FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


Como você lida com dinheiro?





Lviter
Qual a sua relação com a parte material da sua vida? É mais do tipo econômico ou do tipo gastador?
Quais são suas dificuldades, planos e estratégias nesta área?
mariohs
Ecônomico ou gastador, eu sou um pouco dos dois. Explico: não economizo dinheiro quando se trata de alguma coisa que eu queira ou para agradar alguém. Porém, não sou do tipo que deseja várias coisas independente de minha necessidade ou não. Geralmente eu uso o bom senso na hora de gastar, vejo qual a real necessidade e analiso sempre o custo x benefício de tudo o que eu comprar. Claro, comodidade conta também, e eu geralmente prefiro gastar um pouco mais em troca de uma certa comodidade.
skollenon
Eu não gasto muito... Porque não tenho para gastar! ^.^
Do mais sempre que tenho gasto com Pão de Queijo(Yeah!) ou no fliperama jogando pump. De qualquer modo sempre gasto.

Por enquanto tá bao de mais isso viu! =D ...pena que não vai durar para sempre...

Ah! Será que algum dia vou precisar de estratégia para gastar dineiro?!
...comessamos com um vectra 2.2 quatro portas assim que completar 18 anos, depois gasto um pouco em um apartamento... suhaushauhsauhsuahsuhausahusausa

Primeiro vou ter que trabalhar muito, e quando começar é provável que eu fique um pouco mais economico.(ou não, principalmente se eu ganhar na loteria e coisa e tal)

Até mais =)
thi.dias
eu me dou muito mal com o dinheiro. Ele sempre está fugindo de mim. Vai entender... Confused
riccopt
eu sou do tipo que economiza pra gastar...
eu economizo por mais ou menos 1 ano e depois torro tudo em viagens (tipo: passando 3 meses na Europa)...
tenho que fazer isso enquanto sou novo... até pq viajar acompanhado é sempre mais caro que viajar sozinho...
Liques
Lviter wrote:
Eu já atirei tanto dinheiro no ar! Eu gosto de ver as pessoas correndo atrás dele! Nem sei por que estou aqui no frihost já que eu posso pagar um servidor dedicadíssimo pra mim.


Eita! Surprised

Eu nem sequer tenho dinheiro pra comprar um teclado e digitar aqui no fórum...

É brincadeira viu Lviter. Very Happy
Lviter
Liques wrote:
Lviter wrote:
Eu já atirei tanto dinheiro no ar! Eu gosto de ver as pessoas correndo atrás dele! Nem sei por que estou aqui no frihost já que eu posso pagar um servidor dedicadíssimo pra mim.


Eita! Surprised

Eu nem sequer tenho dinheiro pra comprar um teclado e digitar aqui no fórum...

É brincadeira viu Lviter. Very Happy



Esclarecimento: eu não escrevi isso, hein... Laughing Laughing Laughing
Deve ter sido um erro na hora de escrever o quote...

Trabalho desde cedo e dou muito valor ao esforço que se faz para ganhar dinheiro, qualquer que
seja o valor. Observo que as pessoas que conheço que mais juntaram $ são as que fazem questão de economia com pequenas coisas... Não chego a este extremo, mas não acho legal se deixar levar pelo consumismo.

Por outro lado o dinheiro tem que estar a seu serviço e não você ser escravizado por ele. Tipo passar a vida inteira amarrado a um trabalho que não gosta, é uma coisa muito triste. Ou trabalhar demais e não ter tempo para nada. Melhor ganhar menos e ser feliz.
mariohs
Lviter wrote:
Trabalho desde cedo e dou muito valor ao esforço que se faz para ganhar dinheiro, qualquer que
seja o valor. Observo que as pessoas que conheço que mais juntaram $ são as que fazem questão de economia com pequenas coisas... Não chego a este extremo, mas não acho legal se deixar levar pelo consumismo.

Por outro lado o dinheiro tem que estar a seu serviço e não você ser escravizado por ele. Tipo passar a vida inteira amarrado a um trabalho que não gosta, é uma coisa muito triste. Ou trabalhar demais e não ter tempo para nada. Melhor ganhar menos e ser feliz.

Concordo 100% com você. Enquanto você trabalha, sua vida vai passando. Se trabalhar com algo que não gosta, você vai passar quase 1/3 da sua vida fazendo algo que não gosta. Considerando que outro 1/3 você passa dormindo, não sobra muita coisa para aproveitar.

