei. Porém na maratona final, é tudo de uma vez só, não dá para pular direto de fase. Morria, e tinha sempre que ficar passando tudo de novo. O password para as fases finais já estava até decorado. Após muito esforço e suor, eu finalmente zerei o jogo Very Happy
escritor
mariohs wrote:
Após muito esforço e suor, eu finalmente zerei o jogo Very Happy

Bons tempos aqueles em que éramos heróis quando chegávamos ao final de um jogo. Este artigo mostra jogos que fazem uma paródia de como as coisas mudaram.
Vanilla
escritor wrote:
mariohs wrote:
Após muito esforço e suor, eu finalmente zerei o jogo Very Happy

Bons tempos aqueles em que éramos heróis quando chegávamos ao final de um jogo. Este artigo mostra jogos que fazem uma paródia de como as coisas mudaram.


Dura essa época onde não existia savestate, não? Meu irmão se gaba de zerar alguns jogos no emulador, mas convenhamos... Salvando exatamente do ponto onde parou é fácil né? O jogo que eu citei no meu primeiro post (Tiny Toons Adventures: Buster's Hidden Treasure) é extremamente longo e também tem password, mas eu não usava. Quando eu jogava, era de um tiro só, pra zerar de uma vez. Lembro até hoje da primeira vez que zerei Sonic the Hedgehog. Fui a primeira de casa a zerar. Um amigo meu era a única outra pessoa que eu conhecia que tinha zerado. E quando ele conseguiu na época, a família dele levou ele a sorveteria pra comemorar. Sim, era nesse nível!
cparakawa
quirino wrote:
Lembro quando meu primo foi jogar um jogo do Ps1 que era um dragãozinho(nem lembro o nome do jogo), o controle era analogico, quando o controle vibrou, meu primo jogou o controle no chão com susto, nem consegui brigar com ele, pois eu chorava de rir rs...


Acho que é o Spyro, uma dragãozinho roxo que voa só um pouco porque é gordo. Rolling Eyes

Lembro do meu irmão e eu fazermos todo o mapa do pitfall num caderno (para saber os atalhos). Você dava a volta completa do mapa e zerava, Atari 2600, fazer o quê ... Mas era divertido.

O megadrive que eu comprei com o seguro-desemprego do meu primeiro trampo, eu fiquei jogando horas sem parar até acostumar com o controle e o jogo do Sonic 1, inclusive chegar ao final. Demorou uma semana até zerar o jogo com todas as esmeraldas, aí começaram as aulas do cursinho.

Eu fiquei fascinado com o Super Mario 64, era fácil de terminar o jogo (70 estrelas). Mas dava trabalho pegar as 120 estrelas, só para abrir o canhão do lado de fora do castelo e ir no topo do castelo conversar com o Yoshi.

Zelda era outro jogo fantástico.

Lembro de um no MegaDrive, o LandStalker. Eu aluguei este jogo umas 8-10 vezes, era muito legal e difícil. Estilo um Zelda que movia na diagonal, no modo hard.
escritor
cparakawa wrote:
Lembro do meu irmão e eu fazermos todo o mapa do pitfall num caderno (para saber os atalhos).

Um amigo desenhou para mim o primeiro castelo do Super Mario Bros. 3 com detalhes também, para eu saber como pegar o apito mágico escondido (eu só conhecia o da terceira fase)... mas o melhor era meu pai anotando as cartas que já tínhamos virado no jogo da memória do Bart vs the World.
cparakawa
E depois dizem que videogame inibe o convívio social.

Lembro de tantas vezes juntar uma galera para jogar videogame. Os que são puzzle/labirinto, é mais esforço conjunto dentro de casa. Mas jogos de luta e esportes, juntava uma galera. Ainda mais quando só um tinha o videogame de "última geração", aí lotava de desocupado.

Falando em desocupado, lembro de ficar uma galera no fliper, jogando Shinobi, Double Dragon, Dragon Ninja ... depois vieram Final Fight, SF2, MK ... e aí eu fiquei muito velho para ficar frequentando fliper, hahahaha.
D'Artagnan
eu lembro que o primeiro cd de jogos que eu ganhei (de uma revista da digirati) veio cheio de demos, um deles era do delta force 1, tinha só uma faze e era uma faze onde vc invadia uma aldeia colombiana e eles falavam algo perto do espanhol... minha irmã adorava jogar isso e até hoje se eu quiser que ela lembre daquele jogo tem que dizer 'anhacunhanha' que era o que a gente entendia que os inimigos falavam kkkkkk
nando
Uma vez,no Super Nitendo, fomos tentar zerar o Campeonato Brasileiro ou a Copa do Brasil, não lembro direito qual era.
Como não sabíamos usar aqueles códigos gigantes, começamos de manhãzinha, ainda escuro e fomos até de noite e ainda nem conseguimos fechar. Nós ficamos p***
mariohs
Lembrei de uma boa Very Happy
Um tempo atrás, quando eu era mais novo (1 ano atrás). Eu comecei a jogar The Legend of Zelda: Phantom Hourglass, para Nintendo DS. Tal foi o vício em que me meti, que levei o dispositivo algumas vezes para o trabalho, e ia jogar no banheiro. Enfim, consegui zerar o jogo, com todos os corações, mas fiquei com preguiça de pegar todas as partes do navio...

Não façam isso! Very Happy
Propaga
Sonic. Um joguinho 'palha prá danar' mas, esse era o famigerado jogo que motivou muitas e muitas discussões e brigas. Com apenas um controle alguém sempre tinha que dar um 'pause' para enxugá-lo. Na época a tensão e o stress que originava desse game, era de arrepiar os cabelos.

Muitas e muitas horas sem dormir ou então indo dormir bem mais tarde. Digo, bem mais tarde, umas 3 ou 4 da madruga. Pode? Mas, enfim, quer queiram ou não teve até um saldo positivo dessa época bizarra, podemos até dizer assim.

Hoje, para aqueles que chegaram mais tarde na família, a ordem é uma só. Vídeo game aqui em casa nunca mais! Qualquer outra diversão, menos vídeo game!

Resultado de uma situação muito constrangedora e embaraçosa originada de uma discussão que derivou para as vias de fato entre as “crianças” da época. Alguém dos contendores mais exaltados fez uso de um vaso valioso e, imaginem o que aconteceu? Além do prejuízo material e sentimental pela perda do vaso, teve sutura de 3 pontos no pronto socorro mais próximo.

Então, resta a certeza absoluta de que aqui em casa o jogo, qualquer jogo sempre desagregou. Não é pela falta de espírito esportivo, não. Acontece que em disputas de jogo em familia quando falta o mediador e/ou a mediadora, o resultado nunca foi legal.
Related topics
Your favourite group/singer? *OFFICIAL*
background music
Flightplan - boycott?? gimme a break!
Good evening fellow internets
Survey: Which type of advertisements are you interested in?
Doom-The Movie
Video Game Violence
GTA sex and violence
A movie to a video game
10 games to keep your child away from
Rap Music And Violence?
Favorite videogame systems
All Time Favorite Videogame
Wii - Novo videogame da Nintendo
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.