FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


Voo virtual no computador





Ivanluisky
Resolvi criar este tópico para compartilhar com os amigos como é legal jogar simuladores de voo no computador. Como sei que tem mais gente aqui que gosta talvez faltasse um tópico assim para postarmos sobre essa paixão virtual e que normalmente acaba se tornando real cursando um curso de piloto privado, comercial e enfim linha aérea.

Compartilhem os relatos de seus voos e dicas de aeronaves para simuladores de voo! (Microsoft Flight Simulator, X-Plane, Flight Gear e etc.)

Vamos lá! Cool
gueda
Só joguei um até hoje, o microsoft flight simulator X. Achei fantástico, mas senti falta de um manche. Jogar no teclado e mouse não rolou (perde muito da sensibilidade do avião)

aproveitando, você conhece algum bom e barato?
Liques
Acho que de cada 10 jogos que eu jogo no computador, 7 são simuladores, hehe. Smile

Gosto muito de simulador de voo. Eu não sou tão 'profissa' e nem tenho dinheiro pra jogar um X-Plane da vida, mas gosto de dar umas 'voadas' no Flight Simulator. Very Happy

É um tipo de hobby bem sadio, já que não tem sexo e violência.

Meus dois últimos voos foram:

1 - SBBR (Brasília) - SBPB (Parnaiba). Avião: Fokker 100. Duração e distancia: 2:20, mais ou menos 1600 milhas.

2 - SBPB - SBTE (Teresina). Avião: Fokker 100. Duração e distancia: 0:25, 150 milhas.

Ivan, você gosta de voar online?
Ivanluisky
gueda wrote:
Só joguei um até hoje, o microsoft flight simulator X. Achei fantástico, mas senti falta de um manche. Jogar no teclado e mouse não rolou (perde muito da sensibilidade do avião)

aproveitando, você conhece algum bom e barato?


Gueda você é disposto a pagar até quanto? Atualmente eu tenho um logitech attack 3 joystick e um yoke CSN da gsprodutos. Ambos excelentes. Very Happy

Liques wrote:
Ivan, você gosta de voar online?


Com certeza Very Happy. Voo pela rede IVAO.
Recomendo principalmente para quem quer treinar fraseologia ou não aguenta mais os controladores de voo artificiais.

Vou postar logo abaixo dicas de aeronaves antigas para o flight simulator 2004 COF.
Ivanluisky
Bom pessoal , escrevi esse “artigo” , “matéria” , ou seja lá o nome disso, o objetivo é mostrar que há aeronaves muito bem feitas , de qualidade , com alto nível de complexidade e gratuitas , mas que são simplesmente menosprezadas pelos simmers, ora por que simplesmente eles não as conhecem , ou por que até conhecem mas ignoram o contexto na qual elas operaram. Vou tentar aqui dar uma revalorizada nessas belezinhas que pra quem gosta de FS , vale muito a pena conferir.

Um pouco de aviação de outros tempos

Ao final da década de 1950 tornou-se patente a questão da substituição do DC-3, ao mesmo tempo era claro para a industria aeronáutica mundial que os motores a jato tinham seu lugar garantido nas viagens de média e curtas distâncias. Dessa forma , os fabricantes iniciaram projetos com o objetivo de satisfazer a substituição do DC-3 e ao mesmo tempo manter uma economia relativa , algo que os motores a jato da época não primavam. A solução encontrada foi o motor turboélice , que a época chegou a ser dado como condenado por analistas mais radicais quando da popularização do jato.Como veremos a seguir, eles estavam errados.