É imprescindível ter um trabalho que te agrade ou que pelo menos você não odeie. É difícil encontrar o trabalho perfeito, mas creio que seja muito mais um caso de "gostar do que faz" do que "fazer o que gosta".
Deline
Estou fazendo faculdade fora da cidade, logo, está indo maior grana em aluguel, transporte, essas coisas. Mesmo conseguindo lugar barato, pra quem não consegue se conter o dinheiro falta.
Nunca fui de ficar comprando coisas compulsivamente, comprava quando precisava. Ainda bem que nunca faltou...rs
neiesc
sou econômico, mais quando preciso eu gasto
escritor
Tirando os gastos obrigatórios para sobreviver, sou do tipo "econômico". Sou anticonsumista e sempre faço pesquisas detalhadas antes de comprar algo.
adheus
A gente não se dá muito bem. Sad
Alice
asuahsuashau, eu quando recebo gasto com o que preciso naquele momento. só. difícil é eu guardar.
phantombr
Sempre fui muito econômico. Desde comprar roupas, comida, em tudo eu pensava muito para cada real investido. Depois que comecei trabalhar então! EU sabia onde ia cada centavo que eu ganhava, tinha tudo controlado.
Bom, depois que apareçeu o comércio online. E os cartões de crédito. E tudo mudou.
Continuo tendo uma planilha no excell onde controlo todos meus gastos, e não ganho mal pelo local onde moro, mas tenho gastado muito. Compro no cartão pela internet e recebo em casa. To sempre olhando promoções em eletroeletrônicos. Ultimamente, por exemplo, quero comprar um TV de Plasma 40" por menos de R$2.000,00.

E vou financiando em 12x sem juros no cartão. Ou seja, eu consumo bastante.
escritor
phantombr wrote:
Continuo tendo uma planilha no excell onde controlo todos meus gastos

É aí que está o segredo: ter o controle e consumir consciente dos gastos. Wink
Lviter
Este pequeno manual para investimentos da CVM é muito bom. Esta história do cafezinho sempre me faz pensar na hora de gastar em qualquer coisa...

Quote:
Quanto custa um cafezinho?

Você acredita que possa custar R$ 9.087,73?

Se você comprasse um cafezinho todos os dias a R$ 0,30, isso totalizaria R$ 108,00 ao final de um ano. Se, ao contrário, você poupasse esses R$ 0,30 diários, por apenas um ano, e os colocasse em uma conta de poupança, ou em um investimento que rendesse 6% ao ano, esse dinheiro aumentaria para R$ 111,30 no final do primeiro ano. Ao final de cinco anos, mantendo o mesmo procedimento, você teria R$ 629,69 e ao final de 30 anos, R$ 9.087,73.

Se você estiver disposto a analisar os seus gastos e procurar pequenos meios de poupar regularmente, você poderá fazer o seu dinheiro crescer. Foi exatamente o que você acabou de fazer com o cafezinho.

Se apenas uma pequena xícara de café pode fazer tamanha diferença, comece a observar como você pode fazer o seu dinheiro crescer, se decidir gastar menos com outras coisas.

Se você compra por impulso, estabeleça a regra de sempre aguardar 24 horas antes de adquirir qualquer coisa. Pode ser que você perca a vontade de comprar no dia seguinte.

Liques
escritor wrote:
phantombr wrote:
Continuo tendo uma planilha no excell onde controlo todos meus gastos

É aí que está o segredo: ter o controle e consumir consciente dos gastos. Wink


Fazer isso é uma das melhores atitudes dos que realmente querem lidar bem com dinheiro. Smile
mariohs
Lviter wrote:
Este pequeno manual para investimentos da CVM é muito bom. Esta história do cafezinho sempre me faz pensar na hora de gastar em qualquer coisa...

Quote:
Quanto custa um cafezinho?

Você acredita que possa custar R$ 9.087,73?

Se você comprasse um cafezinho todos os dias a R$ 0,30, isso totalizaria R$ 108,00 ao final de um ano. Se, ao contrário, você poupasse esses R$ 0,30 diários, por apenas um ano, e os colocasse em uma conta de poupança, ou em um investimento que rendesse 6% ao ano, esse dinheiro aumentaria para R$ 111,30 no final do primeiro ano. Ao final de cinco anos, mantendo o mesmo procedimento, você teria R$ 629,69 e ao final de 30 anos, R$ 9.087,73.

