FRIHOSTFORUMSSEARCHFAQTOSBLOGSCOMPETITIONS
You are invited to Log in or Register a free Frihost Account!


Sotaques





D'Artagnan
estava dando uma navegada e o assunto veio a tona, de vez enquando me pergunto, como será meu sotaque? sempre tive curiosidade nos mais diversos pontos

Eu sou catarinense, só que não do litoral, catarinese tem sotaque? como que é?
O que os portugueses acham do sotaque brasileiro?
Como soa o sotaque de um brasileiro falando inglês?
cparakawa
De catarinense, eu conheço o sotaque normal dos catarinos, que é cantado, e o sotaque parecido com o açoriano, provavelmente por causa da imigração.

"Sotaque brasileiro" eu não sei se existe, varia muito o sotaque de um gaúcho para o de alguém do interior de Alagoas. Existe um sotaque "esterilizado" ("Jornal Nacional"), que é o sotaque do rio sem o surfistol ou o sotaque de são paulo capital sem o italianol e o capirol (e sem influências da língua dos "manos"). Da mesma forma, existem vários sotaques em Portugal, como o de Lisboa, o dos madeirenses, etc. Em inglês é a mesma coisa.

Sotaque de brasileiro falando inglês também varia. Quem aprendeu falar alguma coisa na escola, normalmente tem um sotaque mais próximo do sotaque da costa oeste (califórnia e tal) ou o mid-atlantic/costa leste. Somado a problemas de dicção advindos da falta de alguns fonemas na língua portuguesa e que são usados em inglês. Mais a tentativa de adaptação do sotaque da própria pessoa ao sotaque "alvo" que ela tenta emular. Em média, é fácil descobrir que é um brasileiro falando inglês. Há um sotaque característico, como um português médio falando inglês, ou um francês, ou um italiano. Mas em alguns casos, não dá pra notar.

Existe também o problema da pessoa escutar um fonema e traduzir o fonema para outro próximo que ele utilize. "th" é um dos casos mais comuns. "Think", dependendo do sotaque da pessoa que fala, pode soar como "tink", "fink" ou "sink". Whatever, mesmo as pessoas com o inglês como mother tongue não se entendem direito, falando. Em português também ... Cool
D'Artagnan
claro que tem diferenças, existem diferenças no jeito de falar até na mesma cidade, no mesmo bairro... eu conheço familias com descendencia alemã e italiana que falam com um sotaque muito diferente no meu bairro, e passam isso pros filhos e netos - aos poucos isso vai sumindo, mas mesmo assim é um sotaque totalmente diferente... conheço muita gente que fala parecido com o willmut Razz

mas numa generalização da de ter uma ideia Wink

tipo , no litoral aqui eu sei que o pessoal puxa o 's' como os cariocas, já no oeste ele falam parecendo gaúchos, mas tem uma ideia geral, no caso o sotaque cantado, que eu não entendo como é Razz!

mas acho que o carioca e o mineiro também não conseguem diferenciar o sotaque deles , até mesmo porque muitas veses a não é tão forte, geralmente são regiões especificas que tem um sotaque mais marcante Wink

mas realmente essa do "sotaque esterilizado" eu nunca tinha pensado, e viva a influência da globo nas nossas vidas...
Lviter
D'Artagnan wrote:

mas acho que o carioca e o mineiro também não conseguem diferenciar o sotaque deles , até mesmo porque muitas veses a não é tão forte, geralmente são regiões especificas que tem um sotaque mais marcante Wink



Olha, tem muita diferença sim, especialmente se você for de um lugar ou de outro. Dá pra conhecer por uma única frase... Ah, e no caso do mineiro pelo uso do "trem"... Smile
cparakawa
hahaha, goiano também fala "trem", e o sotaque é diferente do sotaque mineiro. Parece mais uma mistura de sotaque mineiro com o do norte de São Paulo, lugares de onde se originam muitos de Goiás. Da mesma forma, em Brasília muitos falam com o sotaque meio carioca, tem que prestar atenção pra perceber - pelo menos eu acho parecido.

Em relação ao sotaque cantado, é um termo razoavelmente comum em São Paulo. Se vc observa a sonoridade de uma língua/sotaque, é mais fácil. Italiano é bem cantado, é uma língua falada de forma bem melódica. Alemão, por outro lado, é uma língua que soa bem mais "dura" ou "áspera".

Essas mesmas diferenças se aplicam aos sotaques de um mesmo país/região. Os gaúchos falam de forma cantada, mas é diferente do "italianol" que se fala em São Paulo. Dá pra notar bem a diferença quando os gaúchos ficam subindo e descendo no tom de voz. Também dá pra se dizer que existe uma característica "arrastada" no sotaque, ou as pessoas prolongam fonemas ou falam mais devagar. Casos de "poRta" na região de Piracicaba e "poRta" do rio. O "R" é arrastado, é prolongado mais do que a média - bem mais.

Eu conheço um curitibano que teimava em dizer que não tinha sotaque (em relação ao Jornal Nacional). Ele só se convenceu quando gravamos ele falando e gravamos o Jornal Nacional, e ficou clara a diferença.