Convair 580/640

Tendo voado pela primeira vez em janeiro de 1960 , o Convair 580 , junto com seu irmão 640, é a versão modificada turboélice dos dois últimos integrantes da família Convair. A Convair , desde 1951 , produzia a linha Convairliner , aeronaves de asa baixa , bimotoras a pistão e pressurizadas. O primeiro membro da família foi o 240 , construído a pedido da American Airlines , por conseguinte, a introdução dos modelos 340 e 440 representaram aeronaves alongadas , com maior peso de decolagem e com maior potencia a pistão. Os modelos 580 e 640 são versões remotorizadas dessas ultimas, o primeiro foi remotorizado com duas turbinas Allison 501-D13D , já o segundo com dois Rolls Royce Dart. A despeito de esse ultimo ser o produto oficial da Convair para conversão da série , é o 580 mais conhecido como versão definitiva da conversão dos 340/440. No total , apenas 27 aeronaves foram convertidas para a versão 640 , enquanto 170 aeronaves foram convertidas para a versão 580. Atualmente permanecem em serviço 80 CV580 , principalmente nos EUA e Canadá


Para Flight Simulator

Do Convair 580/640 existem versões oficiais da Califórnia Sim e Greg Pepper. Com modelo externo aceitável , painéis e sons detalhados , e um ótimo FDE.

Fokker F-27

Das aeronaves que se apresentaram como substitutos do DC-3 , o Fokker F-27 foi o que chegou mais perto. A já tradicional industria holandesa investiu numa formula que com certeza satisfez muitos dos seus clientes, a formula da simplicidade. O F-27 vôo pela primeira vez em 1955 , no que ficou conhecida como versão Mk.100 , a sua entrada em operação se deu em 1957. As versões posteriores , Mk.200, Mk.400, eram aprimoramentos sobre a mesma célula , ao passo que a versão Mk.500 era a versão alongada para até 52 passageiros. A versão Mk.600 é a célula do Mk.400 com os motores do Mk.500. Aliás , quanto a motorização todos os modelos utilizaram o Rolls Royce Dart.
Do outro lado do Atlântico , quando a Fokker iniciava a produção do F-27 ela negociou com a Fairchild Hiller a fabricação sobre licença do aparelho , cabendo à fabricante americana o direito de mercado no continente americano, além de modificações no projeto conforme as necessidades. De fato , das versões produzidas nos EUA chama a atenção o FH-227 , similar ao F-27 Mk.500 , o ponto interessante é que o primeiro foi concebido e posto em operação antes da variante alongada holandesa.
No total , 577 Fokkers foram produzidos , ao mesmo tempo em que a Fairchild Hiller produziu 208 unidades. No Brasil . TAM , Rio-Sul , Votec , Brasil Central , Vica e JetSul operaram o F27 holandes, ao mesmo tempo o FH-227 foi operado em épocas distintas pela Paraence , Varig e TABA.

Para Flight Simulator

O Fokker 27 para FS9 é necessariamente um modelo merge. Painel e som do pacote de Willem Bruijns e modelo externo de Mike Stone. O merge é justificável na medida que não existem muitas texturas adicionais para o modelo de Bruijns. Como opção existe o modelo Miguel Garnica que entretanto , como o modelo de Bruijns , carece de repinturas. Na configuração sugerida o modelo externo é bom , painéis e sons estupendos, ressalvando o FDE que necessita de alguns retoques para apresentar um desempenho desejável.

continua.. Cool
Ivanluisky
Projetado como uma aeronave de rotas de terceiro nível , o HS.748 ( ou Avro. 748 , ou Bae 748 ) tem como grande trunfo a eficiência. Apesar da inexistente penetração no mercado norte-americano , o HS.748 despontou como o segundo mais bem sucedido projeto dessa categoria de aeronave. Tendo voado a primeira vez em 1960, com dois motores RR Dart( novamente!) , esta aeronave visava principalmente o seu uso em grandes aeroportos para rotas complementares. Trezentos e uma aeronaves civis , em quatro séries ( Srs.1 , Srs.2 , Sr.2B e Super 748 ) saíram da linha de produção. Ao mesmo tempo que uma versão puramente militar , nomeada de Andover C1 , teve 31 células construídas.
No Brasil , a Varig operou onze aeronaves entre 1966 e 1976.Já a Força Aérea Brasileira , operou um total de 12 aeronaves baseadas no Galeão , até 2006.

Para Flight Simulator

Incontestavelmente uma das melhores aeronaves freewares , o HS.748 do Rick Piper não deixa nada a desejar em nenhum quesito. Incluindo uma cabine virtual perfeita com todos botões funcionais.