Se você estiver disposto a analisar os seus gastos e procurar pequenos meios de poupar regularmente, você poderá fazer o seu dinheiro crescer. Foi exatamente o que você acabou de fazer com o cafezinho.

Se apenas uma pequena xícara de café pode fazer tamanha diferença, comece a observar como você pode fazer o seu dinheiro crescer, se decidir gastar menos com outras coisas.

Se você compra por impulso, estabeleça a regra de sempre aguardar 24 horas antes de adquirir qualquer coisa. Pode ser que você perca a vontade de comprar no dia seguinte.


Acho que tudo tem um bom senso. Se você seguir isso a risca, você vai acabar não tomando cafezinho nunca, nunca vai comprar chocolate, nunca vai tomar sorvete...
Os 2 reais que gasto as vezes com um sorvete, me dá uma satisfação momentânea que vale 2 reais.

A história do cafezinho pode ser olhada por um outro ângulo... você passou 30 anos sem ter o prazer de tomar um café com seus amigos. Por dinheiro nenhum no mundo eu troco um momento de descontração com as pessoas que eu gosto.

Mas como eu disse, é questão de bom senso, e aposto que você o tem. Wink
cooperativafato
trabalho, ganho e gasto
kdargo
Sou ummão aberta...gasto rapidinho, depois me quebro pra conseguir pagar as contas...
eita bicho burro eu...
Lviter
mariohs wrote:
Lviter wrote:
Este pequeno manual para investimentos da CVM é muito bom. Esta história do cafezinho sempre me faz pensar na hora de gastar em qualquer coisa...

Quote:
Quanto custa um cafezinho?

Você acredita que possa custar R$ 9.087,73?

Se você comprasse um cafezinho todos os dias a R$ 0,30, isso totalizaria R$ 108,00 ao final de um ano. Se, ao contrário, você poupasse esses R$ 0,30 diários, por apenas um ano, e os colocasse em uma conta de poupança, ou em um investimento que rendesse 6% ao ano, esse dinheiro aumentaria para R$ 111,30 no final do primeiro ano. Ao final de cinco anos, mantendo o mesmo procedimento, você teria R$ 629,69 e ao final de 30 anos, R$ 9.087,73.

Se você estiver disposto a analisar os seus gastos e procurar pequenos meios de poupar regularmente, você poderá fazer o seu dinheiro crescer. Foi exatamente o que você acabou de fazer com o cafezinho.

Se apenas uma pequena xícara de café pode fazer tamanha diferença, comece a observar como você pode fazer o seu dinheiro crescer, se decidir gastar menos com outras coisas.

Se você compra por impulso, estabeleça a regra de sempre aguardar 24 horas antes de adquirir qualquer coisa. Pode ser que você perca a vontade de comprar no dia seguinte.


Acho que tudo tem um bom senso. Se você seguir isso a risca, você vai acabar não tomando cafezinho nunca, nunca vai comprar chocolate, nunca vai tomar sorvete...
Os 2 reais que gasto as vezes com um sorvete, me dá uma satisfação momentânea que vale 2 reais.

A história do cafezinho pode ser olhada por um outro ângulo... você passou 30 anos sem ter o prazer de tomar um café com seus amigos. Por dinheiro nenhum no mundo eu troco um momento de descontração com as pessoas que eu gosto.