A única coisa importante que eu aprendi sobre os sotaques é que representa bem a forma das pessoas "comuns" se comunicarem. Vc encontra o sotaque mais pausterizado/esterilizado nas pessoas de maior grau de instrução e/ou nas elites. É só notar que os políticos das mais diversas regiões tem muito menos diferença de sotaque do que o das populações locais que eles representam. Também existe um forte preconceito por parte das pessoas que dominam o sotaque "padrão", visto que os sotaques locais indicam pessoas ou com menor instrução/conhecimento ou com desleixo no sotaque (que é um cartão de visitas) ou com um apego local que às vezes é deletério. Não é exatamente mentira, mas rotular 100% a pessoa por causa do sotaque é f*d*. Também é ridículo, conversando "profissionalmente" com pessoas de vários lugares, usar termos como "moço", "bichim", "cabra da peste", "mano", "meu", "mermão", "chegado", "piá", etc, etc.

"Moço de Deus, analisei o seu relatório e ficou topíssimo, filé do boi. Ficou tora, caguei só o suco". Shocked

Estou considerando que o sotaque vem de mãos dadas com termos locais. Já deve ser feio falar assim em Goiânia, imagine em outro lugar. Foi um exemplo extremo, espero NUNCA encontrar alguém que fale deste jeito e tente conversar "seriamente". Não vejo seriedade nenhuma numa pessoa que fala desta forma, pode imaginar o sotaque e a gíria local que vc quiser. Fazendo uma autocrítica, o mesmo sentimento que eu sinto no exemplo acima deve ser motivador para o preconceito com os sotaques locais, então eu não concordo 100% mas ajo de acordo com o princípio. Wink

Eu tenho relativa facilidade para puxar alguns sotaques. Só que, quando eu falo prestando atenção nas palavras que escolho (ou falando menos desleixadamente), eu tenho a tendência a retornar ao sotaque "Jornal Nacional", que me é mais próximo e sempre me foi mais freqüente e comum.

Vc nota isto facilmente nos falantes de língua inglesa, também. A diferença de sotaque das elites é bem menor do que nas populações. Obviamente, Bush e Lula são exceções na forma de falar dos presidentes.

[]'s
Guardian
Nós, mineiros diminuimos bastantes as palavras, porque para bom entendedor meia palavra basta! Brincadeira...
Liques
No mês passado, quando eu estava de viagem ao nordeste, entrei nessa questão com alguns amigos que fiz lá.

Na região do Ceará, onde eu estava, as pessoas costumam puxar o "S" que fica no meio da palavra, tipo "presta" no Ceará é "presxsxsxsta".

Tenho sotaque de brasiliense, mas eu não tenho a mínima ideia como é. E pior, quando eu saio, todo mundo fala que eu tenho sotaque, mas eles não sabem explicar como é! É uma dúvida que eu tenho até hoje, hehe.

Com o meu sotaque brasiliense, consegui ser facilmente identificado de onde por uns vigias numa estação de trem de São Paulo: "Você é de Brasília?" "Sim" - respondi inculcado, hehe.

Engraçado também é por que no entorno de Brasília há uma cidade chamada Formosa, uns 80 km de distancia. A fala deles já é bem goiana, arredondando o 'r'. Very Happy
Alice
O.o eu sou do Ceará! Aqui dependendo do lugar tem um sotaque diferente, ex as pessoas do interior falam tudo no "di, ti"... 'Di Fortaleza', tipo assim, já o povo da capital, o negócio é mais aberto, tipo, "FortÁleza"... ehuehuehue, acho essas coisas de sotaques ótimas! ^^ Adoro sotaque do Sul, povo do RS! É show!
cparakawa
Se a pessoa tem o sotaque meio "standard", há um jeito de saber se é paulistano: pede para soletrar uma palavra com vogais diferentes.

Por exemplo: cabelo (cê-á-bê-é-ele-ó)
Eu soletro cê-á-bê-ê-ele-ô. Mesmo pros paulistanos não é tão automático, embora se ache normal falar ê e ô ao soletrar. Malditos professores de português que ficam ensinando as vogais como á-é-í-ó-ú e na hora de soletrar não se decidem se é "á-é-í-ó-ú" ou "á-ê-í-ô-ú".

Como meus professores de português que soletravam as vogais abertas não eram paulistanos natos, eu continuo soletrando da forma que eu me sinto melhor e é mais característico. Wink

Já que estou falando de soletrar, eu acho ruim que a língua portuguesa não tenha um alfabeto de soletrar. Existe em espanhol e existe o alfabeto internacional, usado para a aviação, militares e países de língua inglesa (alpha, bravo, charlie, delta, echo, foxtrot, golf, etc). No Brasil, o único alfabeto padrão de soletrar é o da música da Xuxa - A de amor, B de baixinho, C de coração .... Desmoraliza a língua portuguesa. Mas eu sei decor. Rolling Eyes

[]'s
Vanilla
Eu passei minha vida inteira achando que não tinha sotaque, até vir morar no interior de SP. Não fazia idéia de que puxava o "r" tanto assim! Palavras como "porta" ou "mar" acabaram virando motivo de zoação... Tudo bem que por aqui o pessoal também puxa o "r", mas eu não fazia idéia de que em mim isso era tão pronunciado! Por sinal, meu sotaque é lá do Mato Grosso do Sul, e faço questão de ressaltar isso quando minhas amigas paulistanas dizem que eu sou do "interiorrrrr".