Hadley Page Dart Herald

De todas as aeronaves apresentadas nesse texto , com certeza o Dart Herald é a menos famosa. Nascido como um quadrimotor a pistão, adaptado como bimotor com os RR Dart ( daí o seu nome ) , pesa contra esse equipamento sua complexidade e sua chegada atrasada ao mercado. Como vantagem , este é o único dos aparelhos dessa categoria a possuir características STOL. A grande concorrência de aparelhos na mesma categoria e as tímidas investidas da Hadley Page , decretaram o insucesso do aparelho.
A única versão de relevância é a série 200 , capaz de transportar até 56 passageiros. No total foram construídos 48 Herald’s , sendo 36 da série 200. A Sadia/Transbrasil operou um total de seis aparelhos da série 200 entre 1963 e 1976.

Para Flight Simulator

Aeronave disponibilizada por Rick Piper em seu site. Entretanto , cabe ressaltar que apesar de ser o melhor Herald pra FS9 , ele não apresenta as mesmas qualidades do HS748 acima.

NAMC YS-11A

O YS-11A foi a resposta da join-venture japonesa ( encabeçada pela Mitsubishi) para a substituição das aeronaves do tempo de guerra. Equipado com dois RR Dart ( pra variar) a aeronave venceu as improbilidades de se imaginar que , a então inexistente indústria aeronáutica comercial japonesa, fosse capaz de apresentar um produto competitivo. Não basta-se a fabricação dessa aeronave, ele foi digna de exportação , inclusive para os EUA , onde produtos melhores colocados ( como o HS748 , por exemplo) não encontraram espaço. Apesar de toda a rmpolgação e aventura de uma indústria inexperiente no ramo , o NAMC YS-11 A foi produzido em 182 unidades , cujo o ultimo avião em operação comercial só foi aposentado em 2006. No Brasil , esta aeronave , apelidada de Samurai , foi utilizada pela Cruzeiro do Sul ( 11 aeronaves entre 1967 e 1977) e VASP ( 6 aeronaves entre 1968 e 1977 ).

Para Flight Simulator

Excelente modelo da Allied Fs Group ( AFG) , equiparando-se ao HS.748 de Rick Piper. Em todas as categorias , o YS-11 da AFG não deixa nada a desejar aos melhores addons.

As aeronaves aqui listadas podem ser encontradas no www.avsim.com
Ivanluisky
No final dos anos 1970, já praticamente todos estes modelos citados estavam fora de linha ( exceção: F27), por outro lado a aviação agora chamada de regional , ou complementar , focava em novas aeronaves , mais modernas e econômicas. No começo dos 1970 as vedetes foram as aeronaves de até 20 lugares, ( Bandeco, Metro III, Twin Otter , Skyvan, Jetstream 31 e outros) no final dos 1970 e começo dos 80 o foco mudou novamente para aeronaves de até 30 lugares ( Brasília, Short 330/360 , SAAB 340 e as primeiras versões do DHC-Cool. Somente em meados da década de 1980 que ressurgiu o interesse pelas aeronaves turboélices de 50 lugares, reaparecendo assim quatro sucessores das velhas águas. O primeiro era filho direto do Fokker F27, nomeado Fokker 50, tinha a mesma aparência e os mesmo motores, diferenciando na tecnologia de materiais e aviônica aprimorada. Ainda na Europa, o consórcio formado por Aeroitalia-Alenia e Aerospatiale deu fruto ao ATR 42. Do Canadá veio a série de Havilland DHC-8. Enquanto que o SAAB 2000 é a versão alongada do SAAB 340B dos anos anteriores.
Quando parecia que novamente a categoria de turboélices de 50 lugares voltaria ao seu climax, novas mudanças no mercado ditaram novos rumos a industria aeronáutica regional. Nos finais do 1980 , uma nova série de aeronaves movidas a jato (reação) entraria em cena e ditaria a quase extinção dos turboélices. De certa forma a saída encontrada pelos dois adversários restantes ( Fokker e SAAB encerraram sua participação nessa categoria em meados dos 1990) foi alongar as aeronaves. De qualquer forma, com a popularização dos jatos regionais, fechou as portas 'a ATR e a de Havilland. Hoje, a produção de turboélices dessa categoria está limitada a encomendas específicas dos operadores , enquanto os fabricantes os produzem em regime especial. Um triste fim para a categoria que deu o ponta-pé inicial a toda uma teoria de aviação regional.