Mas como eu disse, é questão de bom senso, e aposto que você o tem. Wink


Não precisa parar de tomar cafezinho ou de se encontrar com amigos. Também acho que dinheiro só faz sentido se fizer você mais feliz. Mas a questão é como pequenas coisas ao longo do tempo podem fazer uma grande diferença. Tipo apagar luzes que ficam acesas inutilmente ou desligar aparelhos eletricos que ficam em stand-by... Ou parar de fumar (uma das formas mais estúpidas de gastar dinheiro).
toyecia
Eu morava num lugar muito pobre e nao conhecia ainda o mundo dos playboys....filho de pedreiro com dona de casa...sabia que o futuro era muito pouco promissor...pois essa infelizmente é a estatística quem mostra... resolvi largar meu lazer preferido...e apostar num negócio...abri uma sorveteria que aos poucos foi se transformando em um boteco....isso aos treze anos de idade... mas nao parei por aí...me incomodava muito a idéia de trabalhar o resto da vida aturando gente bebada...abre aspas...é o pior tipo de gente pra se lidar...então resolvir meter a cara nos concursos públicos...isso eu ja deveria ter 17 anos...como terminei o então segundo graus com 16 anos....tive tempo de sobra para me preparar...a concorrencia e desleal...mas nao se pode desistir jamais... hoje sou concursado publico e nao ganho muito dinheiro...mas o suficiente para manter minha familia em boas condições...e acho desnecessário ganhar mais do que ganho hoje.. pois sou feliz por demais com o quant ganho... Tambem nao sei dizer se ganhando mais seria mais feliz...pois tenho a pessoa que amo...meus pais e familiares estao com muita saude...etc... e é isso que no fim acaba importando..
Abraço a todos
mariohs
Lviter wrote:
Não precisa parar de tomar cafezinho ou de se encontrar com amigos. Também acho que dinheiro só faz sentido se fizer você mais feliz. Mas a questão é como pequenas coisas ao longo do tempo podem fazer uma grande diferença. Tipo apagar luzes que ficam acesas inutilmente ou desligar aparelhos eletricos que ficam em stand-by... Ou parar de fumar (uma das formas mais estúpidas de gastar dinheiro).

Exato, gastar só faz sentido se te fizer feliz. Você é quem manda no dinheiro e não o oposto. Very Happy

Eu só coloquei esse ponto de vista, porque um amigo meu estava nessa neurose de economizar cada centavo, deixava de viajar, de sair com os amigos para economizar, daí eu bati um papo com ele, pedi para que ele começasse a olhar a outra face da moeda. Eu tinha acabado de chegar de férias, mostrei as fotos para ele e perguntei se não valia a pena gastar o dinheiro viajando... ele concordou Very Happy
phantombr
toyecia wrote:
Eu morava num lugar muito pobre e nao conhecia ainda o mundo dos playboys....filho de pedreiro com dona de casa...sabia que o futuro era muito pouco promissor...pois essa infelizmente é a estatística quem mostra... resolvi largar meu lazer preferido...e apostar num negócio...abri uma sorveteria que aos poucos foi se transformando em um boteco....isso aos treze anos de idade... mas nao parei por aí...me incomodava muito a idéia de trabalhar o resto da vida aturando gente bebada...abre aspas...é o pior tipo de gente pra se lidar...então resolvir meter a cara nos concursos públicos...isso eu ja deveria ter 17 anos...como terminei o então segundo graus com 16 anos....tive tempo de sobra para me preparar...a concorrencia e desleal...mas nao se pode desistir jamais... hoje sou concursado publico e nao ganho muito dinheiro...mas o suficiente para manter minha familia em boas condições...e acho desnecessário ganhar mais do que ganho hoje.. pois sou feliz por demais com o quant ganho... Tambem nao sei dizer se ganhando mais seria mais feliz...pois tenho a pessoa que amo...meus pais e familiares estao com muita saude...etc... e é isso que no fim acaba importando..
Abraço a todos


Ta ai a explicação da coisa! Você não tem que existir pelo dinheiro, e sim fazer dele um instrumento que te proporcione alegrias, com a familia ou amigos, ou mesmo consumindo com responsabilidade.
Emmanuel
Hum apesar de eu ter começado a ganhar mesada muito tarde, e ter começado a trabalhar recentemente acredito que bastante controle. Eu acho que há inúmeras oportunidades para se ganhar dinheiro o importante é saber reconhecê-las. Quero ainda abrir minha pequena empresa no futuro.

Um grande abraço! Wink
toyecia
gasto muito rs, nao consigo economizar nada...
genese
adoro o dinheiro, gostava de puder gastar muito para comprar roupa.
D'Artagnan
10% de tudo q ganho.... eu tento
cparakawa
A pessoa precisa ter prioridades no que gastar. E dependendo do gasto, pode ser só consumo imediato, consumismo ou investimento. Eu simplesmente não gasto com nada em que eu não veja utilidade, o que já corta uns 30% dos gastos. "Olha que legal, vou comprar!", "Vai usar para quê?".

Gastos menores eu não controlo muito. Coisas mais caras e não essenciais, eu espero semanas para comprar. Para ter certeza de que eu vou precisar, checar preço, se existe algo melhor, etc. Não comprei videogame da geração atual até agora. Já pensei umas 3 ou 4 vezes, no final a vontade passa.