Ah, eu também puxo um pouco o "n" em palavras como "quinze". Resquícios dos dois anos que morei em Minas. Very Happy

cparakawa wrote:
Se a pessoa tem o sotaque meio "standard", há um jeito de saber se é paulistano: pede para soletrar uma palavra com vogais diferentes.

Por exemplo: cabelo (cê-á-bê-é-ele-ó)
Eu soletro cê-á-bê-ê-ele-ô. Mesmo pros paulistanos não é tão automático, embora se ache normal falar ê e ô ao soletrar. Malditos professores de português que ficam ensinando as vogais como á-é-í-ó-ú e na hora de soletrar não se decidem se é "á-é-í-ó-ú" ou "á-ê-í-ô-ú".

Como meus professores de português que soletravam as vogais abertas não eram paulistanos natos, eu continuo soletrando da forma que eu me sinto melhor e é mais característico. Wink

Já que estou falando de soletrar, eu acho ruim que a língua portuguesa não tenha um alfabeto de soletrar. Existe em espanhol e existe o alfabeto internacional, usado para a aviação, militares e países de língua inglesa (alpha, bravo, charlie, delta, echo, foxtrot, golf, etc). No Brasil, o único alfabeto padrão de soletrar é o da música da Xuxa - A de amor, B de baixinho, C de coração .... Desmoraliza a língua portuguesa. Mas eu sei decor. Rolling Eyes

[]'s


Não é o único. Também sei de cor. Razz BTW, também sei o alfabeto internacional. Meu pai sempre gostou muito de aviões e meio que acabei aprendendo com ele. Ah, e também soletro "e" e "o" da mesma forma que você!
cparakawa
Vanilla wrote:
Não é o único. Também sei de cor. Razz BTW, também sei o alfabeto internacional. Meu pai sempre gostou muito de aviões e meio que acabei aprendendo com ele. Ah, e também soletro "e" e "o" da mesma forma que você!


Very Happy

Quando vc fala com pessoas mais idosas, eles lembram que antigamente se soletrava diferente G-"guê", M-"mê", N-"nê". Soa estranho, mas parece que ainda usam ou usaram até pouco tempo atrás na Bahia ...

O alfabeto internacional eu tive que aprender na marra. É difícil ligar num call center e fazer com que o atendente entenda quando vc soletra. Se lembrar a enorme quantidade de sotaques das pessoas falando em inglês, dá pra se imaginar que não é simples entender todo mundo, ainda mais quando o call center é na Índia. Fora que existem algumas variações no alfabeto internacional, então é normal usarem S for sugar ao invés de S for sierra, M for mother ao invés de M for Mike e F for fox ao invés de F for Foxtrot. Pelo que eu me lembre, na aviação é mais rígido, mas eu não sou do ramo, então nem sei.

Português de Portugal soletra a K como "kappa" (nome da letra grega) enquanto no Brasil se fala "ka ".

Esse negócio de "ê" ou "é", "ô" ou "ó" é engraçado. Eu falei com um amigo, se soletra "ê" e "ô" tbm no interior de São Paulo e Paraná. As vogais são ensinadas como "á-é-í-ó-ú" e o alfabeto como "á-bê-cê-dê-ê". Ou não tem lógica ou os professores fugiram do mobral. Very Happy

Sotaques e outros regionalismos são interessantes, só fica uma m*rd* quando um começa a não entender o outro. É o caso dos brasileiros em geral não entenderem alguns sotaques portugueses - normalmente os mais "chiados". Ou de não se entender um sotaque escocês. Pede para um galês/welsh falar o nome da capital de lá. Soa como "Cáaadif", se escreve Cardiff. Um americano em Londres vê uma placa escrita "Leicester" e pronuncia "Leicester"; os locais falam "Léste(r)" (o som do "r" quase nem se ouve).

No final de contas, todo mundo tem sotaque, só que alguns sotaques soam mais estranhos/ridículos para a maioria dos demais.

[]'s
sergio_ykz
Eu sou de Curitiba, e portanto não tenho sotaque.


http://desciclo.pedia.ws/wiki/Curitiba
Liques
sergio_ykz wrote:
Eu sou de Curitiba, e portanto não tenho sotaque.


http://desciclo.pedia.ws/wiki/Curitiba


Sérgio passeando em algum lugar do Brasil:

- Ei, você é de Curitiba? - pergunta uma menina.

- Sim, eu sou, como você sabe? - responde o Sérgio

- É pelo seu sotaque... você falar bem certinho.

Very Happy
Alice
Liques wrote:
sergio_ykz wrote:
Eu sou de Curitiba, e portanto não tenho sotaque.


http://desciclo.pedia.ws/wiki/Curitiba


Sérgio passeando em algum lugar do Brasil:

- Ei, você é de Curitiba? - pergunta uma menina.

- Sim, eu sou, como você sabe? - responde o Sérgio

- É pelo seu sotaque... você falar bem certinho.

Very Happy


Rsrsrs! Ótema! =D
D'Artagnan
Liques wrote:
sergio_ykz wrote:
Eu sou de Curitiba, e portanto não tenho sotaque.


http://desciclo.pedia.ws/wiki/Curitiba


Sérgio passeando em algum lugar do Brasil:

- Ei, você é de Curitiba? - pergunta uma menina.

- Sim, eu sou, como você sabe? - responde o Sérgio

- É pelo seu sotaque... você falar bem certinho.