Bibliografia:
http://www.skzdalimit.com/rtw2004/fleet.html;
http://www.airliners.net/aircraft-data/stats.main?id=169;
http://www.fokkerf27.freeuk.com/index.htm;
http://www.fokkerf27.nl/index.php?option=com_content&task=view&id=33&Itemid=48
Revistas Flap Internacional (Edições 312 e 320).

Espero que tenham gostado! Em breve mais artigos de aeronaves gratuitas para um voo simulado melhor. Very Happy
neiesc
se tive vontade, até ja baixei, mais a paciência não deixa eu fica jogando
Liques
Ivanluisky wrote:
Bom pessoal , escrevi esse “artigo” , “matéria” , ou seja lá o nome disso, o objetivo é mostrar que há aeronaves muito bem feitas , de qualidade , com alto nível de complexidade e gratuitas , mas que são simplesmente menosprezadas pelos simmers, ora por que simplesmente eles não as conhecem , ou por que até conhecem mas ignoram o contexto na qual elas operaram. Vou tentar aqui dar uma revalorizada nessas belezinhas que pra quem gosta de FS , vale muito a pena conferir.

Um pouco de aviação de outros tempos



Ivan vlw pela matéria. Eu estava precisando mesmo aumentar os modelos de avião aqui. Smile Também por que é dificil achar algum add on bom e gratuito na internet.

Vc voa no IVAO? Ah cara vem voar no VATSIM tb. =D
Liques
Meus ultimos voos:

1 - SBTE (Teresina) - SBBR(Brasilia) - Quase duas horas de duração. - Ótimo voo porém dei um catraco (toque muuuito forte) fortíssimo. Very Happy
2 - SBBR - SBGO (Goiania) - 25 minutos - Na aproximação final o vento mudou de direção, o que me fez atrasar a chegada e perder alguns pontos.
3 - SBGO - SBBR - 20 minutos - Voo que eu tive que fazer off-line por que eu estava sem acesso a net. Foi mais rápido por que o vento estava ao meu favor. =)
4 - SBBR - SBCN (Caldas Novas, Goiás) - 1 hora e 15 minutos - Fiz esse voo com um monomotor, então é natural demorar um pouco mais. A chegada foi perfeita.
5 - SBCN - SBBR - 45 minutos - Esse foi com um bimotor, o que já da uma grande diferença. Se fosse com alguma avião comercial a viagem seria de uns 25 minutos só.

Acho que quando eu chegar em casa ja vou fazer outros. Very Happy
Kashinilaya
Deve ser ótimo! Tem um simulador que é considerado o melhor dos discponíveis. É open source, gratuito e utilizado por profissionais. Não consegui localizar o nome... O melhor de tudo é que tem versão para Mac. Very Happy
Liques
Esse simulador é cheio de coisa, rsrs.

Recentemente eu estava indo pra Ribeirão Preto levando de volta alguns turistas vindo de Caldas Novas.

Eu estou chegando normalmente quando trem de pouso não baixa! Eu fiquei P da vida na hora por que tipo, dentre tanta coisa que podia acontecer, tinha que ser logo isso??? hehehe.

No fim acabei pousando de barriga, tive um preju enorme e acho que vou ter que fundar outra companhia aerea. Sad

Mas foi divertido, pousei em segurança e ninguém morreu. Very Happy
Related topics
EasyJet Virtual
Virtual Skipper 4 Demo
Memory problem!
Immersive Virtual Reality
Há 20 anos, surgia primeiro vírus de computador
GDrive; Google's Virtual Hard Drive
MS Virtual Server 2005 Now Free - And Supports Linux!
Aapache Virtual host
virtual memory problem
PHP paths and IIS virtual directories
Visual Basic Tutorial - HOW TO SHUFFLE A VIRTUAL DECK
[soft]Moodle en Servidor Remoto
Virtual directories? I have a need
Virtual Aviation hobby
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.