Tem gente que economiza em investimento pessoal, pensando que está fazendo um bom saving. Mesmo que seja curso de yoga por correspondência, se você acha que o retorno pessoal vai ser bom, não é um dinheiro bem gasto; é um investimento. Mesmo que o retorno financeiro não seja direto, o fato de você se sentir bem já é algo de vulto.

E tem as pessoas que só se sentem felizes e realizadas queimando dinheiro em coisas que nem precisam. Aí já é doença, a meu ver.

[]'s
gilmariofgl
phantombr wrote:
Continuo tendo uma planilha no excell onde controlo todos meus gastos, e não ganho mal pelo local onde moro, mas tenho gastado muito.
Ter criado uma planilha no Excel para controlar os gastos realmente foi para mim uma ótima idéia.
Agora identifico as coisas sem necessidades e controlo melhor meus gastos.
phantombr
Realmente, consigo 'manipular' o orçamento com a planilha eletrônica. Agora, por exemplo, desejo comprar um notebook, mas tenho previsão de uma certa quantia na poupança para o fim do mes. Remanejando algumas contas, consigo aumentar significativamente minha margem de excedente, podendo investir ainda mais dinheiro no notebook.

É sensacional ter o poder sobre seu dinheiro!
Propaga
A música que diz: "Dinheiro na mão é vendaval..." acredito que é mais ou menos por aí mesmo. Por mais que você cuide para não gastar ou então gastar com algo extremamente necessário, você sempre acaba ficando sem ele, o dinheiro.

Cheguei a uma conclusão: Neste mundo capitalista em que vivemos não devemos em nos preocupar em gastar o dinheiro nisto ou naquilo. Devemos nos preocupar em ganhar cada vez mais dinheiro. Ganhando mais você quase nem sente que gastou mais. Uma equivale a outra.

Claro, pode ser até insanidade minha, mas experimente esta possibilidade e você vai perceber que no final das contas o resultado é positivo. Você percebe o rombo no bolso quando não repõe dinheiro o quanto antes possível.

Normalmente eu prefiro imaginar que não gasto dinheiro., eu invisto minhas economias naquilo que a condição material desta vida me proporciona ou poderá me proporcionar de melhor.

Alimentação, por exemplo, jamais fui comedido em comprar aquilo que é de qualidade. Produtos muito baratos neste setor pode até possibilitar uma economia momentânea, mas, o dia seguinte é que vai te provar o contrário, pois no mínimo, uma dor de barriga te mostrará que: “ECONOMIA É A BASE DA PORCARIA”.

Desculpem, não quis e nem desejo ser excêntrico, mas, dentro das tuas possibilidades adquira sempre o que é melhor. Saiba que a qualidade não está no ‘baratinho’ e nem na ‘baratinha’.
rafael2112
Compra algo barato pra economizar muitas vezes não e a opção melhor, baixa qualidade não dura muito. Umas das coisas a se fazer e cuidar do que tem, fico admirado de quanto as pessoas perdem dinheiro nisso, na minha opinião a melhor forma de economizar e comprar somente o que precisa, adquirir coisas usadas também e uma forma de conseguir melhor preço.
soprafazertestes
O dinheiro é algo difícil de lidar, porque quando você tem pouco, você fica meio deprimido e pensando em como vai fazer para pagar as contas e tal...qunado você tem mais, você fica pensando no que fazer, o que comprar e onde gastar, ou seja, busca prazeres e confortos que faltavam quando você tem pouco dinheiro. Então eu acho melhor mesmo é quando se tem mais dinheiro moderar nos gastos a fim de sobrar algo para quando vier as época de pouca grana você não ficar mal, ou seja, equilibrar as contas gerais e aumentar o nível de conforto a medida que esse geral vai subindo. E também lembrando que quanto mais você aumentar o seu conforto, maior deve ser essa reserva de vacas magras. Assim acho que consigo ter uma vida dentro daquilo que eu posso manter.
Propaga
Essa questão é muito complicada pra mim! Sempre tive o maior cuidado ao lidar com dinheiro e sempre uma preocupação constante e um medo maior ainda de não tê-lo. Sou uma pessoa muito controlada e, sinceramente, mão fechada, mesmo! Claro que não sou um escorpião contumaz!

Mas, que é uma das coisas complicadas da minha vida, isso é! E como é! Já solicitei para minha companheira que seja também a minha moderadora em meus gastos. Gastos considerados supérfluos e/ou até desnecessários.