Very Happy


ei, vc esqueceu, curitibano não fala com estranhos Razz
legio_maximus
o sotaque do sul é o melhor aheuaheuahe eu mi acabo de rir se fico perto de um GAUCHo!!!! Os karas são engraçados ... Meu CHefe e Gaucho !! kkk é só escuta a voz dele na loja que do risada... na reunião de empresa eu seguro a risada Wink !!!

mas cada cantop tem seu geitinho de se dizer ...

Bom , Eu que sou de São Paulo acho normal aqui Shocked mas sei láh talvez deve ser porque moro aqui kkkk ...

o NORDESTE aquelas palavras arrastadas que saem deles também é mó legal... enfim tudo tem seu geito de falar, com gírias, constumes e sempre com o mesmo significado umas 10 palavras no qual diferentes regiões, cada um fala de uma maneira Laughing Laughing Laughing !!

Mais uma coisa que nos diferencia na raça humana ... é MUITO GRANDE A VARIABLIDADE ENTRE NÓS MESMO Laughing !
sergio_ykz
legio_maximus wrote:
Bom , Eu que sou de São Paulo acho normal aqui Shocked mas sei láh talvez deve ser porque moro aqui kkkk ...

o NORDESTE aquelas palavras arrastadas que saem deles também é mó legal... enfim tudo tem seu geito de falar, com gírias, constumes e sempre com o mesmo significado umas 10 palavras no qual diferentes regiões, cada um fala de uma maneira Laughing Laughing Laughing !!


Oxe minino, ce divia tá acustumado cu jeitu du pessuau du nordesti fala!!!

Afinal, eu morei quase um ano em São Paulo, e conheci dois paulistas e um mineiro, o restante era tudo nordestino. Laughing
Gilgamesh
Também acho que o sotaque gaúcho é engraçado, porque é mais carregado de entonação em alguns lugares.
Mas eu me surpreendo com o sotaque dos chineses, que ultimamente tem muitos aqui em São Paulo, o jeito que eles falam. Wu aih fing ting xi chuanaan chuaaaan, etc.. e tal, cada qual com uma entonação diferente.

O sotaque do interior aqui em São Paulo é muito parodiado, fora que é engraçado, mas hoje é difícil encontrar paulista paulistano, minha familia veio do interior, da minha namorada também...
Liques
Gilgamesh wrote:

Mas eu me surpreendo com o sotaque dos chineses, que ultimamente tem muitos aqui em São Paulo, o jeito que eles falam. Wu aih fing ting xi chuanaan chuaaaan, etc.. e tal, cada qual com uma entonação diferente.


Se eu escutar um chinês falando até em Boliviano eu conseguiria detectar de tão forte que é. Very Happy
riccopt
o sotaque dos catarinenses é um dos mais proximos ao portugues de portugal...
é muito engraçado o modo como os catarinenses falam algumas coisas...
como: BOI MOIDO, BRIOI (BR-101), etc!!
Alice
rsrsrs, nunca ouvi sotaque catarinense! Razz
cparakawa
Alice wrote:
rsrsrs, nunca ouvi sotaque catarinense! Razz


Essa é fácil. Vai no youtube - ou algum outro lugar - e procura alguma entrevista com o Guga (Gustavo Kuerten). Ele fala com sotaque de "manezinho" de Floripa.
Alice
cparakawa wrote:
Alice wrote:
rsrsrs, nunca ouvi sotaque catarinense! Razz


Essa é fácil. Vai no youtube - ou algum outro lugar - e procura alguma entrevista com o Guga (Gustavo Kuerten). Ele fala com sotaque de "manezinho" de Floripa.


ehueheuhue, vou procurar! Wink "manezinho" foi ótema! =P
rafael2112
Alice wrote:
rsrsrs, nunca ouvi sotaque catarinense! Razz

Tem dois o do litoral e do interior, paraná também deve ter uns 3
riccopt
rafael2112 wrote:
Alice wrote:
rsrsrs, nunca ouvi sotaque catarinense! Razz

Tem dois o do litoral e do interior, paraná também deve ter uns 3
todo o estado tem variacoes do sotaque conforme a regiao e o povo que colonizou...
rafael2112
riccopt wrote:
rafael2112 wrote:
Alice wrote:
rsrsrs, nunca ouvi sotaque catarinense! Razz

Tem dois o do litoral e do interior, paraná também deve ter uns 3
todo o estado tem variacoes do sotaque conforme a regiao e o povo que colonizou...

Na verdade não existe o sotaque de imigrantes, esse é bem restrito a algumas cidades pequenas com colonização recente, os filhos e netos de imigrantes acabam assimilando o soteque regional, esse é um mistério para saber as origens.
riccopt
rafael2112 wrote:
riccopt wrote:
rafael2112 wrote:
Alice wrote:
rsrsrs, nunca ouvi sotaque catarinense! Razz

Tem dois o do litoral e do interior, paraná também deve ter uns 3
todo o estado tem variacoes do sotaque conforme a regiao e o povo que colonizou...

Na verdade não existe o sotaque de imigrantes, esse é bem restrito a algumas cidades pequenas com colonização recente, os filhos e netos de imigrantes acabam assimilando o soteque regional, esse é um mistério para saber as origens.