Considero gasto desnecessário aquele gasto que você faz na base da empolgação ou pelo momento em que você fica deslumbrado por alguma coisa. E, por incrível que pareça, é exatamente nestes momentos que faço os maiores gastos.

Lembra daquela música? “Dinheiro na mão é vendaval...”. E, o pior de tudo isso é a dificuldade para esse mesmo dinheiro retornar ao nosso bolso novamente. São muitas e muitas formas e variadas opções para gastar nosso rico dinheirinho! Porém, no meu caso, há muito tempo já estou tentando inverter este processo.

Desejo incessantemente criar e/ou inventar muitas formas de reconquistar o dinheiro. Ou seja, fazer com que venha de várias fontes e trancar o máximo de portas para sua saída!
Deline
Putes grila! Considerando que a última vez que postei aqui eu estava no primeiro ano, agora posso concluir: é por isso que falam que vida de universitário é miserável.

Caramba, para onde vai meu salário de estagiária? HAHAHA E olha que eu nem saio em São Paulo, uso a grana pra pagar as despesas e viagens pra ver o namorado Sad

Para piorar, eu escolhi ser jornalista - ou seja, pobre!
Propaga
É uma questão complicadíssima, mesmo! A cada dia me convenço mais de que “dinheiro na mão é vendaval” Já não sei se sou eu que não sei lidar com o dinheiro ou é o dinheiro que não lidar comigo.

Quero acreditar que não sou comprador compulsivo. Entretanto, pela contabilidade feita em meus gastos pessoais foi dada uma nota vermelha aos meus gastos com supermercado.

Além da governanta, sou eu o que mais deixa o dim-dim no supermercado. Claro que não deixo de comprar o que é de ótima qualidade para minha mesa. Ma, como se sabe, o que é bom sempre custa mais caro e daí, os gastos vão lá para as alturas.

É impressionante, mas, às vezes, entro no supermercado para comprar apenas 2 ou 3 itens, no máximo, e, quando me dou por conta, ao entrar no caixa a sestinha está com mais de 10 produtos.

Ficaria muito feliz se alguém do fórum me desse uma sugestão de como reprimir meus instintos de consumo no supermercado.

Claro que não sou “joão vai com os outros”, quando se trata de promoções e ofertas nas gôndolas, mas, algo, que ainda não sei, faz com que minha despeza aumente cada vez mais no supermercado.
Deline
Gente, no momento aprendo a valorizar pessoas que economizam e fazem poupança...Porque olha, estou há um mês desempregada e já enlouqueci...tudo bem que eu era estagiária e estagiário mal tem grana pra comer ..rs
Habbount
Infelizmente sou do tipo gastador, vivo gastando, consumindo, e quando finalmente consigo juntar um bocadinho para algo maior, não resisto e não consigo esse "maior". Sou um consumidor compulsivo, a única coisa que me safa é que compro coisas mais relacionadas com tecnologia, ou seja demora mais para virem mais, já se fosse com roupa... está lixado né cara =P
Propaga
Quote:
Eu morava num lugar muito pobre e nao conhecia ainda o mundo dos playboys....filho de pedreiro com dona de casa...sabia que o futuro era muito pouco promissor...pois essa infelizmente é a estatística quem mostra... resolvi largar meu lazer preferido...e apostar num negócio...abri uma sorveteria que aos poucos foi se transformando em um boteco....isso aos treze anos de idade... mas nao parei por aí...me incomodava muito a idéia de trabalhar o resto da vida aturando gente bebada...abre aspas...é o pior tipo de gente pra se lidar...então resolvir meter a cara nos concursos públicos...isso eu ja deveria ter 17 anos...como terminei o então segundo graus com 16 anos....tive tempo de sobra para me preparar...a concorrencia e desleal...mas nao se pode desistir jamais... hoje sou concursado publico e nao ganho muito dinheiro...mas o suficiente para manter minha familia em boas condições...e acho desnecessário ganhar mais do que ganho hoje.. pois sou feliz por demais com o quant ganho... Tambem nao sei dizer se ganhando mais seria mais feliz...pois tenho a pessoa que amo...meus pais e familiares estao com muita saude...etc... e é isso que no fim acaba importando..
Abraço a todos
Como disse acima o nosso colega, toyecia, é, essencialmente, na família que está a realização pessoal de todos nós. Quer queira ou não, a família é o inicio e o final de tudo.

Amores e paixões vêm e vão como as ondas do mar. Por isso, acredito que o dinheiro é efêmero. Lógico, que necessário, mas não imprescindível.
Quote:
“Jogue tuas mãos para o céu e agradeça se acaso tiver alguém que você gostaria que estivesse sempre com você na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapê”.
Sou mais um super fã desta composição que, pela sua simplicidade, tão simples como a vida deve ser, se tornou uma obra de arte da MPB.

É difícil lidar com o dinheiro. Porém mais difícil ainda é não tê-lo. Mas, como também diz o poeta “dinheiro na mão é vendaval”. Ele, o dinheiro também vem e vai como as ondas do mar. Às vezes vai com muito mais velocidade e quantidade do que aquele que vem!

Também tenho certeza que ganho dinheiro mais do que necessito e muito menos do que mereço. Mas me conformo e acredito que tenho a resignação necessária para considerar-me satisfeito.
Deline
Caramba! A última vez que postei nesse tópico eu ainda estava desempregada.

Só passando pra avisar que tô viva (não que isso interesse muito) e que depois de me mudar de novo pra SP, alugar apartamento, comprar alguns móveis, me estabilizar, etc...Finalmente estou conseguindo guardar um tantinho por mês. Além disso, agora tenho uma planilha própria para controlar as despesas ^_^
Propaga
Muito mal! Gostaria imensamente de não correr atrás do dinheiro e, sim, que ele, o dinheiro, corresse atrás de mim. Alguém já disse isso no auge da grande corrida do ouro em Serra Pelada no interior paraense. Porém, a pergunta do tópico é sobre como eu lido com o dinheiro: Lido e muito mal mesmo! Talvez é porque nunca desejei ser escravo do dinheiro. Acredito que o dinheiro é apenas um meio de você trocar mercadorias ou serviços pela moeda corrente do país em que você está. Dinheiro, para mim, não é a solução de tudo. Apenas contribui para que você sobreviva materialmente neste mundo capitalista. Já soube que interior de nosso país milhares e milhares de pessoas sobreviveram sem nunca utilizarem qualquer espécie de moeda. Apenas plantado e colhendo e/ou ainda, trocando mercadorias e viveram e vivem muitíssimo bem.
Vanilla
Depois de quase 30 anos, finalmente posso dizer que a minha relação com o dinheiro é bastante saudável, obrigada! /o/ Não achei que eu fosse esse tipo de pessoa, mas foi só começar a trabalhar de verdade que me descobri uma grandessíssima mão de vaca. Very Happy Antes de comprar alguma coisa eu sempre me pergunto se estou mesmo precisando daquilo. Por causa do emprego, precisei comprar roupas mais formais. Eu andei pra caramba a procura de coisas que eu realmente gostava e cujo preço me agradava também. Mas não me importei de fazer alguns investimentos em peças mais caras e que vou usar quase que eternamente. Fora isso, ainda consigo juntar uma graninha na poupança e saio de vez em quando. Não porque eu quero economizar, mas porque não sou muito de sair.

Deline wrote:
Caramba! A última vez que postei nesse tópico eu ainda estava desempregada.

Só passando pra avisar que tô viva (não que isso interesse muito) e que depois de me mudar de novo pra SP, alugar apartamento, comprar alguns móveis, me estabilizar, etc...Finalmente estou conseguindo guardar um tantinho por mês. Além disso, agora tenho uma planilha própria para controlar as despesas ^_^


É sempre bom ouvir! Tentei manter uma planilha mas desisti no primeiro mês. Me falta disciplina pra esse tipo de tarefa. Mas não sou gastadeira, então no final das contas acho que a planilha não faria diferença.
Related topics
Sugestão de PADRÃO para ORGANIZAÇÃO
[SITE] Melhores sites portugueses.frihost.net
[DESIGNER] - Sites de Código HTML, JAVASCRIPT, PHP(PORUGUÊS)
Programa Google Adsense - Troca de Experiências...
Alckmin X Lula
Como você descobriu a FriHost?
[CINEMA] O Segredo
Como você reagiria se...
Lamapada Mágica
Alguém aqui do fórum opera na bolsa de valores?
Oi, como você se chama [de verdade]
Quer continuar a ser escravo para sempre? Então não leia
Como faço para receber do second life pelo paypal?
Você está se sentindo... porque...
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.