é restrito mas influente...

em caxias do sul (rs) o sotaque dos italianos é muito forte... em igrejinha (rs) o sotaque dos alemaes é muito forte... e assim por diante... no RS (em gera) o pessoal tem muita influencia do castelhano falado no uruguai e na argentina)...
Alice
nossa senhora! aqui no Ceará também tem uns 2 tipos de sotaque (que eu conheço).
cparakawa
rafael2112 wrote:
Na verdade não existe o sotaque de imigrantes, esse é bem restrito a algumas cidades pequenas com colonização recente, os filhos e netos de imigrantes acabam assimilando o soteque regional, esse é um mistério para saber as origens.


É nada. Alguém lembra aí de uma novela da Globo em que a Cláudia Raia vivia uma personagem chamada "Tancinha" (algo assim). Ou do Zé do Bacurinho, finado personagem corintiano da Escolinha do Professor Raimundo. Esse sotaque vem dos italianos, não é tão difícil escutar gente que fala desta forma. E numa cidade monstruosa. Diluiu bastante o sotaque "italianol", mas eu já vi pessoas com menos de 30 que o usam. São Paulo, 20 anos atrás, tinha quase um terço dos habitantes italianos ou descendentes de italianos, o que também se nota pela alta quantidade de pessoas que falam gesticulando. Estas coisas demoram para acabar, mas é bem mais evidente a "herança" no sotaque açoriano de alguns catarinenses.

[]'s
riccopt
cparakawa wrote:
rafael2112 wrote:
Na verdade não existe o sotaque de imigrantes, esse é bem restrito a algumas cidades pequenas com colonização recente, os filhos e netos de imigrantes acabam assimilando o soteque regional, esse é um mistério para saber as origens.


É nada. Alguém lembra aí de uma novela da Globo em que a Cláudia Raia vivia uma personagem chamada "Tancinha" (algo assim). Ou do Zé do Bacurinho, finado personagem corintiano da Escolinha do Professor Raimundo. Esse sotaque vem dos italianos, não é tão difícil escutar gente que fala desta forma. E numa cidade monstruosa. Diluiu bastante o sotaque "italianol", mas eu já vi pessoas com menos de 30 que o usam. São Paulo, 20 anos atrás, tinha quase um terço dos habitantes italianos ou descendentes de italianos, o que também se nota pela alta quantidade de pessoas que falam gesticulando. Estas coisas demoram para acabar, mas é bem mais evidente a "herança" no sotaque açoriano de alguns catarinenses.

[]'s

em geral é isso mesmo... mas se vode falar para o pessoal de santa catarina que eles falam que nem os portugueses ele se sentem ofendidos.... eheheheh
D'Artagnan
aqui o mais estranho é o "alemon", muitos decendentes de alemãs falam de um geito muito estranho, aqui de ves enquando eu vejo umas senhoras conversando em alemão ehhehehe

o sotaque é tipo o do Wilmutt, não tem ão é sempe ón, avión - cón - televissón, e eles trocam o d pelo t , e eles trocam o genero fica tipo: "meu teus do cél tesligarón o televisón!"
rafael2112
D'Artagnan wrote:
aqui o mais estranho é o "alemon", muitos decendentes de alemãs falam de um geito muito estranho, aqui de ves enquando eu vejo umas senhoras conversando em alemão ehhehehe

o sotaque é tipo o do Wilmutt, não tem ão é sempe ón, avión - cón - televissón, e eles trocam o d pelo t , e eles trocam o genero fica tipo: "meu teus do cél tesligarón o televisón!"

Sim aqui no paraná tb tem sotaque de imigrantes recentes, depende da geração, familia, descendente direto essas coisas, mais no geral o sotaque catarinense nada tem haver com o alemão, claro uma cidade pequena até pode ter, mais no geral não...
rafael2112
cparakawa wrote:
rafael2112 wrote:
Na verdade não existe o sotaque de imigrantes, esse é bem restrito a algumas cidades pequenas com colonização recente, os filhos e netos de imigrantes acabam assimilando o soteque regional, esse é um mistério para saber as origens.


É nada. Alguém lembra aí de uma novela da Globo em que a Cláudia Raia vivia uma personagem chamada "Tancinha" (algo assim). Ou do Zé do Bacurinho, finado personagem corintiano da Escolinha do Professor Raimundo. Esse sotaque vem dos italianos, não é tão difícil escutar gente que fala desta forma. E numa cidade monstruosa. Diluiu bastante o sotaque "italianol", mas eu já vi pessoas com menos de 30 que o usam. São Paulo, 20 anos atrás, tinha quase um terço dos habitantes italianos ou descendentes de italianos, o que também se nota pela alta quantidade de pessoas que falam gesticulando. Estas coisas demoram para acabar, mas é bem mais evidente a "herança" no sotaque açoriano de alguns catarinenses.

[]'s

Novela não é uma referência ainda mais da rede globo!
No rio grande sul pegando aquele sotaque de POA, que não tem nada haver com italiano poderia ser espanhol, que tem bastante influência naquele estado (ja que gaúchos tb têm na Argentina e Uruguai), mais acho que não é! Não sei de onde vem aquele sotaque.
De Santa Catarina pode ser açoriana eu nunca havia notado, mais a colonização alemã (da costa litoranea no caso) é maior que a açoriana....então não sei ?
cparakawa
rafael2112 wrote:
Novela não é uma referência ainda mais da rede globo!
No rio grande sul pegando aquele sotaque de POA, que não tem nada haver com italiano poderia ser espanhol, que tem bastante influência naquele estado (ja que gaúchos tb têm na Argentina e Uruguai), mais acho que não é! Não sei de onde vem aquele sotaque.
De Santa Catarina pode ser açoriana eu nunca havia notado, mais a colonização alemã (da costa litoranea no caso) é maior que a açoriana....então não sei ?


Dei exemplos, o da Claudia Raia existe mas é raro, o do Zé do Bacurinho sofreu "upgrade" para a língua dos manos. Concordo que na Globo a maioria é "modelo e atriz", então se vê novela na Vila Madalena (em São Paulo) com gente falando com sotaque carioca. Aparência se tornou mais importante que conteúdo nas novelas globais. É só um chute, a última novela que eu assisti completa foi Roque Santeiro, em 1985. hahahaha

Os sotaques são algo estranho, ainda mais os forçados. Sotaque de piada de português é uma imitação tosca do sotaque dos madeirenses. E em Portugal, piada de burro é sobre alentejano, e eu não consigo reconhecê-lo. Rolling Eyes

Da mesma forma que sotaque de japonês/chinês em piada/imitação às vezes é invertido, se troca R por L em chinês e L por R em japonês - porque estas letras não existem no idioma destes.

A língua é um organismo vivo, alguns caractísticas são absorvidas, outras são relegadas ao esquecimento. Então um grupo menor pode predominar sobre um maior.

Voltando ao sotaque "italianol", vc não deve ter ouvido italiano aprendendo a falar português. Eu digo que, se melhorar mais um pouco, já dá pra passar desapercebido em São Paulo. Very Happy
cparakawa
rafael2112 wrote:
Novela não é uma referência ainda mais da rede globo!
No rio grande sul pegando aquele sotaque de POA, que não tem nada haver com italiano poderia ser espanhol, que tem bastante influência naquele estado (ja que gaúchos tb têm na Argentina e Uruguai), mais acho que não é! Não sei de onde vem aquele sotaque.
De Santa Catarina pode ser açoriana eu nunca havia notado, mais a colonização alemã (da costa litoranea no caso) é maior que a açoriana....então não sei ?


Dei exemplos, o da Claudia Raia existe mas é raro, o do Zé do Bacurinho sofreu "upgrade" para a língua dos manos. Concordo que na Globo a maioria é "modelo e atriz", então se vê novela na Vila Madalena (em São Paulo) com gente falando com sotaque carioca. Aparência se tornou mais importante que conteúdo nas novelas globais. É só um chute, a última novela que eu assisti completa foi Roque Santeiro, em 1985. hahahaha

Os sotaques são algo estranho, ainda mais os forçados. Sotaque de piada de português é uma imitação tosca do sotaque dos madeirenses. E em Portugal, piada de burro é sobre alentejano, e eu não consigo reconhecê-lo. Rolling Eyes

Da mesma forma que sotaque de japonês/chinês em piada/imitação às vezes é invertido, se troca R por L em chinês e L por R em japonês - porque estas letras não existem no idioma destes.

A língua é um organismo vivo, alguns caractísticas são absorvidas, outras são relegadas ao esquecimento. Então um grupo menor pode predominar sobre um maior.

Voltando ao sotaque "italianol", vc não deve ter ouvido italiano aprendendo a falar português. Eu digo que, se melhorar mais um pouco, já dá pra passar desapercebido em São Paulo. Very Happy
nando
D'Artagnan wrote:
Eu sou catarinense, só que não do litoral, catarinese tem sotaque? como que é?

Eu achava que não, mas desde quem eu vim para o rio, quem conversa comigo e conhece Santa Catarina, de cara sabe que eu sou de lá.

cparakawa wrote:
De catarinense, eu conheço o sotaque normal dos catarinos, que é cantado, e o sotaque parecido com o açoriano, provavelmente por causa da imigração.

hehehehe... Pois é, todo mundo diz, que nós falamos cantando...




riccopt wrote:
cparakawa wrote:
rafael2112 wrote:
Na verdade não existe o sotaque de imigrantes, esse é bem restrito a algumas cidades pequenas com colonização recente, os filhos e netos de imigrantes acabam assimilando o soteque regional, esse é um mistério para saber as origens.


É nada. Alguém lembra aí de uma novela da Globo em que a Cláudia Raia vivia uma personagem chamada "Tancinha" (algo assim). Ou do Zé do Bacurinho, finado personagem corintiano da Escolinha do Professor Raimundo. Esse sotaque vem dos italianos, não é tão difícil escutar gente que fala desta forma. E numa cidade monstruosa. Diluiu bastante o sotaque "italianol", mas eu já vi pessoas com menos de 30 que o usam. São Paulo, 20 anos atrás, tinha quase um terço dos habitantes italianos ou descendentes de italianos, o que também se nota pela alta quantidade de pessoas que falam gesticulando. Estas coisas demoram para acabar, mas é bem mais evidente a "herança" no sotaque açoriano de alguns catarinenses.

[]'s

em geral é isso mesmo... mas se vode falar para o pessoal de santa catarina que eles falam que nem os portugueses ele se sentem ofendidos.... eheheheh


O nosso sotaque em geral não é parecido com o de Portugal, com a exeção de falarmos cantando. Tem muita gente lá que fala com sotaque alemão, italiano e vários outros. Nas cidades maiores está se acabando, mas nas cidades menores ainda tem bastante.
cparakawa
Portugal tem vários sotaques. Assim como o Brasil também tem. Pra quem não é do país, as diferenças parecem menores ou inexistentes. É que nem sotaque de angolano, a princípio eu via pouca diferença em relação ao do português "médio". E também deve existir vários sotaques em Angola.

[]'s
porro
D'Artagnan wrote:
estava dando uma navegada e o assunto veio a tona, de vez enquando me pergunto, como será meu sotaque? sempre tive curiosidade nos mais diversos pontos

Eu sou catarinense, só que não do litoral, catarinese tem sotaque? como que é?
O que os portugueses acham do sotaque brasileiro?
Como soa o sotaque de um brasileiro falando inglês?


Olá, conheço pouco o sotaque catarinense, mas posso dizer que é bastante diferente do sotaque do piauiense (meu sotaque). Se tu acha que fala cantando precisa ver como falam cantando as pessoas aqui. Aliás nós temos o regionalismo de falar o português levemente errado usando o pronome tu de forma anormal. Já morei em recife e sei que eles tem um sotaque absolutamente marcante, talvez o mais marcante que eu já tenha escutado. Falando de outros países, tenho um amigo argentino que já morou aqui em Teresina, e tenho um amigo espanhol que atualmente mora por aqui por Teresina também e o sotaque deles não chega a ser cantado como o nosso mais é um português com o cantarolar do país de origem deles...
falconxnenix
A gente so percebe o sotaque quando viaja ou conversa com alguem de fora, no mais nosso cotidiano é = a todos, principalmente para os cariocas.

Qdo viajei para portugal ele achavam estranho minha maneira de falar, e eu muito mais a deles ...


heheheh.
escritor
Há alguns anos, queria fazer um site com exemplos de vários sotaques, mas como não encontrei voluntários, acabei desistindo. Cheguei a achar um projeto desse tipo em português, mas só havia gravações de alguns lugares.

O que vocês acham de fazermos um "banco de sotaques" desse tipo com nossas vozes? Podemos gravar uma frase ou duas com palavras que todos usamos.
Alice
escritor wrote:
Há alguns anos, queria fazer um site com exemplos de vários sotaques, mas como não encontrei voluntários, acabei desistindo. Cheguei a achar um projeto desse tipo em português, mas só havia gravações de alguns lugares.

O que vocês acham de fazermos um "banco de sotaques" desse tipo com nossas vozes? Podemos gravar uma frase ou duas com palavras que todos usamos.


idéia interessante.
escritor
Alice wrote:
idéia interessante.

Se você tiver interesse pelas diferentes variedades do português, veja o projeto Português Falado - Variedades Geográficas e Sociais. Voltado para linguistas profissionais, disponibiliza gravações naturais de pessoas de diferentes países com transcrições das falas.
Alice
escritor wrote:
Alice wrote:
idéia interessante.

Se você tiver interesse pelas diferentes variedades do português, veja o projeto Português Falado - Variedades Geográficas e Sociais. Voltado para linguistas profissionais, disponibiliza gravações naturais de pessoas de diferentes países com transcrições das falas.


Olha! Vou dar uma olhadinha! ;D
Liques
escritor wrote:
Alice wrote:
idéia interessante.

Se você tiver interesse pelas diferentes variedades do português, veja o projeto Português Falado - Variedades Geográficas e Sociais. Voltado para linguistas profissionais, disponibiliza gravações naturais de pessoas de diferentes países com transcrições das falas.


Interessante, vou dar uma olhadinha também.

Engraçado... ultimamente eu mudei minha concepção de idiomas depois de conversar com um amigo indiano. Lá ele teve que aprender tres idiomas: O do estado dele (que eu esqueci o nome do idioma), o do país (hindi) e o ingles para ir a escola, já que escolas lá ensinam em ingles. Então ultimemente eu vejo o portugues, claro, meu idioma materno, não mais como "o idioma", mas sim "um idioma" que eu uso para conversar com pessoas que sabem portugues. Olhando por esse lado até meu deu mais prazer de falar em portugues.

Acredita que até as vezes eu esqueço que também se fala portugues em Portugal? hehehe. Apesar do portugues ser a lingua oficial de vários países, a maioria deles não são tão influentes no Brasil. Produtos estrangeiros de entretenimento dificilmente chegam em portugues e se chegam, como no caso de softwares, é necessário selecionar o idioma após ver o idioma 'default'.
escritor
Liques wrote:
Apesar do portugues ser a lingua oficial de vários países, a maioria deles não são tão influentes no Brasil.

Enquanto isso, em Portugal se vê novelas brasileiras e se ouve músicas dos países africanos, e na África, o povo também tem contato com produções daqui e lusitanas pela mídia de massa. Somente aqui há essa barreira de importação que nos exclui da sociedade lusófona.

Azagaia, um rapper moçambicano, é um exemplo de artista que, se não fosse pela Internet, nunca conheceria. Veja dois vídeos: As Mentiras da Verdade e Povo no Poder.
Liques
escritor wrote:
Liques wrote:
Apesar do portugues ser a lingua oficial de vários países, a maioria deles não são tão influentes no Brasil.

Enquanto isso, em Portugal se vê novelas brasileiras e se ouve músicas dos países africanos, e na África, o povo também tem contato com produções daqui e lusitanas pela mídia de massa. Somente aqui há essa barreira de importação que nos exclui da sociedade lusófona.

Azagaia, um rapper moçambicano, é um exemplo de artista que, se não fosse pela Internet, nunca conheceria. Veja dois vídeos: As Mentiras da Verdade e Povo no Poder.


hum acredito que não só na questão do portugues. Em músicas existe alguma barreira, cultura ou das gravadoras, que só permitem que músicas em português (brasileiro) e inglês sejam tocadas em rádios.

Nem bandas latinas que foram sucesso por aqui, não lançaram o album no idioma original, mas sim em ingles ou portugues.

Eu particularmente acho tão legais as músicas de outros países que não estão no "eixo" das músicas escutadas por, literalmente, todo mundo.
escritor
Liques wrote:
Eu particularmente acho tão legais as músicas de outros países que não estão no "eixo" das músicas escutadas por, literalmente, todo mundo.

Eu também gosto de procurar músicas bem alternativas. Wink Temos sorte de viver num tempo que já nos dá a possibilidade de irmos atrás de nossos interesses.
Liques
eu pensava que e o pessoal de Santa Catarina falava igual gaúcho! Aqui no centro oeste, quem é da região sul, é gaúcho, rsrs.
Propaga
cparakawa wrote:
De catarinense, eu conheço o sotaque normal dos catarinos, que é cantado, e o sotaque parecido com o açoriano, provavelmente por causa da imigração.

"Sotaque brasileiro" eu não sei se existe, varia muito o sotaque de um gaúcho para o de alguém do interior de Alagoas. Existe um sotaque "esterilizado" ("Jornal Nacional"), que é o sotaque do rio sem o surfistol ou o sotaque de são paulo capital sem o italianol e o capirol (e sem influências da língua dos "manos"). Da mesma forma, existem vários sotaques em Portugal, como o de Lisboa, o dos madeirenses, etc. Em inglês é a mesma coisa.

Sotaque de brasileiro falando inglês também varia. Quem aprendeu falar alguma coisa na escola, normalmente tem um sotaque mais próximo do sotaque da costa oeste (califórnia e tal) ou o mid-atlantic/costa leste. Somado a problemas de dicção advindos da falta de alguns fonemas na língua portuguesa e que são usados em inglês. Mais a tentativa de adaptação do sotaque da própria pessoa ao sotaque "alvo" que ela tenta emular. Em média, é fácil descobrir que é um brasileiro falando inglês. Há um sotaque característico, como um português médio falando inglês, ou um francês, ou um italiano. Mas em alguns casos, não dá pra notar.

Existe também o problema da pessoa escutar um fonema e traduzir o fonema para outro próximo que ele utilize. "th" é um dos casos mais comuns. "Think", dependendo do sotaque da pessoa que fala, pode soar como "tink", "fink" ou "sink". Whatever, mesmo as pessoas com o inglês como mother tongue não se entendem direito, falando. Em português também ... Cool




Sotaque "esterilizado".

Essa pegou na canela, amigo.

Abçs.
Deline
Acho que o sotaque nordestino é o mais puxado e engraçado pra mim..No bom sentido ^^ adoro! ahhah

Eu devo falar igual paulista mesmo..tudo é "meu", "daliceeinnça" kkkkkkkkkk
Vanilla
Tenho que fazer um adendo a respeito de sotaques: eu me derreto por eles. Minha melhor amiga fala gauchês e eu acho lindo o jeito meio cantado dela falar. Um amigo meu que morou em Minas muito tempo fala mineirês de Belo Horizonte. Não sei explicar, sei que é diferente do mineirês que eu ouvia no sul de Minas. Tem um jeito de estender a pronúncia do "s" que eu acho lindo.

Já sotaque carioca, eu acho meio irritante. Perdão aos cariocas presentes.
cherry-pie
pois é a gente não nota mas é triste rsrs eu falo gauchês XD e quando fui pra são paulo podia notar a diferença, todo mundo me olhava com cara de "tu é gaúcha né" xD e quando voltei acabei pegando um pouco do jeito deles de falar.
phantombr
Liques wrote:
eu pensava que e o pessoal de Santa Catarina falava igual gaúcho! Aqui no centro oeste, quem é da região sul, é gaúcho, rsrs.


Catarina nem consegue ter um sotaque único. Descendo a serra, depois das lages de Lages (trocadilho pedra-cidade), aparece o sotaque cantadinho que ja falaram ai. Pro centro do estado e em diração ao oeste (ou Argentina e Paraguai) isso é nulo, e prevalece a imigração italiana alemã polonesa com suas características.

"Aqui no paraná", como disse o outro, a famossíssima cidade de Marechal Cândido Rondom é o berço do famossíssimo Wilmutt (procurem no Iutubiu os vídeos dos famossíssimos trotes que ele passou nas empresas de telemarquentingue). O resto do Paraná é idem com oeste de Santa Catarina (ou seja, ou é filho de imigrante, ou é sem-sotaque tipo Curitiba.

Curitiba, terra dos sem-sotaque, pode ser interpretada como terra dos sem identidade também.

Razz

com o perdão da brincadeira, claro.
Related topics
Olá!, i' m novo à língua potuguese AJUDA POR FAVOR
Reply to topic    Frihost Forum Index -> Language Forums -> Portuguese

FRIHOST HOME | FAQ | TOS | ABOUT US | CONTACT US | SITE MAP
© 2005-2011 Frihost, forums powered by phpBB.